• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.3.2013.tde-23092014-095131
Documento
Autor
Nome completo
Maurício Guimarães Bergerman
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Delboni Júnior, Homero (Presidente)
Chaves, Arthur Pinto
Galéry, Roberto
Masini, Eldon Azevedo
Tavares, Luís Marcelo Marques
Título em português
Dimensionamento e simulação de moinhos verticais.
Palavras-chave em português
Cominuição
Moinho vertical
Remoagem
Resumo em português
Na área de moagem secundária, ou remoagem, a preocupação com a eficiência energética se mostra de extrema importância. Em geral, os consumos específicos desta etapa são superiores aos da etapa primária. Além disso, tem se observado uma tendência de afinamento das granulometrias de moagem nos novos projetos de minerais metálicos, o que leva cada vez mais a uma maior necessidade de gastos nesta etapa, tanto em termos de custos de implantação como de operação. Nos novos projetos que incluem remoagem no Brasil granulometrias de remoagem da ordem de 40 a 20 m têm se mostrado necessárias. Neste contexto, os moinhos tubulares de bolas, adequados para moagem primária, apresentam eficiências decrescentes em termos de aproveitamento de energia, quando são necessários produtos abaixo de 50 m. A fim de avaliar as melhores alternativas tecnológicas disponíveis para estas aplicações de remoagem, este trabalho estudou moinhos de carga agitada, com foco em moinhos verticais. O presente trabalho apresenta e discute os resultados de amostragens em escala industrial com o moinho vertical em quatro usinas em operação no Brasil. Foi desenvolvido também um novo ensaio em escala laboratorial para simular o consumo de energia e a distribuição granulométrica dos moinhos verticais, que se mostrou válido para a aplicação estudada.
Título em inglês
Vertical mill sizing and simulation.
Palavras-chave em inglês
Comminution
Regrind
Vertical mill
Resumo em inglês
Energy efficiency is extremely important in secondary grinding (regrinding) as specific consumption are greater than obtained in primary grinding. Moreover, finer grinding sizes are a trend in new grinding circuits therefore increasing the energy consumption, as well as respective capital and operating costs. In Brazil regrinding sizes between 40 a 20 m are common in greenfield projects. As horizontal ball mills show decreasing efficiency as grinding sizes are finer than 50 m, this work shows regrinding equipment alternatives to ball mills focusing on vertical mills. A number of survey campaigns were carried out on four industrial operations in which vertical mills were installed in the respective regrind circuit. A new batch test was developed and validated to predict the energy consumption and product size distribution associated to vertical mills.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese_Bergerman.pdf (13.03 Mbytes)
Data de Publicação
2014-10-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.