• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.3.2006.tde-22072007-144253
Documento
Autor
Nombre completo
José Geraldo Vidal Vieira
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2006
Director
Tribunal
Yoshizaki, Hugo Tsugunobu Yoshida (Presidente)
Claro, Danny Pimentel
Ho, Linda Lee
Lustosa, Leonardo Junqueira
Pires, Sílvio Roberto Ignácio
Título en portugués
Avaliação do estado de colaboração logística entre indústria de bens de consumo e redes de varejo supermercadista.
Palabras clave en portugués
Colaboração
Custos de transação
Desempenho logístico
Varejo
Resumen en portugués
É crescente a busca de parcerias entre as empresas de uma cadeia de suprimentos frente à concorrência, ao domínio de grandes empresas, à necessidade do aumento da eficiência logística e, ao mesmo tempo, à necessidade de redução dos custos logísticos. O estudo do relacionamento de parcerias pode traduzir no melhor entendimento das necessidades de cada participante dessa cadeia. Dessa forma, esta tese visa conhecer o estado de colaboração em logística na cadeia do varejo supermercadista no Brasil. Os objetivos são: (a) identificar e avaliar os principais elementos de colaboração existentes entre os parceiros indústria e varejo; (b) identificar quais elementos os parceiros consideram mais importantes para a construção do conceito de colaboração; (c) avaliar o efeito da colaboração na cadeia do varejo supermercadista, em especial no desempenho logístico e nos custos de transação. As teorias e conhecimentos relacionados à pesquisa são referentes a colaboração na cadeia de suprimentos, ao desempenho logístico e a economia dos custos de transação. A metodologia é composta por um estudo qualitativo e quantitativo. O estudo qualitativo, realizado em uma grande rede de varejo supermercadista, teve como objetivo conhecer e avaliar as operações logísticas e servir de entrada para a construção e análise da pesquisa quantitativa. Esta, realizada com uma amostra de 125 representantes da indústria, permitiu construir um modelo de colaboração que pudesse ser utilizado para avaliar os objetivos propostos e servir como ponto de partida para futuras pesquisas. Para tanto, análises estatísticas multivariadas foram utilizadas para testar empiricamente os resultados. Estes mostraram que os principais elementos que formam o conceito de colaboração, segundo os participantes, podem ser classificados em três fatores: fator de integração estratégica (composto pelos elementos de integração estratégica), fator de integração tática (composto pelos elementos ações conjuntas, compartilhamento de custos e ganhos logísticos, compartilhamento de informações logísticas e comerciais) e fator interpessoal de colaboração (composto pelos elementos interpessoais). Estes formam a base da parceria, são os que mais contribuem para uma maior intensidade de colaboração em relação aos demais e que influenciam na construção de um relacionamento sustentável. Por outro lado, a colaboração com base no compartilhamento dos custos e ganhos logísticos tem a menor intensidade e os elementos estratégicos de colaboração, apesar de serem importantes nesse processo, ainda são poucos explorados, tanto pelas empresas, quanto na literatura de colaboração logística na cadeia do varejo supermercadista. Além disso, os resultados mostraram que os participantes julgam como mais importantes, para o processo de colaboração, os elementos confiança, reciprocidade, interação entre as áreas funcionais, compartilhamento de informações e objetivos e metas conjuntas. Conclui-se que alguns desses elementos de colaboração tendem à parceria ou à integração e que outros tendem apenas ao estágio de coordenação das atividades logísticas na cadeia do varejo supermercadista. Alguns elementos de colaboração influenciam positivamente o desempenho logístico das indústrias, principalmente se tratando de desempenho logístico diferenciado (entregas urgentes e em períodos de demanda alta) e realizado por grandes empresas. O aumento de colaboração estratégica (relacionada aos elementos de integração estratégica) e de ações conjuntas (relacionada aos elementos de integração tática) contribui para a diminuição de incertezas entre os participantes e essas ações conjuntas contribuem para o aumento do investimento em ativos específicos.
Título en inglés
Evaluation of the collaborative logistic between consumers packaged goods and retail market.
Palabras clave en inglés
Collaboration
Logistics performance
Retail market
Transaction costs
Resumen en inglés
The partnerships between the firms on supply chain are increasing due to: competition, domain by large companies, necessity the increase of logistic efficiency, at the same time, due to necessity of logistic costs reduction. The relationship study of partnerships can mean on the best knowledge the necessities of each participant on this chain. This thesis aims to study the state of collaborative logistic in the retail market chain in Brazil. The objectives are: (a) to identify and to evaluate the main collaborative elements between the industry and retail chain partners; (b) to identify which elements the partners consider more important for the construct of collaboration concept; (c) to evaluate the effect of the collaboration in the retail market chain, in special on the logistic performance and the transaction costs. The theories and knowledge related to the research are collaboration in supply chains, the logistic performance and the economy transaction costs. The methodology consists of qualitative and quantitative research. The qualitative one that was carried through in a big retail chain had as objective to understand and to evaluate the logistic operations. This study also served as the foreward for construction and analysis of the quantitative research. This research is composed by 125 representatives of the industry and had as objective to construct a collaborative model. This model could be used to evaluate the objectives and to serve as starting point for future research. For this, multivaried statistical analysis was used as a way to test the research results. These research results showed that the main collaborative elements, according to participants, can be classified in three factors: factor of strategical integration (composed by the elements of strategic integration), factor of tactical integration (composed by the elements joint actions, logistic sharing of costs and profits, sharing of logistic and commercial information) and factor intangible collaboration (composed by interpersonal elements). The interpersonal elements form the partnership base, contribute for a bigger intensity of collaboration in comparison to others and influence the construction of a sustainable relationship. On the other hand, the collaboration on the sharing basis of the costs and logistic profits has the lesser intensity. The collaborative strategical elements, although to be important in this process, they are still few explored, as such by companies, as much in the literature of collaborative logistic in the retail chain. Moreover, the results had shown that the participants consider as more important, for the collaborative process, the elements of confidence, reciprocity, interaction between the functional areas, information sharing and objectives and joint goals. The conclusions are: some of these collaborative elements tend to develop into partnership or integration and that others tend only a stage of coordination of the logistic activities in the retail chain. Some collaborative elements influence positively the logistic performance of the firms, mainly when it concerns a differentiated logistic performance (urgent deliveries and deliveries in periods of high demand) and carried through by large companies. The increase in strategic collaboration and joint actions contributes for the reduction of uncertainties between the participants and these joint actions contribute for the increase of investment in specific assets.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
TeseUSP2006Final.pdf (1.18 Mbytes)
Fecha de Publicación
2007-08-20
 
ADVERTENCIA: El material descrito abajo se refiere a los trabajos derivados de esta tesis o disertación. El contenido de estos documentos es responsabilidad del autor de la tesis o disertación.
  • VIEIRA, José Geraldo Vidal, YOSHIZAKI, Hugo Tsugunobu Yoshida, and HO, Linda Lee. Um estudo sobre colaboração logística entre indústria de bens de consumo e redes de varejo supermercadista [doi:10.1590/S0104-530X2009000400006]. Gestão & Produção [online], 2009, vol. 16, n. 4, p. 556-570.
  • VIEIRA, José Geraldo Vidal, YOSHIZAKI, Hugo Tsugunobu Yoshida, and LUSTOSA, Leonardo Junqueira. Um estudo exploratório sobre colaboração logística em um grande varejo supermercadista [doi:10.1590/S0103-65132010005000007]. Produção [online], 2010, vol. 20, n. 1, p. 135-147.
  • VIEIRA, Jose Geraldo Vidal, YOSHIZAKI, Hugo, and HO, Linda. Collaboration intensity in the Brazilian supermarket retail chain [doi:10.1108/13598540910927269]. Supply Chain Management: An International Journal [online], 2009, vol. 14, n. 1, p. 11-21.
  • VIEIRA, Jose Geraldo Vidal, YOSHIZAKI, Hugo, e LUSTOSA, Leonardo. Os Efeitos da colaboração na transação entre indústria e o supermercado: um estudo exploratório. Produto & Produção, 2010, vol. 11, p. 69-86.
  • VIEIRA, Jose, et al. COLABORAÇÃO NA SUPPLY CHAIN. In OLIVEIRA, Vanderli, CAVENAGHI, Vagner, e MASCULO, Francisco. TÓPICOS EMERGENTES E DESAFIOS METODOLÓGICOS EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO: CASOS, EXPERIÊNCIAS E PROPOSI : COLABORAÇÃO NA SUPPLY CHAIN. Organizador. IV ed.. Rio De Janeiro : Abepro, 2011. cap. 1. p. 17-80.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.