• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Pedro Luis Sampaio Miyashiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Serrão, Julio Cerca (Presidente)
Cardozo, Adalgiso Coscrato
Ervilha, Ulysses Fernandes
Pasin, Camila Torriani
Título em português
Respostas cinemáticas e eletromiográficas durante suporte parcial de peso em indivíduos saudáveis
Palavras-chave em português
Biomecânica
Marcha
Sujeitos saudáveis
Suspensão parcial de peso
Resumo em português
O suporte parcial de peso (SPP) define-se por algum grau de diminuição do peso corporal gerado por um aparato de suspensão, que acomoda as elevações e quedas corporais durante a realização da marcha em esteira. Trata-se de um método frequentemente indicado para indivíduos acometidos por disfunções do movimento, cujo programa de tratamento tenha como objetivo a diminuição da magnitude de cargas nos tecidos, gerando proteção articular e diminuição da dor. Contudo, ainda pouco se sabe sobre as reais repercussões geradas na marcha quando o suporte parcial de peso é utilizado. Desta forma, o presente trabalho teve como objetivo verificar o efeito da velocidade e do nível de suspensão corporal sobre variáveis cinemáticas e eletromiográficas de indivíduos saudáveis. Foram avaliados 49 sujeitos saudáveis, 18 do sexo feminino, 31 do sexo masculino, com idade de 28,7(±6,7), massa corporal de 76,9(±14,9) kg, altura de 173,3(±14,9) cm durante a realização de marcha em esteira sob 3 velocidades diferentes (2,0 Km/h, 4 km/h e velocidade auto selecionada), em 4 níveis de suspensão parcial de peso: 0%, 20%, 50% e 80%. Todos os voluntários passaram pelas 12 condições. Observou-se que, acima de 50% de sustentação em velocidades baixas e auto selecionadas, a cadência diminui gradativamente, e a porcentagem do tempo de balanço aumenta, com diminuição gradativa das amplitudes articulares e picos angulares de quadril, joelho e tornozelo. A atividade eletromiográfica também se mostrou diminuída em todas as fases da marcha para os músculos glúteo médio, reto femoral, vasto lateral, bíceps femoral, tibial anterior e gastrocnêmio lateral. Os resultados sugerem, portanto, que a suspensão influencia diretamente no comportamento da marcha de indivíduos saudáveis diminuindo a solicitação muscular e articular, e provavelmente, diminuindo a solicitação mecânica da tarefa, sem contudo alterar por demais as características principais, o que possibilita a utilização de tal estratégia para a proteção articular e o retorno precoce à locomoção, caso haja esta necessidade
Título em inglês
Kinematic and electromyographic responses during partial weight support in healthy subjects
Palavras-chave em inglês
Biomechanics
Gait
Healthy subjects
Partial weight support
Resumo em inglês
Partial weight support (PWS) is an intervention method that allows a decrease in body weight by a suspension apparatus, which accommodates elevations and body falls during treadmill walking. It is frequently prescribed for individuals with movement disorders whose treatment programs aims to decrease the loads in the tissues, promoting joint protection and pain relieve. However, little is known about the actual repercussions generated in gait when partial weight support is used. Thus, the present study aimed to verify the effect of speed and PWS on kinematic and electromyographic variables of healthy individuals. Forty nine healthy subjects (18 women), with 28.7 (± 6.7) years of age, body mass of 76.9 (± 14.9) kg, height of 173.3 (± 14.9) took part of the study. They walked in a treadmill at 3 different velocities (2.0 km/h, 4 km/h and at a self-selected pace), and under 4 levels of partial weight suspension: 0%, 20%, 50% and 80%. All volunteers went through the 12 conditions. We found that PWS above 50% at low velocities and at self-selected pace the gait cadence decreases, the balance phase increases, articular amplitudes and hip, knee and ankle peaks decrease. Higher PWS induced a decrease in the electromyographic activity in gluteus medius, rectus femoris, vastus lateralis, biceps femoris, tibialis anterior and lateral gastrocnemius muscles in all gait phases. These results suggest that the suspension has a direct influence in the gait behavior of healthy individuals. It decreases muscle and joint demands without changing its main characteristics, allowing the use of this strategy for joint protection and early return to independent locomotion
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.