• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.27.2020.tde-10032021-012159
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Dornellas Feltrin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Silva, Mateus Araújo (Presidente)
Júnior, Luiz Carlos Gonçalves de Oliveira
Oliveira, Sérgio Eduardo Alpendre de
Título em português
Abel Ferrara: questões de estilo
Palavras-chave em português
Abel Ferrara
Bad Lieutenant
cinema norte-americano contemporâneo
The Blackout
Resumo em português
A dissertação examina os longas metragens Vício frenético (Bad Lieutenant, 1992) e The Blackout (1997) do cineasta americano Abel Ferrara (Nova York, 1951 - ), tomados aqui como pontos altos daquela que costuma ser considerada a década mais rica de sua carreira (a de 1990). Nos dois primeiros capítulos, propõe uma análise imanente dos dois filmes, seguida de uma comparação entre eles e dois outros com os quais eles travaram um diálogo maciço: Mean Streets (Martin Scorsese, 1973) e Vertigo (Alfred Hitchcock, 1958), respectivamente. No terceiro capítulo, a abordagem comparativa ganha o primado, e confronta The Blackout a um grupo de filmes de Michael Mann, David Lynch, David Cronenberg e John McTiernan que, cada um a seu modo, convergem ou rimam com suas questões e com seu universo estético. O horizonte destas análises imanentes e destas discussões comparativas é o de perceber o lugar central do projeto de Ferrara numa certa vertente (posterior à Nova Hollywood) do melhor cinema industrial americano contemporâneo.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Abel Ferrara
Bad Lieutenant
contemporary American cinema
The Blackout
Resumo em inglês
This work explores the feature films Bad Lieutenant (1992) and The Blackout (1997) by American filmmaker Abel Ferrara (New York, 1951 -), taken here as highlights of whic is usually considered the richest decade of his career (1990's). In the first two chapters, it proposes an immanent analysis of the two films, followed by a comparison between them and two others with which they engaged in a massive dialogue: Mean Streets (Martin Scorsese, 1973) and Vertigo (Alfred Hitchcock, 1958), respectively. In the third chapter, the comparative approach takes precedence, and confronts The Blackout with a group of films by Michael Mann, David Lynch, David Cronenberg and John McTiernan who, each in their own way, converge with their questions and with their aesthetics. The horizon of these immanent analyzes and these comparative discussions is to perceive the central place of Ferrara's project in a certain strand (after New Hollywood) of the best contemporary American industrial cinema.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-03-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.