• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.39.2020.tde-21052021-100545
Documento
Autor
Nombre completo
Giordano Márcio Gatinho Bonuzzi
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2020
Director
Tribunal
Freudenheim, Andrea Michele (Presidente)
Correa, Umberto Cesar
Pompeu, José Eduardo
Winstein, Carolee Joyce
Título en portugués
Efeitos do exercício aeróbio na aprendizagem implícita de indivíduos pós-acidente vascular cerebral
Palabras clave en portugués
Acidente vascular cerebral
Aprendizagem motora
Consolidação
Exercício aeróbio
Memória implícita
Memória procedimental
Resumen en portugués
Introdução: Considerando que a aprendizagem implícita pode estar afetada em indivíduos pós-Acidente Vascular Cerebral (AVC); a hipótese do presente estudo foi que o exercício aeróbio poderia potencializar este processo, dado seus efeitos neuromodulatórios. Objetivo: Investigar os efeitos do exercício aeróbio de intensidade moderada sobre a aprendizagem implícita de indivíduos pós- AVC e, verificar se estes efeitos são momento-dependentes. Métodos: Quarenta e cinco indivíduos pós-AVC foram alocados em três grupos: Grupo Exercício Antes (GEA) que realizou exercício aeróbio anteriormente à prática, Grupo Exercício Depois (GED) o qual realizou exercício aeróbio após a prática e Grupo Controle (GC) que realizou apenas a prática. Todos os grupos praticaram a Tarefa de Tempo de Reação Seriado (TTRS), com sequências repetidas e pseudorrandômicas, durante três dias consecutivos. Houve um teste de retenção após 1 semana composto de sequências repetidas. O exercício aeróbio foi administrado em uma bicicleta estacionária, por 20 minutos, com intensidade de 70% da Frequência Cardíaca (FC) de reserva. Resultados: Ao longo da prática os grupos melhoraram seu desempenho sem diferença significativa entre eles, apresentando respostas mais rápidas na sequência repetida quando comparadas as sequências pseudorrandômicas. No teste de retenção, identificou-se que o GED e o GC demonstraram maior diferença no tempo de resposta entre sequências repetidas e pseudorrandômicas se comparados ao GEA; o que sugere que o GED e o GEA demonstraram melhor retenção da aprendizagem específica à sequência repetida. Este déficit no desempenho do GEA no teste de retenção foi relacionado com uma incapacidade em organizar os elementos individuais da sequência repetida em chunks (subsequências funcionais de movimento), o que foi possível identificar no GED e GC. Conclusão: O exercício aeróbio não melhorou aprendizagem implícita de indivíduos pós-AVC; ao invés disso, quando o exercício aeróbio ocorreu imediatamente antes da prática, a consolidação da memória implícita foi prejudicada
Título en inglés
Effects of the aerobic exercise on the implicit learning of post-stroke individuals.
Palabras clave en inglés
Aerobic exercise
Consolidation
Implicit memory
Motor learning
Procedural memory
Stroke
Resumen en inglés
Introduction: Considering that stroke survivors may have deficits in implicit motor learning, we hypothesized that aerobic exercise could improve it, given its neuromodulatory effect. Objective: To investigate the effects of the moderate-intensity aerobic exercise on the implicit motor learning of stroke survivors, and, to verify whether these effects are timing-dependents. Methods: Forty-five stroke survivors were divided into three groups: Before Exercise Group - BEG (Exercise + Motor practice), After Exercise Group - AEG (Motor practice + Exercise) and Control Group - CG (Just motor practice). All groups practiced the Serial Reaction Time Task (with repeated and pseudorandom sequences) during three consecutive days, with a delayed retention test after one week. The aerobic exercise was administered in a stationary bike, for 20 minutes, in an intensity of 70% heart rate reserve. Results: At the end of the acquisition phase, all groups showed faster response time in repeated sequences if compared to pseudorandom sequences. In the retention test, the AEG and CG demonstrated a more significant difference in the response time between pseudorandom and repeated sequences if compared to BEG, which suggests that the AEG and CG demonstrated better retention in the specific learning related to the repeated sequence. This deficit in the BEG's performance in the retention test was related to an inability to organize elements of the repeated sequence into chunks (functional subsequences of movement), which was possible to observe in AEG and CG. Conclusion: Aerobic exercise did not enhance implicit motor learning; instead, when the aerobic exercise prescription occurred immediately before the motor practice, the implicit motor memory consolidation was impaired
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-05-31
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.