• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.3.2020.tde-03052021-103839
Documento
Autor
Nome completo
Kemmylle Sanny de Matos Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Boscov, Maria Eugênia Gimenez (Presidente)
Esquivel, Edmundo Rogerio
Lukiantchuki, Juliana Azoia
Título em português
Comportamento geotécnico de misturas de argila laterítica com lodo de estação de tratamento de água para uso em obras de terra.
Palavras-chave em português
Argilas
Geotecnia
Lodo
Meio ambiente
Tratamento de água
Resumo em português
A produção de lodo nas estações de tratamento de água é abundante e crescente. Dada a necessidade da correta destinação desse resíduo, este trabalho propõe-se a definir as propriedades geotécnicas de misturas solo:lodo para uso em obras de terra. O solo estudado é uma argila laterítica residual de diabásio, pertencente a uma classe de solos de larga ocorrência no estado de São Paulo, e o lodo é proveniente da Estação de Tratamento de Água (ETA) de Cubatão (SP). Ambos foram caracterizados química, mineralógica e geotecnicamente. As misturas, preparadas em três traços solo:lodo (4:1, 3:1 e 2:1, em massa úmida), foram submetidas aos ensaios de compactação, compressão simples, adensamento, compressão triaxial e permeabilidade. Avaliou-se ainda o efeito da secagem prévia das misturas por meio dos ensaios de compactação e compressão simples. A inserção de lodo no solo argiloso provocou redução na fração argila em até 5%, e consequente redistribuição nas frações silte e areia fina, além do aumento dos limites de liquidez e plasticidade. Nos ensaios de compactação, a adição de lodo causou redução da massa específica aparente seca e aumento do teor de umidade ótimo, porém, com a secagem prévia, observou-se recuperação parcial dos parâmetros do solo. Os parâmetros de resistência à compressão simples das misturas solo:lodo são, em média, 40% inferiores aos obtidos para o solo. A recuperação quase total da resistência ocorreu para graus de secagem de 50% das misturas. Nos ensaios de adensamento, as misturas compactadas no ponto ótimo partem de índice de vazios inicial maior do que o solos, porém não se observaram grandes incrementos aos baixos valores de índice de compressão e recompressão típicos de solos compactados.
Título em inglês
Geotechnical behaviour of lateritic clay and water treatment sludge mixtures for earthworks purposes.
Palavras-chave em inglês
Environmental geotechnics
Lateritic clay
Water treatment plant
Water treatment sludge
Resumo em inglês
The generation of water treatment sludge (WTS) is substantial and has an upward trend. Given the need for appropriated destination for this waste, this work aims to define the properties of soil:sludge mixtures in order to use WTS as a geotechnical material. The soil analyzed is a lateritic residual clay of diabase, with wide occurrence in São Paulo State (SP); the sludge was collected at Cubatão Water Treament Plant (SP). Both materials were chemical, mineralogical and geotechnically characterized. The mixtures, prepared at three soil:sludge proportions (4:1, 3:1 and 2:1 by wet mass), were submitted to compaction, uniaxial compression, consolidation, triaxial compression and permeability tests in order to determine deformability, compressibility and resistance properties. The effect of previous drying was also evaluated by compaction and uniaxial compression tests. The addition of sludge to the soil reduced the clay fraction in 5% and increased the liquid and plasticity limits. In the compaction tests, WTS addition to the soil reduced the maximum dry unit weight and increased the optimum water content, but previous drying of the mixtures guaranteed a partial recovery of the soil parameters. The uniaxial compression strength of the mixtures is, in average, 40% lower than that of the soil. A nearly total recovery was observed for drying ratio equal or higher than 50%. In the consolidation tests, the initial void ratio of the mixtures was higher than that of the compacted soil, however WTS addition did not provoke a great increase in compressibility, and the low values of compression and recompression indexes are coherent with compacted soils. The triaxial compression tests showed higher porepressures for the mixtures, and consequently reduction of the maximum deviator stress. There is a tendency of reduction of the effective cohesion and an increase of the effective friction angle (from 15 down to 6 kPa and from 34 up to 39 kPa, for M 4:1, respectvelly). The permeability coefficients of the mixtures were lower than the soil (around 10-10 m/s), with potencial use as material covers and bottom liners of sanitary landfills.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-05-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.