• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2013.tde-06052014-150241
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Duarte Oliveira Venancio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Soares, Rosana de Lima (Presidente)
Aquino, Zilda Gaspar Oliveira de
Gomes, Mayra Rodrigues
Rocha, Rosamaria Luiza de Melo
Vicente, Eduardo
Título em português
Jogo lógico e a gramática do rádio: analítica de um jogo de linguagem comunicacional e seus diferendos
Palavras-chave em português
Desconstrução da linguagem
Filosofia Analítica da Linguagem
Linguagem midiática
Lógica algébrica
Rádio
Teoria dos Jogos
Resumo em português
O presente trabalho visa entender como o rádio se distingue dos demais sons do mundo. A hipótese aqui formulada é a de que o rádio, em sua definição, é uma linguagem, e não um aparelho. Dessa maneira, há a busca por uma caracterização da linguagem radiofônica seguindo as ideias implicadas em uma Estética da Linguagem (Derrida e antiessencialistas como Ziff, Weitz e Kennick). Com isso, há um estudo detalhado do rádio em seu jogo de linguagem (Wittgenstein) e em seus diferendos (Lyotard), considerados aqui enquanto parergon e ergon, ou seja, enquanto recorte e modelo operacional da linguagem em sua intersecção com o mundo. Para a investigação do jogo de linguagem, foram utilizados conteúdos relacionados à Filosofia Analítica, à Lógica Algébrica e à Teoria dos Jogos para desenvolver um método analítico denonimado Jogo Lógico, voltado para o estudo de jogos de linguagem comunicacionais. Já para a investigação dos diferendos, foram utilizadas as ideias pragmáticas acerca da performatividade e da lógica ilocucionária (Austin e Searle) para analisar os gêneros radiofônicos (a saber: musical, radiojornalismo, esportivo, variedades [talk radio], humorístico, ficção e publicidade). Essas duas investigações formam aquilo que é chamado aqui de Gramática do Rádio - considerando o conceito wittgensteiniano de gramática -, o ponto nodal que nos permite caracterizar o rádio enquanto linguagem.
Palavras-chave em inglês
Algebraic Logic
Analytic Philosophy of Language
Deconstruction of language
Game Theory
media language
Radio
Resumo em inglês
The present work aims to understand how the radio distinguishes itself from other sounds of the world. The hypothesis formulated here is that the radio, in its definition, is a language, not a machine. Thus, there is the search for a characterization of radio's language following the ideas involved in an Aesthetics of Language (Derrida and anti-essentialists like Ziff, Weitz and Kennick). Here, there is a detailed study of the radio in its language-game (Wittgenstein) and their differends (Lyotard), considered in this work as parergon and ergon, i.e. as the cut and the operational model of language in its intersection with the world. For the investigation of the language-game, we used content related to Analytic Philosophy, to Algebraic Logic, and to Game Theory to develop an analytical method called Logic Game, dedicated to the communicative language-games' study. As for the investigation of differends, we used the pragmatic concepts about the performative and illocutionary logic (Searle and Austin) to analyze the radio genres (ie: music, radio journalism, sports, talk radio, humor, fiction and advertising). These two studies form what is called here the Radio Grammar - considering the Wittgensteinian concept of grammar - the key point that allows us to characterize the radio as a language.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RafaelVenancio.pdf (7.02 Mbytes)
Data de Publicação
2014-05-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.