• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2013.tde-22112013-112342
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Mendonça da Silva
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2013
Orientador
Banca examinadora
Francisconi, Paulo Afonso Silveira (Presidente)
D'Alpino, Nádia da Rocha Svizero
Soares, Simone
Veronezi, Maria Cecilia
Wang, Linda
Título em português
Influência da solução de clorexidina a 2% na resistência adesiva de pinos de fibra de vidro em raízes bovinas: acompanhamento imediato, 6 meses e 1 ano
Palavras-chave em português
Adesivos dentinários
Clorexidina
Técnica para retentor intrarradicular
Resumo em português
Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência da solução de clorexidina a 2% na resistência adesiva de pinos de fibra de vidro cimentados com cimento resinoso convencional utilizando três diferentes sistemas adesivos (2 convencionais e 1 autocondicionante), no período de 7 dias, 6 meses e 1 ano. Foram selecionadas 180 raízes bovinas, que foram tratadas endodonticamente e divididas em 6 grupos (n=30): MP, sistema adesivo (SA) convencional de 3 passos (ScotchBond Multi Uso); SB, SA convencional de 2 passos (Single Bond); SE, SA autocondicionante de 2 passos (Clearfil SE Bond); MP-CHX, SB-CHX e SE-CHX, com aplicação da clorexidina (CHX). Em todos os grupos, o pino de fibra de vidro Exacto foi cimentado com cimento resinoso dual RelyX ARC. Cada grupo foi dividido em 3, de acordo com o período experimental, 7 dias, 6 meses e 1 ano (n=10). Após a obtenção de fatias com 1mm de espessura, os espécimes foram submetidos ao teste de push-out (100kg, 0,5mm/min). Os tipos de falhas foram analisados em microscópio ótico de luz (40x) e classificados em: adesiva cimento/dentina; adesiva cimento/pino; coesiva em dentina ou cimento, e mista. Os valores, convertidos em MPa, foram analisados pelo teste ANOVA a 4 critérios e teste de Tukey para comparação das médias, com nível de significância de 5%. Não houve diferença estatística com o uso da CHX para os SAs convencionais testados, nos períodos de 7 dias, 6 meses e 1 ano (p>0,05). Dentre os SA, o MP foi o que se manteve constante com ou sem CHX (p>0,05). Houve diminuição de resistência adesiva no terço cervical, em 1 ano, e no terço apical em 7 dias do SE-CHX (p<0,05). Pode-se concluir que o uso da CHX pareceu não interferir na resistência adesiva dos SAs testados, exceto para o SA autocondicionante, em 7 dias e 1 ano.
Título em inglês
2% chlorhexidine influence on fiber posts bond strength to bovine roots: immediate, 6-month and 1-year-aging
Palavras-chave em inglês
Chlorhexidine
Dentin-bonding agents
Post and core technique
Resumo em inglês
The aim of this work was to evaluate the 2% chlorhexidine influence on fiber posts bond strength luted with a resin cement, with three different dentin bonding systems (2 etch-and-rinse and 1 self-etching), with 7-day, 6-month and one-year-aging. One hundred and eighty bovine roots were endodontically treated and randomly assigned to 6 groups (n=30): MP, three-step etch-and-rinse dentin bonding system (DBS) (ScotchBond Multi Uso); SB, two-step etch-and-rinse DBS (Single Bond); SE, twostep self-etching DBS (Clearfil SE Bond); MP-CHX, SB-CHX and SE-CHX, with chlorhexidine (CHX) application. Exacto fiber posts were luted with dual cure resin cement RelyX ARC in all groups. Each group was divided in three, according to aging (n=10). After obtainning 1mm-thick slices, push-out test was carried out (100kg, 0,5mm/min). Failure modes were assessed under light microscopy (40x) and classified in: adhesive to dentin; adhesive to post; cohesive in dentin or cement, and mixed failure. Values were converted to MPa and analyzed by 4-way ANOVA and Tukeys test for multiple comparisons, at 5% significance level. There was no difference with the use of CHX for tested etch-and-rinse DBSs, after 7-day, 6-month and one-year-aging (p>0,05). Among DBSs, MP presented constant values (p>0,05). SE-CHX presented significant lower bond strength values on the cervical third, at one year, and apical third at 7 days (p<0,05). It can be concluded that CHX use seemed not to interfere bond strength values of all materials tested, except for the self-etch DBS, after 7 days and one year-aging.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-11-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.