• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.27.2017.tde-30052017-115416
Documento
Autor
Nombre completo
Caio de Salvi Lazaneo
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2017
Director
Tribunal
Sant'Anna, Sérgio Bairon Blanco (Presidente)
Brandão, Aivone Carvalho
Correa, Victor Aquino Gomes
Gosciola, Vicente
Rosa, Almir Antonio
Título en portugués
Produção partilhada e reticularidade fílmica
Palabras clave en portugués
Hipermídia
Montagem
Produção Partilhada do Conhecimento
Reticularidade Fílmica
Resumen en portugués
Esta tese apesenta um estudo focado em dois eixos principais: No primeiro, denominado "Reticularidade Fílmica", enfatizamos relações entre as novas medias (MANOVICH, 2001), o documentário digital interativo (GAUDENZI, 2013), a noção de criação de banco de dados fílmicos em Vertov (BAIRON, 2008, MANOVICH, 2001) e a concepção de cinematismo em Eisenstein (BORDWELL 2005, MANOVICH, 2001). Compreendemos a "Reticularidade Fílmica" enquanto um processo de produção e montagem audiovisual em que a aleatoriedade dos acontecimentos em uma ambiência hipermidiática, pode colaborar na construção da compreensão de algo, sobretudo no interior fílmico interativo. O segundo eixo compreende o que temos denominado "Produção Partilhada do Conhecimento" (LAZANEO, 2012), onde propomos uma aproximação possível com outros aportes teórico-metodológicos em iniciativas como a Antropologia Partilhada de Jean Rouch (RIBEIRO, 2007; ROUCH, 1995; SZTUTMAN, 2004), a Pedagogia Griô (PACHECO, 2015), a Pesquisa-ação (THIOLLENT, 2011), bem como a noção de dupla ruptura epistemológica" (SANTOS, 2002). A Produção Partilhada envolve processos de produção do conhecimento a partir da inter-relação entre comunidade e universidade. Aqui tratamos especificamente do trabalho desenvolvido junto ao realizador Juanahú Iny, na aldeia Hawalo, da etnia Iny (karajá), localizada no município de Lagoa da Confusão - TO. Durante o trabalho de campo nesta comunidade foram realizados produtos audiovisuais com vistas a construção de ambiências reticulares, descritos nos "Diários de "Partilha". Pretende-se, deste modo, propor um subsídio dialógico que compreende a Produção Partilhada como um pressuposto teórico-metodológico à Reticularidade Fílmica na lide com comunidades de tradição oral para as quais o texto científico, na matriz verbal, representa um barreira epistêmica. Assim, defendemos o desenvolvimento de ambientes em Reticularidade Fílmica com base na Produção Partilhada, como uma dimensão apropriada a criação de novas epistemologias em Hipermídia.
Título en inglés
-
Palabras clave en inglés
-
Resumen en inglés
This thesis presents a study focused on two main axes: In the first, called "Filmic Reticularity," we emphasize relations between the new media (MANOVICH, 2001), the digital interactive documentary (GAUDENZI, 2013), the Vertov's notion of database creation (BAIRON, 2008, MANOVICH, 2001), and the conception of cinematism in Eisenstein (BORDWELL 2005, MANOVICH, 2001). We understand "Filmic Reticularity" as a process of audiovisual production and montage in which the randomness of events in a hypermiditic environment can collaborate in the construction of the understanding of something, especially in the interactive filmic interior. The second axis comprises what we have called "Shared Production of Knowledge" (LAZANEO, 2012), where we propose a possible approximation with other theoretical-methodological contributions in initiatives such as Jean Rouch's "Shared Anthropology" (RIBEIRO, 2007; ROUCH, 1995; SZTUTMAN, 2004), "Griô Pedagogy" "(PACHECO, 2015), "Action Research" (THIOLLENT, 2011), as well as the notion of "double epistemological rupture" (SANTOS, 2002). Shared Production involves processes of knowledge production based on the interrelation between community and university. Here we cover the work developed with the director Juanahú Iny, in the Hawalo village, of the Iny ethnic group (karajá), located in the municipality of Lagoa da Confusão - TO. During the field work in this community, audiovisual products were created objectfying the construction of reticular ambiences, described in the "Diaries of Sharing." We intend, in this way, to propose a dialogical subsidy that includes the Shared Production as a theoretical-methodological assumption to the Filmic Reticularity in the dealing with communities of oral tradition for which the scientific text, in the verbal matrix, represents an epistemic barrier. Thus, we defend the development of environments in Filmic Reticularity based on Shared Production, as an appropriate dimension to the creation new epistemologies in Hypermedia.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
CAIODESALVILAZANEO.pdf (13.52 Mbytes)
Fecha de Publicación
2017-06-01
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.