• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.27.2020.tde-26022021-225210
Documento
Autor
Nome completo
Pedro Rodrigo Peñuela Sanches
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Telesi, Silvia Fernandes da Silva (Presidente)
Greiner, Christine
Lima, Carla Andréa Silva
Oliveira, Roberto Charles Feitosa de
Peretta, Éden Silva
Título em português
Horizonte, traço, fantasma - Presenças-ausências: Steve Paxton, Pina Bausch, Kazuo Ono
Palavras-chave em português
Arte e filosofia
Dança contemporânea
Presença
Teoria da dança
Resumo em português
Reconhecendo a centralidade de certas noções de presença para as atuais teorias e reflexões no campo das artes cênicas, este trabalho descreve e discute modos paradoxais de relação entre presença e ausência na obra de três artistas da dança: Steve Paxton, Pina Bausch e Kazuo ?no. Dialogando com algumas das teorizações sobre a presença em artes cênicas e com discussões filosóficas e psicanalíticas atravessadas diretamente por essa temática, encontramos nas obras desses três artistas exemplos consistentes que nos permitem descrever certas matrizes de entrelaçamento entre presença e ausência, que nomeamos como horizonte, traço e fantasma. A discussão dessas matrizes se dá mediante uma acepção do paradoxo como um operador epistemológico, partindo sobretudo de um diálogo com concepções paradoxais da subjetividade e da arte construídas por autores como Donald Winnicott e Jacques Rancière. A partir dos três vértices principais de discussão indicados, são examinadas diferentes implicações e aspectos dos trabalhos desses artistas, que nos levam a certos posicionamentos generalizáveis sobre o lugar da noção de presença em artes cênicas, sobre certos aspectos fundamentais da poética na dança contemporânea e algumas implicações epistemológicas, estéticas, políticas e historiográficas trazidas pela noção paradoxal de presença-ausência que procuramos desenvolver.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Art and philosophy
Contemporary dance
Dance theory
Presence
Resumo em inglês
Recognizing the centrality of certain notions of presence to current theories and reflections in the field of the performing arts, this work describes and discusses paradoxical ways of relation between presence and absence in the work of three dance artists: Steve Paxton, Pina Bausch and Kazuo ?no. Dialoguing with some theories of presence in performing arts and with philosophical and psychoanalytic discussions crossed by this theme and this notion, we find in the works of these three artists consistent examples that allow us to describe certain matrices of interconnection between presence and absence, which we have named as horizon, trace and phantom. The discussion of these matrices takes place through a sense of the paradox as an epistemological operator, starting mainly from a dialogue with paradoxical conceptions of subjectivity and art developed by authors such as Donald Winnicott and Jacques Rancière. From the three main points of discussion indicated, different implications and aspects of the works of these artists are examined, which lead us to certain generalizable positions about the place of presence in performing arts, as well as about certain fundamental aspects of poetics in contemporary dance and some epistemological, aesthetic, political and historiographic implications brought by the paradoxical notion of presence-absence that we seek to develop.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-03-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.