• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.39.2011.tde-30052011-085834
Documento
Autor
Nome completo
Carla Ferro Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Teixeira, Luis Augusto (Presidente)
Mochizuki, Luis
Valle, Luiz Eduardo Ribeiro do
Título em português
Assimetrias interlaterais na coordenação interarticular de movimentos manuais circulares cíclicos
Palavras-chave em português
Assimetria interlateral
Dominância lateral
Movimentos cíclicos circulares
Resumo em português
A dominância lateral para controle motor tem sido proposta ser devida a uma capacidade superior em lidar com a dinâmica do movimento com o hemisfério/lado corporal dominante. A partir desta hipótese, é esperado que o braço dominante apresente tanto trajetórias mais precisas quanto modos de coordenação mais estáveis. Além disso, tal assimetria motora deveria ser mais evidente em movimentos mais rápidos. No presente estudo foi avaliada a assimetria interlateral de desempenho na coordenação interarticular/ intramembro em movimentos realizados em diferentes frequências. Foi analisada a coordenação interarticular entre o ombro e o cotovelo do mesmo braço em uma tarefa de realizar movimentos circulares com as mãos, comparando o desempenho entre os braços dominante e não-dominante. O estudo foi realizado com 16 adultos jovens, que realizaram a tarefa em cinco frequências de movimento, variando de 40% a 100% da frequência individual máxima. Movimentos angulares das articulações foram analisados através de marcadores refletivos fixados no ombro, cotovelo e punho de ambos os braços. Os marcadores foram rastreados automaticamente por meio de um sistema optoeletrônico, com frequência de aquisição de 240 Hz, e análise em 3D. Os resultados demonstraram que o desempenho com o braço não-dominante apresentou as seguintes diferenças em comparação com o braço dominante: trajetória da mão e amplitudes angulares mais variáveis, maior participação do cotovelo, coordenação em modo antifase (braço dominante: relação de fase de aproximadamente 120º) e maior variabilidade de modo de coordenação. De forma geral, as assimetrias interlaterais foram acentuadas em frequências de movimento mais altas. Estes resultados indicam que a vantagem de desempenho com o braço dominante é devida a um modo de coordenação mais consistente e efetivo em realizar a trajetória desejada
Título em inglês
Interlateral asymmetries in interjoint coordination on cyclic circular manual movements
Palavras-chave em inglês
Cyclical circular movements.
Interlateral asymmetry
Lateral dominance
Resumo em inglês
Lateral dominance for motor control has been proposed to be due to a superior capacity to deal with motion dynamics with the dominant cerebral hemisphere/body side. From this conjecture, it is expected the dominant arm to present both an increased capacity to perform more accurate trajectories and a more stable interjoint coordination. Moreover, such motor asymmetry should be more evident in fast movements. We assessed interjoint coordination between the shoulder and the elbow on a circle drawing task, comparing performance between the dominant and the non-dominant arm. The study was conducted with 16 young adults, who performed the task on five movement frequencies, ranging from 40% to 100% of the individual maximum. Angular motion of the joints was recorded through reflective markers attached at the shoulder, elbow and wrist of both arms. Markers were tracked automatically by using an optoelectronic system, with data sampling frequency set at 240 Hz, and 3D analysis. The results showed that performance with the non-dominant arm had the following differences in comparison with the dominant arm: more variable hand trajectory and joint amplitudes, interjoint coordination in antifase (dominant arm: phase relation of approximately 120º) and increased variability in the coordination mode. Overall, interlateral asymmetries were amplified in higher movement frequencies. These results indicate that the advantage of the dominant arm resides in a more stable and effective mode of coordination in performing the desired trajectory
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-05-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.