• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
https://doi.org/10.11606/T.41.2021.tde-13092021-191220
Document
Auteur
Nom complet
Christine Janczur
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2021
Directeur
Jury
Prestes, Maria Elice de Brzezinski (Président)
Caponi, Gustavo Andres
Visconti, Maria Aparecida
Zavaglia, Adriana
Titre en portugais
Fontes originais da História da Ciência no ensino de Biologia: tradução comentada do Prefácio e das partes 2 e 3 da obra Introduction à L'étude de la Médecine Expérimentale (1865) de Claude Bernard.
Mots-clés en portugais
Claude Bernard
Ensino de Ciências
Francês
História da Ciência
Tradução
Resumé en portugais
A presente tese é uma investigação histórica, teórica e prática, sobre a tradução de fontes primárias da história da ciência. O objeto tomado como estudo de caso para a pesquisa é o livro Introduction à lÉtude de la Médecine Expérimentale, do médico pesquisador francês do século XIX, Claude Bernard (1813-1878), publicado em 1865. A obra escolhida é considerada um marco de referência para o desenvolvimento do método experimental em Fisiologia Humana, no século XIX. O objetivo geral é o de desenvolver parâmetros epistêmico-metodológicos próprios à tradução de fontes primárias da história da ciência a partir da articulação entre fundamentos de duas áreas de conhecimento: a própria história da ciência e os estudos de tradução. Partiu-se de concepção desenvolvida anteriormente em pesquisa de mestrado para uma tradução bilíngue comentada, que havia sido aplicada a um trecho do mesmo livro de Claude Bernard. No processo, procurou-se estabelecer o que é mais essencial de cada um dos dois olhares disciplinares sobre a tradução. O resultado encontrado foi o de que o olhar da história da ciência, em seus aspectos teóricos e metodológicos, convergia estreitamente com fundamentos teóricos que subsidiaram as opções de tradução anterior. Além da convergência, pode-se dizer que a história da ciência somou razões, ampliou o escopo dos conteúdos das notas da tradução comentada e ofereceu critérios para a categorização dessas notas. Somou razões, porque reafirmou a escolha da tradução dita estrangeirizante com base em que é essa modalidade que contextualiza a obra diacronicamente, atendendo, desse modo, preceito básico do trabalho em história da ciência. Ampliou o escopo de conteúdo das notas ao apontar para conjuntos novos de informação que expandem os potenciais de interpretação e análise diacrônica do texto. A história da ciência, por fim, agregou subsídios para a determinação de critérios para a categorização das notas indicadas a uma tradução comentada de obras de ciência do passado. As categorias sugeridas e aplicadas nas notas da tradução comentada que acompanha esta tese são cinco: socioculturais, biográficas, epistêmicas, de atualização científica e sobre o processo tradutório. A tese está estruturada em quatro partes, com a Primeira Parte voltada aos conceitos relacionados à tradução e ao papel do tradutor, a história das práticas e teorias de tradução e abordagens contemporâneas do estudo de tradução. Na Segunda Parte é apresentado o percurso para a construção de uma metodologia própria à tradução de fontes primárias da história da ciência. Para isso, após análise de práticas dessas traduções e das discussões que apareceram na literatura recente, são identificados aspectos da tradução contextual diacrônica almejada para fontes primárias. Uma análise contrastiva detalhada da tradução ora realizada comparada com tradução anterior ao português realizada segundo a modalidade de tradução domesticadora ofereceu exemplos esclarecedores dos efeitos sobre o produto elaborado por uma e outra modalidade de tradução. Com base em tudo isso, são identificados aspectos epistêmico-metodológicos próprios para a tradução de fontes primárias da história da ciência. A Terceira Parte contém os resultados da pesquisa sobre Claude Bernard e sua obra, desenvolvidos segundo a metodologia da história da ciência. Após uma análise contextualizada de sua vida e obra, são apresentados os dois principais aspectos do legado deixado pelo livro, o conceito de meio interno e a medicina experimental, além de uma abordagem sobre a função glicogênica do fígado. Na Quarta Parte é apresentada a tradução bilíngue comentada, cujas notas refletem os parâmetros epistêmico-metodológicos decorrentes desta pesquisa. A tradução compreendeu o Prefácio, a Cronologia e as partes 2 e 3 do livro, complementando e desenvolvendo tradução previamente realizada em dissertação de mestrado (Parte 1 do livro de Bernard). Os parâmetros desenvolvidos podem servir de referência ou de ponto de partida para a teoria e a prática de tradução de fontes primárias da história da ciência e indicam a especificidade desse tipo de tradução técnica, apontando para o potencial de delimitação de um tipo particular de tradução. A tradução apresentada aqui almeja um público de estudantes, professores e pesquisadores de várias áreas do conhecimento, desde diversas disciplinas de cursos de graduação das ciências médicas e biológicas, passando por disciplinas metacientíficas, como história, filosofia e sociologia da ciência e ainda por disciplinas das áreas de linguística, de história e de educação científica. A tradução resultante deste trabalho também oferece potencial para abordagem em processo de ensino e aprendizagem contextual das ciências baseado em uso de fontes primárias
Titre en anglais
Original sources of the History of Science in Biology Education: commented translation of the Preface and Parts 2 and 3 of the book Introduction à L'étude de la Médecine Expérimentale (1865) by Claude Bernard.
Mots-clés en anglais
Claude Bernard
French
History of Science
Science Teaching
Translation
Resumé en anglais
This thesis is a historical, theoretical, and practical investigation of the translation of primary sources in the history of science. The research subject is the book Introduction à l'Étude de la Médecine Expérimentale, by the 19th-century French medical researcher, Claude Bernard (1813-1878), published in 1865. The chosen work is considered a landmark reference for the development of the experimental method in Human Physiology in the 19th-century. The general goal is to develop epistemic-methodological parameters specific to the translation of primary sources in the history of science, based on the articulation between the foundations of two areas of knowledge: the history of science and translation studies. It started with a conception previously developed in my master's research for a commented bilingual translation, which had been applied to an excerpt from the same book by Claude Bernard. In the process, we sought to establish what is most essential of each of the two disciplinary translation views. It was found that the look at the history of science, in its theoretical and methodological aspects, converged closely with theoretical foundations that subsidized the previous translation options. In addition to the convergence, the history of science added reasons, expanded the scope of the notes in the commented translation, and offered criteria for the notes categorization. The history of science added reasons because it reaffirmed the choice of the so-called "foreignization" as a strategy of translation on the basis that it is this modality that contextualizes the work diachronically, thus fulfilling the basic precept of work in this area. It expanded the scope of the notes by pointing to new sets of information that broadened the interpretation potentials and diachronic analysis of the text. Finally, the history of science added subsidies for determining the criteria for note categorization in translations of past scientific works. The categories suggested and applied in the notes of the commented translation accompanying this thesis are five: sociocultural, biographical, epistemic, scientific updates, and related to the translation process. This thesis is structured in four parts. The First Part focuses on concepts related to translation and the role of the translator, the history of translation practices and theories, and contemporary approaches to the study of translation. In the second part, the path to the construction of a methodology specific to the translation of primary sources in the history of science is presented. For this, after analyzing the practices of these translations and the discussions that appeared in the recent literature, aspects of the desired diachronic contextual translation for primary sources are identified. A detailed contrastive analysis of the translation carried out here compared with a prior translation to Portuguese composed according to the domesticating translation modality offered illuminating examples of the effects on the final product. Based on this, epistemic and methodological aspects for the translation of primary sources in the history of science were identified. The third part contains the results of the research on Claude Bernard and his work, developed according to the methodology of the history of science. After a contextualized analysis of his life and work, the two main aspects of the legacy left by the book are presented: the concept of the internal environment and experimental medicine and the approach on the glycogenic function of the liver. In part four, the commented bilingual translation is presented, which notes reflect the epistemic-methodological parameters resulting from this research. The translation included the Preface, the Chronology, and parts 2 and 3 of the book, complementing and developing a translation previously performed in my master's dissertation (Part 1 of Bernard's book). The parameters developed can serve as a reference or a starting point for the theory and practice of translations from primary sources in the history of science. It also indicates the specificity of this type of technical translation, pointing to the potential for delimiting a particular type of translation. The translation presented here aims at an audience of students, teachers, and researchers from several fields of knowledge, from biomedical disciplines, passing through meta-scientific disciplines such as history, philosophy, and sociology of science to disciplines from areas of linguistics, history, and scientific education. The resulting translation also offers the potential to approach the contextual science teaching and learning process based on the use of primary sources
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Il ya retenu fichier en raison d'exigences (publication de données, des brevets ou droits).
Date de Libération
2023-09-13
Date de Publication
2021-09-15
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2022. Tous droits réservés.