• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.39.2013.tde-09052013-095623
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Stefanoni Iwamizu
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Dantas, Luiz Eduardo Pinto Basto Tourinho (Presidente)
Magalhães, Lívia de Castro
Pellegrini, Ana Maria
Título em português
Tradução, adaptação transcultural, validade e fidedignidade de um instrumento para identificação do perfil motor de crianças entre 3 e 5 anos de idade
Palavras-chave em português
Criança
Desenvolvimento motor
Dificuldade motora
Lista de checagem
Pré-escola
Validação
Resumo em português
Para algumas crianças ações motoras típicas do cotidiano infantil tornam-se desafios que elas não conseguem superar adequadamente. Para intervir nesse quadro, é necessário selecionar instrumentos para identificar essas crianças com dificuldades motoras na idade mais precoce possível e, concomitantemente, identificar seus déficits para futura intervenção. O presente estudo teve como objetivo a tradução e adaptação transcultural do Early Years Movement Skills Checklist (CHAMBERS; SUGDEN, 2006) e a verificação de sua validade concorrente e fidedignidade (teste-reteste e entre observadores) no contexto da pré-escola da cidade de São Paulo. Para tanto, foram desenvolvidos quatro Estudos. Estudo 1 tradução e adaptação transcultural: foram adotados procedimentos sugeridos na literatura e como resultado foi produzida a Lista de Checagem das Habilidades Motoras na Primeira Infância (LCHMPI), a qual foi considerada adequada. Estudo 2 validade concorrente: 245 crianças (entre três e cinco anos de idade) foram avaliadas por suas professoras por meio da LCHMPI e pela pesquisadora por meio do Movement Assessment Battery for Children 2- Test (HENDERSON; SUGDEN; BARNETT, 2007) MABC-teste 2. Observou-se que 76,7% das crianças tiveram a mesma classificação nas duas avaliações, entretanto o coeficiente Kappa foi de apenas 0,20 e o coeficiente de correlação de postos de Spearman (- 0,10) não foi significante (p = 0,087). Apenas para o grupo de cinco anos de idade (n = 150) o coeficiente de correlação de postos de Spearman (- 0,204) foi considerado significantemente diferente de zero (p = 0,012). Dessa maneira, foi observada baixa concordância da LCHMPI com o MABC-teste 2. Apenas para a idade de cinco anos foi verificada melhor concordância. Estudo 3 fidedignidade teste-reteste: 39 crianças do Estudo 2 foram reavaliadas por suas professoras por meio da LCHMPI. Observou-se que 87,2% das crianças obtiveram a mesma classificação nas duas avaliações, porém o coeficiente Kappa foi de apenas 0,23 e o ICC de 0,67. Por meio do teste de postos com sinais de Wilcoxon não foi encontrada diferença significativa entre as pontuações das duas avaliações (p = 0,353). Dessa maneira, a fidedignidade teste-reteste foi considerada razoável. Estudo 4 fidedignidade entre observadores: 18 crianças foram avaliadas por dois diferentes avaliadores. Foi observada, entre as duas avaliações, concordância de 77,8%, com coeficiente Kappa de 0,75 e ICC de 0,80. Dessa maneira, a fidedignidade entre observadores foi considerada boa. Como conclusão, entendeu-se que o procedimento de tradução e adaptação foi satisfatório e a LCHMPI adequada. Porém, a verificação de suas características psicométricas mostrou que essas não foram mantidas da sua versão original. Entendemos que a LCHMPI pode vir a auxiliar na identificação de dificuldades motoras, porém seus resultados ainda devem ser analisados com cautela. Alguns resultados apontam que a LCHMPI pode não ter sido aplicada de maneira adequada por alguns professores, dessa maneira, acreditamos que a eficiência do instrumento pode ser melhorada se for oferecido melhor treinamento aos professores para sua utilização
Título em inglês
Translation, transcultural adaptation, validity and reliability of an instrument to identify the motor profile of children between 3 and 5 years old
Palavras-chave em inglês
Checklist
Children
Kindergarten
Motor development
Motor difficulties
Validation
Resumo em inglês
For some children, typical daily motor actions become a challenge they cannot overcome properly. To intervene in this context it is necessary to select instruments to identify children with motor difficulties at the earliest age and, concomitantly, identifying their deficits for future intervention. The objective of the present study was to translate and adapt (transcultural) the Early Years Movement Skills Checklist (CHAMBERS; SUGDEN, 2006) and verify its concurrent validity and reliability (test-retest and inter-rater) in the context of São Paulo citys pre-school. For this end, we developed four Studies. Study 1 - translation and transcultural adaptation: it was adopted a process suggested in the literature and, as a result, the Lista de Checagem das Habilidades Motoras na Primeira Infância (LCHMPI) was produced. The LCHMPI was considered adequate. Study 2 - concurrent validity - 245 children (between three and five years old) were assessed by their teachers using the LCHMPI, and by the researcher using the MABC-test 2 (HENDERSON; SUGDEN; BARNETT, 2007). It was observed that 76.7% of children obtained the same classification in both evaluations, however the Kappa coefficient was only 0.20 and Spearman´s rank coefficient correlation (- 0.10) was not statistically significant (p = 0.087). The Spearman´s rank coefficient correlation of - 0.204 was significant (p = 0.012) only for the five year-old group (n = 150). There was poor agreement with the MABC-test 2. Only the five year-old group showed a better agreement. Study 3 - test-retest reliability: 39 children from Study 2 were reassessed by their teachers using the LCHMPI. It was observed that 87.2% of the children obtained the same classification in both assessments, but the Kappa coefficient was only 0.23. The ICC was 0.67 and the Wilcoxon signed-rank test showed no significant difference between the scores of the two assessments (p = 0.353). The test-retest reliability was considered reasonable. Study 4 - inter-rater reliability: 18 children were assessed by two different evaluators using the LCHMPI. It was observed an agreement of 77.8%, a Kappa coefficient of 0.75 and an ICC of 0.80 among the different evaluations. The inter-rater reliability was good. In conclusion, the process of translation and transcultural adaptation was considered satisfactory and LCHMPI was considered adequate. However, the verification of its psychometric characteristics showed that they were not retained from the original version. Thus, we conclude that the LCHMPI may help in the identification of motor difficulties, but its results must be carefully analyzed. The results point to problems in the use of the instrument by some teachers. Then, we believe the efficiency of the instrument can be improved if the teachers were offered more training for its use
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.