• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.3.2021.tde-31052021-161902
Documento
Autor
Nombre completo
Nathalie Hoffert de Oliveira Cruz
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2021
Director
Tribunal
Mierzwa, José Carlos (Presidente)
Bueno, Rodrigo de Freitas
Razzolini, Maria Tereza Pepe
Título en portugués
Plano de segurança da água: parâmetros indicadores de qualidade da água para abastecimento público e inovações tecnológicas.
Palabras clave en portugués
Abastecimento de água
Barreiras múltiplas
Melhor tecnologia disponível
Qualidade da água (Padrões)
Resumen en portugués
A escassez de água em metrópoles brasileiras tem se agravado em função de características de seu próprio desenvolvimento. A expansão urbana de forma desordenada próxima a mananciais, juntamente com a falta de infraestrutura para estes novos núcleos habitacionais, tem contribuído para a degradação dos mananciais utilizados para abastecimento público. Em razão disto, a população fica mais suscetível às doenças de veiculação hídrica, que implica na necessidade de aprimorar as tecnologias empregadas nos processos de tratamento de água e esgoto afim de promover uma água segura para o abastecimento da população. O presente estudo faz parte do Projeto Conexão Água do Ministério Público Federal e busca observar os sistemas de abastecimento por meio do conceito de múltiplas barreiras, que consiste em analisar o sistema do manancial até a distribuição de água, buscando assegurar a sua qualidade por meio da proteção de mananciais, definição dos padrões de qualidade da água e implantação de sistemas adequados de tratamento; realizar estudo sobre o sistema convencional e os sistemas avançados, de forma a promover o conceito de melhor tecnologia disponível; e desenvolver um método simplificado para a caracterização da qualidade da água a partir de indicadores de controle. Neste método foram adotados os indicadores turbidez, pH, toxicidade química, carbono orgânico total, condutividade elétrica, potencial de inibição enzimática e teste de estrogenicidade e androgenicidade, e avaliando-se a sua eficiência em relação aos padrões da antiga Portaria do Ministério da Saúde nº 2914 de 2011, que foi revogada e incorporada no Anexo XX e XXI da Portaria de Consolidação nº 5 de 2017. Os resultados obtidos neste estudo demonstram que o plano de segurança da água (PSA) possibilita um melhor monitoramento e controle dos sistemas de tratamento. Isto posto, realizou-se o estudo e comparação das legislações brasileiras que tratam da qualidade da água bruta e da água tratada. Nesta análise foi possível verificar que 40 (quarenta) indicadores se repetiam entre as legislações, mostrando que não há necessidade de monitorá-las em ambas as etapas, na água bruta e no pós-tratamento. Além disso, o estudo do PSA demonstrou que as tecnologias atualmente empregadas no Brasil, não são satisfatórias para tratamento de água de mananciais que sofrem impactos das atividades humanas, sejam da área urbana ou rural, ou seja, há a necessidade de aprimoramento das mesmas. Desta forma, foram apresentadas as melhores tecnologias atualmente empregadas para os grupos de compostos orgânicos, inorgânicos, sólidos suspensos e microrganismos, de forma a remover contaminantes emergentes. Por fim, os indicadores de controle propostos se mostram satisfatórios em sistemas onde são empregadas tecnologias avançadas conjuntamente, demonstrando a segurança na simplificação dos padrões de qualidade da água.
Título en inglés
Water safety plan: standards of drinking water quality and best available tecnology.
Palabras clave en inglés
Best available technology
Multiple barriers
Water quality standards
Water supply
Resumen en inglés
Water scarcity in Brazilian metropolitan regions has been aggravated by the characteristics of its own development. The disrupted urban expansion in watersheds, along with the lack of infrastructure for wastewater collection and treatment, has contributed to the degradation of water sources used for public supply. This is the reason why the population is more susceptible to waterborne diseases, and to the detrimental effects of the various types of contaminants present in the water. This condition requires the improvement of water and wastewater treatment systems, by using adequate technologies in order to promote safe drinking water for the population. This study is part of the Project Water Connection from the Public Federal Ministry and aims to observe the supply systems through the concept of multiple barriers, which consists in analyzing it from the water source up to the water distribution system, seeking to ensure its quality by means of the protection of fountainheads, definition of water quality standards and implementation of appropriate treatment systems; compare the process efficiency between the conventional system and the advanced systems, in order to promote the concept of best available technology; and to develop a simplified method for the characterization of water quality using control indicators. In this method, turbidity, pH, chemical toxicity, total organic carbon, electrical conductivity, enzyme inhibition potential and estrogenicity and androgenicity tests are considered, and its efficiency have been analyzed in relation to the standards of former Ministry of Health Ordinance nº. 2914 of 2011, which was repealed and incorporated in annex XX and XXI of Consolidation Ordinance nº 5 of 2017. The results obtained in this study demonstrated that water safety plans (WSP) enable better monitoring and control of treatment systems. In this way, the study and comparison of Brazilian legislation dealing with the quality of the raw water and drinking water was presented. In this analysis it was possible to verify that 40 (forty) indicators were repeated between the legislations, showing that there is no need to monitor them in both stages, in raw water and in the post-treatment. In addition, the WSP study demonstrated that the technologies used nowadays in Brazil are not efficient for removing many pollutants, such as organic and inorganic compounds, that is, there is a need to improve them. Thus, the best technologies currently used for the groups of organic and inorganic compounds, suspended solids and microorganisms were presented. Finally, the proposed control indicators are satisfactory in systems where advanced technologies are used together, demonstrating security in simplifying water quality standards.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-05-31
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.