• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.38.2021.tde-15042021-152715
Documento
Autor
Nome completo
Arthur de Lima Oliveira e Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Pinna, Mario Cesar Cardoso de (Presidente)
Naylor, Gavin Jeremy Preston
Petean, Flávia de Figueiredo
Título em inglês
Skeletal anatomical description of Isogomphodon oxyrhynchus (Müller & Henle, 1839) and discussion of its phylogenetic position within Carcharhinidae (Chondrichthyes, Carcharhiniformes)
Palavras-chave em inglês
Anatomy
Carcharhinidae
Comparative anatomy
CT-Scan
Fossil
Isogomphodon oxyrhynchus
Skeletal
Resumo em inglês
The Daggernose shark Isogomphodon oxyrhynchus (Müller & Henle, 1839), sole species in its genus, is endemic to northern South America, from Southern Maranhão State in Brazil to Trinidad and Tobago. Although the species is traditionally classified as estuarine, it occurs also in entirely marine environments. Such habitat shift is seasonal, related to the rain regimen. I. oxyrhynchus is easily recognized by the elongated snout, enlarged pectoral fins and reduced eyes, characteristics which account for its unique general aspect in the family Carcharhinidae. The anatomy of I. oxyrhynchus remains poorly known and its phylogenetic position is still controversial. In this study, we propose a contribution to the knowledge of I. oxyrhynchus, offering: 1. A description of the entire skeleton and dermal denticles, based on dissections, computerized tomography and Scanning Electron Microscopy; 2. A comparative anatomical study of I. oxyrhynchus with other representatives of Carcharhinidae, which is compared with results from a novel molecular analysis; 3. Review of fossil taxa assigned to Isogomphodon. The skeletal description revealed much new information for I. oxyrhynchus, including new information on complexes which were previously entirely unknown in the taxon, such as the appendicular skeleton, mandibular arch and clasper. The comparative and phylogenetic study is organized into 46 morphological characters, which qualitatively supports Carcharhinus porosus as sister-group of I. oxyrhynchus. Results also support the hypothesis of Isogomphodon as a modified member of the genus Carcharhinus. Lastly, a critical review of the fossil taxa assigned to Isogomphodon demonstrated that from the five species previously assigned to Isogomphodon, only two can be positively attributed to the genus.
Título em português
Descrição anatômica do esqueleto de Isogomphodon oxyrhynchus (Müller & Henle, 1839) e discussão sobre seu posicionamento filogenético dentro de Carcharhinidae (Chondrichthyes, Carcharhiniformes)
Palavras-chave em português
Anatomia
Anatomia comparada
Carcharhinidae
CT-Scan
Esqueleto
Fóssil
Isogomphodon oxyrhynchus
Resumo em português
O cação-pato Isogomphodon oxyrhynchus (Müller & Henle, 1839), única espécie em seu gênero, é endêmica da porção norte da América Sul, do Sul do Maranhão ao arquipélago de Trinidad e Tobago. Embora tradicionalmente seja classificada como estuarina, sua área de ocorrência inclui localidades de água inteiramente salgada, sendo tal mudança de habitat um fenômeno sazonal correlacionado com o regime de chuvas. I. oxyrhynchus é facilmente reconhecido pelo alongamento do focinho, nadadeiras peitorais largas e olhos diminutos, características que lhe outorgam um aspecto geral único na família Carcharhinidae. A anatomia e posicionamento filogenético de I. oxyrhynchus ainda permanecem pouco conhecidos ou controversos. No presente trabalho, propomos uma contribuição ao conhecimento da espécie, oferecendo: 1. Descrição completa do esqueleto e dentículos dérmicos, realizada através de dissecções, tomografia computadorizada e Microscopia Eletrônica de Varredura; 2. Estudo da anatomia comparada de I. oxyrhynchus com outros membros de Carcharhinidae, para obtenção de subsídios relevantes para o entendimento de seu posicionamento filogenético na família, sendo esta avaliada também de acordo com uma nova filogenia molecular; 3. Revisão crítica dos registros fósseis alocados em Isogomphodon. A descrição do esqueleto da espécie trouxe informações novas sobre todos os complexos esqueléticos, sendo que o esqueleto apendicular, arco mandibular e clásper são inteiramente inéditos. O estudo comparativo e filogenético propõe 46 caracteres morfológicos potencialmente informativos, indicando Carcharhinus porosus como o provável grupo irmão de I. oxyrhynchus. Os resultados também suportam a hipóteses de Isogomphodon como um membro modificado do gênero Carcharhinus. Por fim, a revisão dos registros fósseis demonstrou que das cinco espécies descritas como Isogomphodon, apenas duas podem positivamente ser atribuídas ao gênero.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-06-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.