• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2013.tde-19092013-102433
Documento
Autor
Nome completo
Sandro Assencio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Frederico, Celso (Presidente)
Maar, Wolfgang Leo
Baccega, Maria Aparecida
Cotrin, Livia Cristina de Aguiar
Paulino, Roseli Aparecida Figaro
Título em português
Comunicação e cultura: os pressupostos da "guinada linguístico-pragmática" da teoria do agir comunicativo de Jürgen Habermas
Palavras-chave em português
consenso
Guinada Linguística
Jürgen Habermas
Razão comunicativa
Teoria do agir comunicativo
Resumo em português
O objeto da presente pesquisa constitui-se na análise imanente dos pressupostos da "guinada linguístico-pragmática" de Jürgen Habermas verificada no interior de sua magnum opus - a Teoria do agir comunicativo, publicada em 1981. O objetivo a que nos propusemos alcançar é a elucidação do modo peculiar como Habermas absorve as aquisições teóricas da pragmática linguística (em especial J. L. Austin e J. R. Searle) visando a construção de sua teoria da comunicação, cujo ponto central é a postulação do consenso entre sujeitos capazes de linguagem e ação como o "fim último" ou télos do agir comunicativo. A hipótese teórica - ou de trabalho -, que acreditamos ter sido confirmada ao longo de nossa pesquisa, é a de que Habermas, mesmo sendo um árduo defensor da razão e do "projeto da modernidade", compartilha ponto comum com os pensadores do período que se convencionou designar pós-modernidade: o chamado "idealismo linguístico", isto é, apreensão dos atos comunicativos como entidades autônomas, porque separados das relações materiais e sociais dos homens.
Palavras-chave em inglês
Communicative reason
Consensus
Linguistic turn
Theory of the communicative action
Resumo em inglês
The object of this research is the immanent analysis of the Jürgen Habermas "linguistic-pragmatic turn" presuppositions, verified in his magnum opus - The Theory of Communicative Action, published in 1981. The goal we set ourselves to achieve is to elucidate the peculiar way as Habermas absorbs the theoretical acquisitions of linguistic pragmatics (especially J. L. Austin and J. R. Searle) for the construction of a theory of communication, whose focal point is the postulation of consensus between subjects capable of speech and action as the telos of communicative action. The theoretical hypothesis that we believe have been confirmed throughout our research is that Habermas, despite being a vehement defender of reason and the "Project of modernity", shares common ground with the thinkers of that period is conventionally designate postmodernity: the so-called "linguistic idealism", i. e. the seizure of communicative acts as autonomous entities, because separed of socials and materials relations of men
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
SANDROASSENCIO.pdf (852.36 Kbytes)
Data de Publicação
2013-09-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.