• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.38.2016.tde-16032016-122758
Documento
Autor
Nome completo
Manuel Enrique Pedraza Mendoza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Tavares, Marcos Domingos Siqueira (Presidente)
Anker, Arthur
Magalhães Filho, Célio Ubirajara
Melo, Gustavo Augusto Schmidt de
Silva, Carla Maria Menegola da
Título em português
Morfologia, taxonomia e análise cladística da tribo Kingsleyini (Crustacea: Decapoda: Pseudothelphusidae)
Palavras-chave em português
Amazonia
Caranguejos de agua doce
filogenia
taxonomía. Pseudothephusidae
Resumo em português
Kingsleyini corresponde a uma das cinco tribos de Pseudothelphusidae, grupo exclusivamente americano de caranguejos de água doce. Atualmente a tribo inclui 59 espécies agrupadas em 13 gêneros, com distribuição associada aos rios, riachos e igarapés das bacias do Amazonas e do Orinoco. Desde a criação de Kingsleyini o aumento de novos táxons atribuídos a esta tribo não tem sido acompanhado por estudos cladísticos. No presente trabalho é realizada a análise cladística de Kingsleyini, acompanhada de uma revisão morfológica e taxonômica do grupo. Com este propósito, foram estudados espécimes de 60 espécies representantes das cinco tribos e duas subfamílias inclusas em Pseudothelphusidae. O material estudado se encontra depositado nas coleções carcinológicas de seis instituições e inclui os tipos nominais de 29 espécies. Na revisão morfológica foram descritas e ilustradas estruturas somáticas e sexuais da morfologia externa do grupo de estudo. Os estudos morfológicos foram auxiliados por técnicas de Microscopia Electrônica de Varredura (MEV) e cortes histológicos. A partir destas observações foram propostas modificações na terminologia utilizada para denominar as estruturas do primeiro apêndice sexual masculino (primeiro gonópodo) em Kingsleyini. A parte taxonômica deste trabalho inclui chaves de identificação, mapas de distribuição, listas sinonímicas e a descrição e ilustração do primeiro apêndice sexual masculino para a grande maioria das espécies examinadas, assim como a diagnose dos gêneros considerados monofiléticos. A análise filogenética foi realizada a partir de 92 caracteres obtidos de 57 táxons terminais: 49 terminais do grupo interno (Kingsleyini) e oito do grupo-externo (representantes dos demais Pseudothelphusidae). Como resultado da análise cladística foram obtidas seis hipóteses filogenéticas igualmente parcimoniosas: todas elas apoiam o monofiletismo de Kingsleyini e a exclusão do gênero Spirocarcinus da tribo. O monofiletismo dos gêneros Fredius, Kingsleya, Eudaniela e Rodriguezus também encontra-se sustentado em todas as hipóteses filogenéticas obtidas, enquanto que os gêneros Microthelphusa, Neopseudothelphusa, Orthothelphusa e Brasiliothelphusa revelaram-se parafiléticos.
Título em inglês
Morphology, taxonomy and cladistic analysis of tribe Kingsleyini (Crustacea: Decapoda: Pseudothelphusidae)
Palavras-chave em inglês
freshwater crabs.
Kingsleyini
morphology
phylogeny
Pseudothelphusidae
taxonomy
Resumo em inglês
Kingsleyini is one of the five tribes of Pseduthelphusidae, a American freshwater crabs family. Hitherto, this tribe includes 59 species and 13 genera with distribution associated to creeks and rivers of the Amazon and Orinoco basins. Since the establishment of Kingsleyini, the increase of new taxa attributed to the tribe has not been followed by cladistics studies. In this study, a phylogenetic analysis of Kingsleyini is provided, along with a morphological and taxonomic revision. With this aim, specimens of 60 species belonging the five tribes and two subfamilies comprising Pseudothelphusidae were studied. The specimens studied are housed in the carcinological collections of six institutions and included the nominal types of 29 species. In the morphological revision, somatic and sexual structures of external morphology were described and illustrated. Morphological studies were aided with Scanning Electron Microscope (SEM) techniques and histological sections. Based on these observations, some changes in the terminology of the first gonopod of Kingsleyini are proposed. The taxonomic part includes identification keys, distribution maps, synonymy lists, and descriptions and illustrations of the first gonopod for most species studied; along with diagnose for the genera considered monophyletic. For the phylogenetic analyses, 92 morphological characters were examinated for 57 taxa terminals: 49 ingroup (Kingsleyini) and eight outgroup (others pseudothelphusids). Six phylogenetic hypotheses equally parsimonious were retrieved: all supporting the monophyly of Kingsleyini, and the exclusion of Spirocarcinus of the tribe. The genera Fredius, Kingsleya, Eudaniela and Rodriguezus were supported as monophyletic groups, while Microthelphusa, Neopseudothelphusa, Orthotheplhusa and Brasiliothelphusa were retrieved as paraphyletic groups.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
T.pdf (43.23 Mbytes)
Data de Publicação
2016-06-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.