• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2018.tde-05122018-115448
Documento
Autor
Nome completo
Cláudia Jaqueline de Souza Siufi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Berg, Silvia Maria Pires Cabrera (Presidente)
Corvisier, Fátima Graça Monteiro
Proença, Maria Alice de Rezende
Título em português
A ludicidade e a inquiribilidade no processo da educação musical na primeira infância
Palavras-chave em português
Criatividade
Educação Infantil
Educação Musical
François Delalande
Inquiribilidade
Ludicidade
Resumo em português
A presente pesquisa se propõe a investigar os diferentes modos com que a criança se expressa musicalmente, entendendo a brincadeira e o brincar como fontes de aprendizado, evidenciando a forte relação entre a descoberta do som, a ludicidade, a inquiribilidade, a criação musical e o desenvolvimento musical a partir das suas experiências sonoro-criativas. Procuramos especificar como o lúdico e a criação se apresentam no processo de aprendizado musical e a sua fundamental relação com as ideias, propostas musicais e educacionais de FRANÇOIS DELALANDE (1995 e 2013) em diálogo com pesquisadores na área da Educação Musical, fazendo com esta pesquisa um paralelo à minha práxis educacional a partir de observações de alunos durante as aulas de música. Sendo a ludicidade o meio de interação da criança com o mundo, ao brincar com a música através da experimentação e da vivência, da inquiribilidade e da criatividade, a criança constrói seu conhecimento musical numa interação com o sonoro, consigo mesma, com o outro e com o ambiente. Compreendemos que o fazer musical infantil a partir do lúdico e da fruição não se desvincula do ser inteiro, não se torna externo e, com isso, a criança pode buscá-lo dentro de si para que chegue a um desenvolvimento musical pleno.
Título em inglês
The ludicity and inquiribility in the process of music education in early childhood.
Palavras-chave em inglês
Children's Education
Creativity
François Delalande
Inquiribility
Ludicity
Music Education
Resumo em inglês
The present research aims to investigate the different ways in which the children expresses himself musically, how they understand the musical playing and the musical playing as sources of learning, specifying the strong relation between the discovery of sound, ludicity, inquiribility, musical creation and musical development from their sound-creative experiences. We seek to show how the act of playing and the creativity present themselves in the process of musical learning and its fundamental relation with the ideas, musical and educational proposals of FRANÇOIS DELALANDE (1995 and 2013) in dialogue with researchers in the area of Music Education. We make a parallel to my praxis derived from students observations during music lessons. Ludicity is the child's interaction with the world, playing with music through experimentation and experience, inquiribility and creativity, are the instruments with the child constructs his musical knowledge in an interaction with the sonorous, with himself, with the other and with the environment. We understand that the childlike musical making is not separate from the playful and fruition, the external sources and the child whole being. The child can seek it within itself so that it reaches a musical full development.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-12-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.