• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
https://doi.org/10.11606/D.31.2020.tde-07052021-181723
Document
Auteur
Nom complet
Gabriela Miranda de Frias
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2020
Directeur
Jury
Silveira Junior, Walter Garcia da (Président)
Bastos, Maria Clara
Dias, Marcia Regina Tosta
Jacoto, Lilian
Titre en portugais
"Entre o sim e o não existe um vão": um estudo sobre Itamar Assumpção e o álbum Sampa Midnight (1986)
Mots-clés en portugais
Cena musical independente
Indústria fonográfica.
Interdisciplinaridade
Itamar Assumpção
Música popular brasileira
Vanguarda Paulista
Resumé en portugais
O álbum Sampa Midnight - Isso não vai ficar assim, terceiro de Itamar Assumpção, é lançado em 1986, em um momento de crise na cena da música independente. Coincide com o fechamento do teatro Lira Paulistana, ponto de encontro de um movimento de músicos que ficou conhecido como Vanguarda Paulista. Essa cena musical surge, junto com o teatro, como alternativa em um momento de crise das grandes gravadoras, que passaram a investir somente em fórmulas e artistas que pudessem certamente trazer retorno financeiro. Além do fechamento do teatro, é em meados da década de 1980 que a indústria de discos encontra uma saída para essa crise de vendas: o investimento em bandas de rock. Com a falta de recursos e poucas possibilidades de seguir trilhando um caminho musical fora das grandes gravadoras, se observa uma certa dissolução na Vanguarda Paulista. É nesse momento que Sampa Midnight - Isso não vai ficar assim, de Itamar Assumpção, é lançado. Gravado em condições bastante precárias, o álbum traz questões e elaborações artísticas que nos ajudam a compreender esse momento. O objetivo deste trabalho é, portanto, iluminar esse momento de crise na história da música popular brasileira e compreender quais eram as condições e as questões latentes de uma produção artística que não estava inserida em uma lógica puramente comercial em seu fazer musical. Apoiada principalmente na bibliografia sobre a indústria fonográfica no Brasil e sobre a cena musical independente, assim como em entrevistas e pesquisas em jornais, proponho, a partir da análise do álbum, a ideia de que Sampa Midnight formula uma ideia de vão, de um cantor popular que se encontra em um entre, pois se encontra em um dilema: ao mesmo tempo em que há a consciência de uma impossibilidade de continuar produzindo a sua música fora dos meios hegemônicos, não abre mão de sua produção autoral.
Titre en anglais
"Entre o sim e o não existe um vão": a study about Itamar Assumpção and the album Sampa Midnight (1986)
Mots-clés en anglais
Brazilian popular music
Independent musical scene
Interdisciplinarity
Itamar Assumpção
Recording industry
Vanguarda Paulista
Resumé en anglais
The album Sampa Midnight - Isso não vai ficar assim, Itamar Assumpção's third album, is released in 1986, at a time of crisis in the independent music scene. It coincides with the closing of the Lira Paulistana theater, the meeting point of a movement of musicians that became known as Vanguarda Paulista. This musical scene appears, along with the theater, as an alternative in a time of crisis for the major labels, which started to invest only in formulas and artists that could certainly bring financial return. In addition to the closure of the theater, it is in the fashion of the 1980s that the disco industry finds a way out of this sales crisis: investment in rock bands. With the lack of resources and possibilities to continue treading a musical path for the major record companies, there is a certain dissolution in Vanguarda Paulista. It is at this moment that Sampa Midnight - Isso não vai ficar assim, from Itamar Assumpção, is released. Recorded in very precarious conditions, the album brings questions and artistic elaborations that help us understand the moment. The objective of this work is, therefore, to illuminate this moment of crisis in the history of Brazilian popular music and to understand what were the conditions and the latent issues of an artistic production that was not inserted in a purely commercial logic in its musical making. Based mainly on the bibliography on the music industry in Brazil and on the independent music scene, as well as researchers and newspapers, I propose, based on the analysis of the album, that Sampa Midnight formulates an idea of a gap, from a popular singer that finds himself in between, because he is in a dilemma: at the same time that there is an awareness of the impossibility of continuing to produce his music outside the hegemonic media, he does not give up his authorial production.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2021-05-31
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2022. Tous droits réservés.