• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2014.tde-10112014-140410
Documento
Autor
Nome completo
Cicélia Pincer Batista
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Medina, Cremilda Celeste de Araujo (Presidente)
Kunsch, Dimas Antonio
Citelli, Adilson Odair
Guimarães, Luciano
Xavier, Juarez Tadeu de Paula
Título em português
Um cipoal de sentidos: comunicação, experiência e as possibilidades da assinatura coletiva na narrativa jornalística
Palavras-chave em português
Assinatura coletiva
Comunicação
Experiência
Narrativa jornalística
Resumo em português
No momento mesmo em que se vive o potencial alargamento das possibilidades de se dizer sobre o mundo, através das fluidas, abertas e multifacetadas tecnologias digitais da informação e da comunicação, tem-se tornado mais fortes e mais frequentes os discursos que afirmam o jornalismo como condição de degradação da experiência e agente da incomunicação. Neste contexto, é que esta tese se pergunta sobre as possibilidades de a narrativa jornalística se constituir como abertura dos horizontes compreensivos da experiência e da comunicação no mundo hodierno e não apenas como seu encarceramento numa interpretação única e muitas vezes autoritária dos acontecimentos. Assim, seu percurso teórico-metodológico procura se assentar numa transversalidade que inclui o diálogo entre a tematização e compreensão da linguagem e da narrativa como abertura, em Hans Georg Gadamer, Walter Benjamin e Wolfgang Iser, e a ideia da criação de uma assinatura coletiva para o jornalismo, em Cremilda Medina. Procurase construir, neste diálogo, uma 'linguagem de serviço' ancorada pela "mostração mais do que pela demonstração" e que permita pensar e explorar os limites e as possibilidades da narrativa jornalística como o que pode "dizer de novo o mundo, de modo a chegar ao aparecer do ainda não-percebido" (Heidegger).
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Collective signature
Communication
Experience
Journalistic narrative
Resumo em inglês
In the very moment when we see the potential enlargement of the possibilities of speaking about the world, through the fluid, open and multifaceted digital technologies of information and communication, discourses that deem journalism a condition for the debasement of experience and a factor of incommunication have grown stronger and more frequent. It is in this context that this PhD dissertation examines the possibilities of journalistic narrative to turn itself into an opening of the comprehensive horizons of experience and communication in the contemporary world, instead of its imprisonment in a single, often authoritarian interpretation of events. Thus, its theoretical and methodological course attempts to set up transversely including a dialogue between the thematization and the understanding of language and narrative as openness, as in Hans Georg Gadamer, Walter Benjamin and Wolfgang Iser, and the idea of the creation of a collective signature for journalism, in Cremilda Medina. In such a dialogue, it tries to build a 'language of service' that anchors itself "more at presentation than at demonstration" and that allows thinking and exploring the limits and the possibilities of journalistic narrative as what may "speak again the world, in order to bring into sight what has not yet been perceived" (Heidegger).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-11-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.