• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.3.2020.tde-15122020-130129
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Felipe Bauri
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Goldenstein, Helio (Presidente)
Alves, Luiz Henrique Dias
Sinatora, Amilton
Título em português
Soldagem de topo com centelhamento de trilhos ferroviários: caracterização microestrutural, propriedades mecânicas e desgaste.
Palavras-chave em português
Calor
Desgaste
Propriedades dos materiais
Propriedades mecânicas
Trilhos. Soldagem
Zona Afetada pelo Calor (ZAC)
Resumo em português
De modo geral, as ferrovias para transporte de carga pesada no Brasil têm sido submetidas a condições operacionais que solicitam melhores desempenhos dos materiais, ao passo que a velocidade de operação da via e a quantidade de cargas crescem para atender o aumento da demanda por transportes. Atualmente a maior parte da via tem seus trilhos soldados. Entre os processos de soldagem existentes destaca-se a soldagem de topo com centelhamento, devido à melhor qualidade da junta soldada obtida. Entretanto, as propriedades dos trilhos podem ser comprometidas por erros na parametrização do processo de soldagem acarretando o surgimento de heterogeneidades e defeitos na junta soldada, em particular na Zona Afetada pelo Calor (ZAC). Relatos de experimentos através da dilatometria para simular a região da ZAC e as suas propriedades foram publicados recentemente, no entanto, existe uma carência de estudos mais detalhados dos efeitos das variáveis do processo de soldagem na microestrutura dos trilhos. Com este objetivo, foi elaborada uma matriz experimental, alterando quatro variáveis do processo da soldagem de topo com centelhamento (corrente de pulso, quantidade de pulsos, força de recalque e carbono equivalente) em trilhos ferroviários das classes Premium e Super Premium. O planejamento experimental gerou oito condições de soldagem. Os resultados obtidos permitiram entender a relação entre a microestrutura e os mapas de microdureza na seção longitudinal da junta soldada. Os ensaios de tração mostraram que a condição de soldagem com o maior aporte térmico apresentou mais baixo limite de escoamento e limite de resistência à tração. As análises das fraturas obtidas pelo ensaio de tração mostraram que os trilhos da classe Premium apresentaram fratura dúctil com dupla-estricção na região de austenitização parcial. Enquanto que os trilhos Super Premium apresentaram fratura frágil, com exceção da condição de soldagem mais extrema. Os ensaios de desgaste por deslizamento mostraram que a região de austenitização parcial apresentou maior perda de massa em relação as outrasregiões, sendo está a região mais afetada da solda. Em suma, as condições de soldagem com mais baixo aporte térmico apresentaram os melhores comportamentos para aplicações ferroviárias.
Título em inglês
Flash butt welding in railway tracks: microstructural characterization, mechanical properties and sliding wear
Palavras-chave em inglês
Flash Butt Welding (FBW)
Heat Affected Zone (HAZ)
Mechanical properties
Rails premium and super premium
Wear
Resumo em inglês
In general, heavy haul railways in Brazil have been subjected to operating conditions that demand better performance of the materials, as the speed of operation and the loads increase to comply with the increasing demand for transportation. For joining the rails, the Flash Butt Welding (FBW) process stands out, due to the better quality obtained on the welded joints. However, the properties of the steels may be compromised, because to the undue parameterization of the process introducing weld joint defects and heterogeneities, particularly in the Heat-Affected Zone (HAZ). Experimental reports using dilatometry to simulate the HAZ region and its properties have been published recently, however, there is a lack of detailed studies of the effects of welding parameters in the microstructure of rails. In this work, an experimental matrix was proposed, which aimed to study four parameters of the FBW process (pulse current, number of pulses, upsetting force and carbon equivalent) in both Premium and Super Premium rail steels. The matrix generated eight welding conditions. The results made it possible to understand the relationship between the microstructure and the microhardness maps on the longitudinal section of the welded joint. Tensile tests showed that the welding condition that corresponds the highest heat input presented the lowest yield strength and ultimate tensile strength. Fracture analysis of Premium rails showed ductile fracture, with double-necking in the partial austenitization region, while Super Premium rails showed brittle fracture, except for the more extreme welding condition. Sliding wear tests showed that the partial austenitization region presented more larger loss of mass in relation to the other regions, being the region most affected. In summary, the welding conditions with the lowest heat input showed the best behavior for railroad applications.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-12-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.