• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Leonel Martins Carneiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Telesi, Silvia Fernandes da Silva (Presidente)
Carreira, André Luiz Antunes Netto
Mervant-Roux, Marie-Madeleine
Santos, Idelette Muzart Fonseca dos
Silva, Narciso Larangeira Telles da
Título em português
A experiência do espectador contemporâneo: memória, invenção e narrativa
Palavras-chave em português
Atenção
Emoção
Espectador
Experiência
Memória
Teatro
Resumo em português
Esta pesquisa consiste num estudo da experiência (DEWEY, 2010) de espectadores contemporâneos do teatro a partir da análise de suas narrativas sobre essa experiência. Tal experiência que é compreendida a partir de um tríplice mecanismo que envolve memória, atenção e emoção (MÜNSTERBERG, 2004), compreensão essa que atua como eixo teórico da tese e cujos conceitos são atualizados pelos conhecimentos mais recentes sobre o tema (XAVIER, 2013; HELENE & XAVIER 2007, 2006 e 2003; IZQUIERDO 2013). Dessa forma, demonstra-se como o processo da memória e da própria experiência atua de maneira dinâmica, num trabalho contínuo (BOSI, 2012). Apresenta-se um breve histórico da figura do espectador nas teorias teatrais do século XX e XXI o que deixa transparecer que a maior parte dos estudos, salvo raras exceções (como MERVANTROUX, 2006), se baseia sobre um espectador idealizado. Para comparar tal figura, em um segundo momento, com espectadores reais que estão nos teatros, parte-se primeiramente dos espectadores do Projeto Formação de Público. Em seguida abordam-se as memórias dos espectadores que tiveram como mesma vivência de base quatro espetáculos dirigidos por Antônio Araújo (Teatro da Vertigem - TV) e Romeo Castellucci (Socìetas Raffaello Sanzio - SRS). Para falar da experiência dos espectadores, no contexto brasileiro, são utilizados como vivências de base os espetáculos Bom Retiro 958 metros (TV) e Sobre o conceito da face no filho de Deus (SRS), cuja a análise da experiência dos espectadores parte de materiais diversos como artigos, críticas e entrevistas. Posteriormente, analisa-se experiências de espectadores em território europeu a partir das peças Dire ce qu'on ne pense pas dans des langues qu'on ne parle pas (TV) e Go down, Moses (SRS), nas quais acompanha-se o percurso da experiência do espectador, da criação até as ressonâncias verificadas alguns meses depois da peça ser assistida pelo espectador. Para isso, utiliza-se a técnica da entrevista aberta (BAUER & GASKELL, 2007), analisada qualitativamente tendo como base o método de análise de conteúdo (BARDIN, 2000). Como um dos desdobramentos das entrevistas surge a possibilidade de uma vida do teatro, vida esta que opera em simbiose com a vida do espectador.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Attention
Emotion
Experience
Memory
Spectator
Theater
Resumo em inglês
This dissertation examines the contemporary theatre spectator experience (DEWEY, 2010), based on the analysis of their narratives about that experience. This spectator experience is understood through a triple mechanism that involves memory, attention and emotion (MÜNSTERBERG, 2004). This understanding constructs the theoretical poles of the dissertation, which refer critically to the most recent studies on the topic (XAVIER, 2013; HELENE & XAVIER 2007, 2006 e 2003; IZQUIERDO 2013). In this way, I illustrate how the process of memory and experience acts in a dynamic way, working continuously (BOSI, 2012). First, I present a brief history of the figuration of the spectator in theatrical theories of the twentieth and twenty-first century, which reveals the centrality of the idea of the spectator in such theoretical thought (MERVANT-ROUX, 2006). Second, in order to compare this figuration with real spectators that one finds in actual theatre performances, I look at the case study of the Projeto Formação de Público. Next, I consider the memory of spectators with the same base experience across four performances directed by Antônio Araújo (Teatro da Vertigem - TV) and Romeo Castellucci (Socìetas Raffaello Sanzio - SRS). To talk about the spectators' experience in a Brazilian context, I look at base experiences of Bom Retiro 958 metros (TV) and On the Concept of the Face, Regarding the Son of God (SRS), analyzing the spectator's experiences from a variety of sources (articles, theater criticism, and interviews). Subsequently, I investigate the spectator's experience in Europe from the plays Dire ce qu'on ne pas dans des langues qu'on ne parle pas (TV) and Go down, Moses (SRS), in which I evaluate every step of the play, from its creation to its performances and impact -- which are verified some months after the initial moment of performance. To do this, the technique of the open interview is used (BAUER & GASKELL, 2007), and such an approach is analyzed qualitatively through the content analysis method (BARDIN, 2000). The interview, thus, becomes a possible trajectory of a theater's life, a life that operates in symbiosis with the life of the spectator.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-09-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.