• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.31.2020.tde-07052021-184709
Documento
Autor
Nome completo
Milla Maues Pelucio Pizzignacco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Iumatti, Paulo Teixeira (Presidente)
Ikeda, Alberto Tsuyoshi
Melo, Rosilene Alves de
Nemer, Sylvia Regina Bastos
Título em português
Emboladas Tipográficas em Campina Grande (PB): permanências e rupturas na edição dos folhetos do poeta Toinho da Mulatinha (1925-2016)
Palavras-chave em português
Embolada de coco
Feira Central de Campina Grande (PB)
Folhetos de Feira (cordel)
Patrimônio Cultural Imaterial
Tipografias e Folhetarias em Campina Grande
Toinho da Mulatinha
Resumo em português
Esta dissertação de mestrado, inserida na linha de pesquisa "Brasil: tensões, rupturas e continuidades entre passado, presente e futuro", tem como objetivo central dimensionar os processos sociais, culturais e históricos que impactaram a edição e a circulação dos folhetos de feira (cordel) em Campina Grande - Paraíba, por meio da análise da trajetória e produção do poeta Toinho da Mulatinha (Antônio Patrício de Souza, 1925 - 2016). A pesquisa, propõe uma perspectiva expandida sobre a obra do poeta-embolador (1950 - 2010), mas tem como baliza cronológica medular o período entre as décadas de 1950 e 1980, no qual o cordelista circulou ativamente pelo itinerário geo-poético paraibano - cantando embolada de coco e comercializando folhetos de feira - e desenvolveu extensa produção de cordel em tipografias especializadas no gênero, fundando a "Folhetaria Estrela do Oriente". Poeta de profissão mantenedor de banca de folhetos durante 60 anos na Feira Central de Campina Grande, Toinho propiciou encontros com agentes do circuito folheteiro campinense substanciais para a composição desse trabalho: Manoel Camilo dos Santos (poeta-editor), Antônio Lucena (poeta-xilogravador), José Alves Sobrinho (poeta-pesquisador) e Manoel Monteiro, propulsor do "novo cordel" na cidade. Ao atravessar o auge e a queda da indústria gráfica especializada em folhetos na Paraíba, Mulatinha reinscreveu sua produção no início do século XXI de acordo com as possibilidades técnicas/financeiras de materialização das próprias publicaç ões, auferindo resultados estéticos que desafiam imaginários folcloristas enraizados nas políticas públicas da terra do "Maior São João do Mundo". Nessa direção, essa dissertação tem como principais eixos de discussão: A relação entre forma artística e forma social no âmbito dos processos de globalização econômica e mundialização da cultura; os sistemas de hibridação cultural (entre cultura popular tradicional, cultura letrada e indústria cultural) no quadro das transformações da produção, difusão e consumo da literatura de folhetos em Campina Grande; os movimentos de descolonização intelectual no Brasil e as vinculações dos/as cordelistas com universidades locais; a gestão municipal dos bens culturais campinenses no contexto de mercantilização dos patrimônios nacionais. Os processos de patrimonialização da Feira Central de Campina Grande (2017) e da Literatura de Cordel (2018) pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), motivam análises relativas às dimensões implicadas nas ações de fomento e salvaguarda das culturas populares na contemporaneidade, abrindo espaço para exposição das tensões e negociações entre diferentes campos de saber/ poder e das práticas de (r)existência urdidas por aqueles/as que aprenderam a viver nas "brechas". Trata-se de uma investigação multidisciplinar inserida na área de concentração de "Estudos Brasileiros", na qual a pesquisa documental, o trabalho de campo e a coleta de narrativas, subsidiada teoricamente pela História Oral, constituem recursos metodológicos centrais no levantamento dos dados que suscitam as discussões inscritas neste texto.
Título em inglês
Typographic entanglements in Campina Grande (Paraíba - Brazil): permanences and ruptures in Toinho da Mulatinha's brochures editions (1925- 2016)
Palavras-chave em inglês
Campina Grande Central Fair (PB)
Cultural Heritage
Embolada de coco
Fair Flyers ("cordel")
Printers and Booklets in Campina Grande
Toinho da Mulatinha
Resumo em inglês
This Master's dissertation, inserted in the research line "Brazil: tensions, ruptures and continuities between past, present and future", has as its central objective to dimension the social, cultural and historical processes that impacted the edition and circulation of the fair leaflets in Campina Grande - Paraíba, through the analysis of the trajectory and production of the poet Toinho da Mulatinha (Antônio Patrício de Souza, 1925 - 2016). It is, therefore, a multidisciplinary research within the concentration area of " Brazilian Studies". I use oral history, ethnography and documentary research as central methodological resources in collecting data that raise the discussions included in this text. Although it proposes an expanded perspective on the poet-embolador's work (1950 - 2010), the research has as its central chronological goal the 1950s to 1980s, a period in which it actively circulated through the Paraiban geo-poetic itinerary, singing "embolada de coco" and fair leaflets ("cordel"), and has maintained extensive / extensive production in specialized / non-specialized brochure printers, founding the "Folhetaria Estrela do Oriente". A professional poet who held a booklet trading stand for 60 years at the Campina Grande Central Fair, Toinho provided meetings with agents from the Campinese leaflet circuit that were substantial for the composition of this work: Manoel Camilo dos Santos (poet-editor), Antônio Lucena (poet-illustrator), José Alves Sobrinho (poet-researcher) and Manoel Monteiro, propeller of the "Novo Cordel" in the city. Passing through the heyday and fall of the leaflet printing industry in Paraíba, Mulatinha rewrote its production at the beginning of the 21st century according to the technical / financial possibilities of materializing the publications themselves, yielding aesthetic results that challenge folkloric imaginary rooted in public policy from the land of the "Maior São João do Mundo". Thus, the main axes of discussion presented from the research developed in this dissertation are relationship between artistic form and social form in the context of the processes of economic globalization and globalization of culture; cultural hybridization systems (between traditional popular culture, literate culture and cultural industry) in the context of transformations in the production, diffusion and consumption of the literature of leaflets in Campina Grande; intellectual decolonization movements through popular verse literature and poets' links with local universities; municipal management of the cultural goods in the context of commodification of national heritage. The patrimonialization of the Central Fair of Campina Grande (2017) and Cordel Literature (2018) by the Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), exposed through this research, encourages analyzes related to the dimensions involved in the actions of fostering and safeguarding popular cultures in contemporary times, making room for the exposure of tensions and negotiations between different fields of knowledge / power and (r)existence practices created by those who have learned to live in the "on the shores".
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-06-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.