• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.27.2021.tde-08062022-104245
Documento
Autor
Nome completo
Michele Marques Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Soares, Ismar de Oliveira (Presidente)
Gobbi, Marcia Aparecida
Kossoy, Boris
Rimoli, Ariane Porto Costa
Título em português
Fotografia e práticas educomunicativas: Uma experiência na rede municipal de educação infantil de São Paulo
Palavras-chave em português
Educação Infantil
Educomunicação
Fotografia
Pesquisa-ação
Primeira Infância
Resumo em português
Esta pesquisa parte da investigação sobre a alta incidência do trabalho com fotografia nas práticas das professoras e professores da Educação Infantil da Rede Municipal de Educação de São Paulo. No caminho de investigar o fenômeno, foram realizadas duas pesquisas de campo, uma pesquisa de Levantamento Exploratório e uma pesquisa-ação em uma Escola Municipal de Educação Infantil de São Paulo, com a participação de um Centro de Educação Infantil. Durante o Levantamento Exploratório foi ouvido, mediante a aplicação de um questionário, um grupo de professores da Secretaria Municipal de Ensino, objetivando identificar os motivadores, os objetivos e os meios do trabalho com fotografia na educação infantil, na rede pública de ensino. A partir desse primeiro levantamento de dados identificouse o uso da fotografia para compor a documentação pedagógica, os portfólios das crianças, as avaliações, servindo, ainda, como recursos ilustrativos nas exposições na unidade educacional e nas atividades realizadas com as crianças. Não houve menções substanciais sobre a presença das crianças enquanto fotógrafas. Tais levantamentos apontaram para a pertinência de se pesquisar sobre a produção fotográfica no cotidiano das crianças, no espaço da educação infantil. Para tanto, empregamos a metodologia da pesquisa-ação, envolvendo a coletividade do corpo pedagógico de uma Escola Municipal de Educação Infantil de São Paulo. Tal metodologia mostrou-se em consonância com o conceito e os princípios da educomunicação, permitindo identificar que a fotografia, quando realizada pelas crianças do ensino infantil, a partir de suas próprias perspectivas, trazia revelações singulares, revelando mobilizações que amplificavam a comunicação no ecossistema educativo, provocando, até mesmo, reflexões dos gestores educacionais e professores, contribuindo para o encaminhamento de transformações pedagógicas e estruturais na unidade escolar. Observaram-se potencialidades da fotografia na educação infantil como meio de comunicação e exercício de observação, permitindo o entendimento de que o registro fotográfico e a perspectiva no campo visual e comunicativo, a partir da criança pequena, pode converter-se num caminho que contribui para uma efetiva participação infantil em seu próprio processo de aprendizagem. A pesquisa concluiu que o exercício da produção fotográfica por crianças, aliado aos aprofundamentos nos estudos sobre educação infantil, infâncias e comunicação veio: enriquecer o paradigma da Educomunicação; apontar uma forma de investigação sobre olhares e perspectivas das crianças pequenas sobre seus espaços de convivência; evidenciar as múltiplas competências das crianças pequenas enquanto comunicadoras, produtoras de cultura e arte e informantes ativas de seus cotidianos, por meio de múltiplas expressões comunicativas.
Título em inglês
Photography and educommunications practices: An experience in the municipal children's education network in São Paulo.
Palavras-chave em inglês
Action research
Child education
Early Childhood
Educommunication
Photography
Resumo em inglês
This research is based on the investigation of the high incidence of work with photography in the practices of early childhood teachers in the Municipal Education Network of São Paulo. On the way to investigate the phenomenon, two field researches were carried out, an Exploratory Survey research and a field-action research in a Municipal School of Child Education in São Paulo, with the participation of a Child Education Center. During the Exploratory Survey, a group of teachers from the Municipal Department of Education was heard, through the application of a questionnaire, in order to identify the motivators, objectives and means of working with photography in early childhood education, in the public school system. From this first data survey, the use of photography to compose the pedagogical documentation and the children's portfolios was identified, also serving as illustrative resources in the exhibitions in the educational unit. There were no substantial mentions of the children's presence as photographers. Such surveys pointed to the relevance of researching photographic production in children's daily lives, in the space of early childhood education. Therefore, we employ the methodology of action research, involving the collective of the pedagogical body of a Municipal School of Child Education. This methodology was shown to be in line with the concept and principles of educommunication, allowing us to identify that photography, when taken by children in elementary school, from their own perspectives, brought unique revelations, revealing mobilizations that amplified communication in the educational ecosystem , even provoking reflections from educational managers and teachers, contributing to the forwarding of structural changes in the school unit. It was observed the potential of photography in early childhood education as a mean of communication and exercise of observation, allowing the understanding that the photographic record and perspective in the visual and communicative field, starting from the young child, can become a path that can contribute for effective child participation in their own learning process. The research concluded that the exercise of photographic production by children, together with the deepening of studies on early childhood education, childhood and communication, came to: enrich the paradigm of Educommunication; point out a way of investigating the views and perspectives of young children about their living spaces; highlight the multiple competences of young children as communicators, producers of culture and art and active informers of their daily lives, through multiple communicative expressions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-06-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.