• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2013.tde-07022014-144951
Documento
Autor
Nome completo
Patricia Araujo Vasconcelos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Mario Celso Ramiro de (Presidente)
Musa, Joao Luiz
Salles, Cecília Almeida
Título em português
O corpo é ser: diários sobre a distância
Palavras-chave em português
corpo
deslocamento
identidade
memória
performance
processo
viagem
Resumo em português
O corpo é ser: diários sobre a distância é uma investigação que parte da condição do deslocamento/desterro a caminho de discussões que interrelacionam dados inerentes ao meu processo de criação a abordagens teóricas e artísticas. Tomando a crítica de processo, proposta por Cecilia Salles, como metodologia, faço um resgate de materias de registro que apontam para trabalhos que desenvolvi entre 2009 e 2013, apresentados no corpo do texto. A estrutura da dissertação se divide em dois cadernos. O primeiro contém um embate das referências teóricas e processuais relacionadas ao contexto do deslocamento e da condição de estrangeiro e é dividido em três capítulos que discutem: a viagem como possibilidade artística, a memória e os diários como aparatos processuais e o corpo em ações performativas. O segundo caderno trata-se de um livro-processo que abriga uma coleção de vestígios que deflagram os caminhos tateados para a construção desta pesquisa.
Palavras-chave em inglês
body
displacement
identity
memory
performance
process
travel
Resumo em inglês
The work "O corpo é ser: diários sobre a distância" is an investigation that starts from the condition of displacement/exile and moves into an argumentation that correlates a theoretical research to data about my creative process. Guided by the theoretical approach called crítica de processo, as proposed by Cecilia Salles, I recover documentary material within the work I developed as a photographer from 2009 to 2013 and the selection is presented within the text. The essay is divided in two books. The first book contains a clash of theoretical frameworks and procedures about the concept of displacement and the foreigner condition, this portion is divided in three chapters in which I discuss: the trip as an artistic experiment, memory and the making of diaries as procedural apparatus, and the body in performance. The second book is a process-book containing a collection of traces that trigger paths groped to build this research.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.