• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.27.2020.tde-08042021-150810
Documento
Autor
Nombre completo
Isadora Ortiz de Camargo
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2020
Director
Tribunal
Correa, Elizabeth Nicolau Saad (Presidente)
Baldessar, Maria José
Chalezquer, Maria Rosario Sádaba
Moreira, Sonia Virginia
Ramos, Daniela Osvald
Título en portugués
Como pagar a conta do jornalismo? Um estudo sobre a relação entre modelos de negócios, geopolítica das mídias e gestão dos 'territórios midiáticos' da Ibero-América
Palabras clave en portugués
El País
Jornalismo de referência
Modelos jornalísticos de negócio
O Globo
Público
Território midiático
Resumen en portugués
A presente tese discute conceitos que envolvem estrutura redacional, modelos de negócio e lógicas jornalísticas na era digital, dialogando com variáveis de uma abordagem geopolítica. Em que aspectos e até que ponto grupos empresariais de mídia ainda pautam as ações gestoras nos limites dos respectivos territórios midiáticos (referências onde se processam as relações simbólicas e operações das produções jornalísticas) de alcance e influência? Após levantamento bibliográfico e conceitual do tema abordado, o estudo analisa pontualmente três dos principais periódicos de grupos midiáticos do Brasil (O Globo), Espanha (El País, do grupo Sonae/Prisa) e Portugal (Público). Para conhecer a realidade dos diários (em versão digital e impressa), a pesquisa considera diálogos (entrevistas) com profissionais e dirigentes editoriais, além de observar a funcionalidade cotidiana e uma análise simultânea de relatórios de gestão dos veículos considerados no estudo. Depois de 25 anos da crescente celeridade da informação digital (considerando que a web comercial surge no Brasil a partir de 1994), os desafios registrados ainda dizem respeito à busca de referências nos modos de fazer e gestar a viabilidade da produção/circulação editorial em Jornalismo. Nos três casos, é possível encontrar similaridades e diferenças (especificidades) nas estratégias de modelos de negócios, cada vez mais plurais e híbridas para levar a informação jornalística ao leitor/ouvinte/telespectador/internauta. No emaranhado de buscas, destacam-se esforços de gestão para apresentar tais veículos como referência de um 'bom jornalismo' no mercado global, que ainda opera em sintonia de territórios de alcance e influência midiática. É, portanto, também uma disputa por construir e apresentar um 'jornalismo de referência'. O estudo também quer compreender os aspectos da geopolítica da mídia que interferem na construção de modelos de negócios para empresas jornalísticas para, no futuro, propor uma matriz de eficiência para formular ou testar modelos de negócios com base nos territórios-mídia.
Título en inglés
-
Palabras clave en inglés
El País
Journalistic business models
Media territory
Public
Reference journalism
The globe
Resumen en inglés
This tesis presents these concepts about the editorial structure, business models and journalistic logics in the digital age, dialoguing with variables from a geopolitical approach. In what aspects and to what extent are video media groups still displayed as actions within the boundaries of media territories (references where processes such as symbolic relations and operations of journalistic productions) of reach and influence? After a bibliographic and conceptual survey of the topic addressed, the study punctually analyzes three of the main journals of media groups in Brazil (O Globo), Spain (El País, Sonae / Prisa group) and Portugal (Público). In order to know the reality of the diaries (in digital and printed version), a survey should consider dialogues (interviews) with professionals and editorial directors, in addition to observing everyday skills and a simultaneous analysis of study test management reports when using studies. After 25 years of increase in the speed of digital information (considering that a commercial increase in the web in Brazil since 1994), the challenges still recorded are still respected in the search for references in the ways of making and managing the viability of production / circulation editorial in Journalism. In the three cases, it is possible to find similarities and differences (specificities) in the business model strategies, which are increasingly plural and hybrid in order to bring journalistic information to the reader / listener / viewer / Internet user. In the tangle of searches, it stands out for managing such vehicles as a reference for 'good journalism' in the global market, which still operates in tune with territories of reach and media influence. It is, therefore, also a dispute for building and presenting 'reference journalism'. The study also seeks to understand the geopolitical aspects of the media that interfere in the construction of business models for newspaper companies, with no future, to propose an economy matrix for forms or business models based on media territories.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-04-08
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.