• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Daniel Rangel Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Dias Filho, Geraldo de Souza (Presidente)
Farias, Agnaldo Aricê Caldas
Khouri, Omar
Título em português
A dimensão plástica nos poemas visuais de Augusto de Campos
Palavras-chave em português
artes visuais
Augusto de Campos
poesia visual
Resumo em português
A presente pesquisa aproxima a trajetória poética de Augusto de Campos do universo referencial das artes visuais a partir de uma análise formal, livre e contextual de sua produção, abordando as principais influências e procedimentos que caracterizaram seu fazer artístico entre 1953, ano em que publicou sua primeira série de poemas transdisciplinares, até 2016, quando realizou a mostra "REVER - Augusto de Campos", no SESC Pompeia, em São Paulo. A trajetória do autor é marcada pela experimentação tecnológica e pelo trânsito intersemiótico entre distintos suportes artísticos. Tal estudo busca descrever a dimensão plástica de uma produção originalmente vinculada à literatura e à poesia. O objetivo central é descrever e analisar os principais poemas visuais de Augusto de Campos, apresentados em diferentes mídias, além do livro, a partir da aproximação destes com obras de arte, seja por questões materiais, formais, estéticas ou processuais de execução, seja pelo contexto no qual produziu alguns destes trabalhos. A ideia é, portanto, vincular o fazer do poeta, tradutor, ensaísta e crítico, com a ideia de um artista visual ou a de um "artista-poeta", que talvez seja o neologismo mais pertinente para descrever Augusto de Campos.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Augusto de Campos
visual arts
visual poetry
Resumo em inglês
The present research approaches the Augusto de Campos's poetic trajectory to the referential universe of the visual arts, from a formal, free and contextual analysis of his production, addressing the main influences and procedures that characterized his artistic work between 1953, year in which he publishes his first series of transdisciplinary poems, poetamenos, until 2016, when he released "REVER - Augusto de Campos" exhibition at SESC Pompeia, in São Paulo. The author's trajectory is marked by technological experimentation and intersemiotic transit between different artistic supports. This study that aims to describe the plastic dimension of a production originally linked to literature and poetry. The aim is to describe and analyze Augusto de Campos' main visual poems, which were presented in different media, besides the book, from their approach close to the works of art, whether for material, formal, aesthetic or procedural matters of execution, or the context in which he produced some of these works. The idea is therefore to link the poet's, translator's, essayist's and critic's doing with that of a visual artist or an "artist-poet", which is perhaps the most pertinent neologism to describe Augusto de Campos.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DanielRangelCosta.pdf (8.04 Mbytes)
Data de Publicação
2019-09-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.