• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.25.2021.tde-17112021-102350
Documento
Autor
Nome completo
Laís Santos Albergaria
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2021
Orientador
Banca examinadora
Velo, Marilia Mattar de Amoêdo Campos (Presidente)
Mendonça, Juliano Sartori
Oliveira, Milene de
Wang, Linda
Título em inglês
Effect of nanofibers as reinforcement on resin-based dental materials: an in vitro systematic review
Palavras-chave em inglês
Dental materials
Nanofibers
Resin composite
Resumo em inglês
This systematic review (PROSPERO CRD42020190191) evaluated the effect of nanofibers as reinforcement on resin-based dental materials. In vitro studies that evaluated and compared the mechanical properties of nanofibers resin-based composite materials, including basic chemical groups of methacrylates were eligible. A bibliographic search was conducted in MEDLINE-PubMed, Embase, Web of Science, Scopus, BVS (LILACS, BBO e IBECS), Cochrane, LIVIVO and grey literature (BDTD) published up to 2020. No publication year or language restriction was applied and methodological quality was assessed using two methods. The first one was assessed by samples obtained through a standardized process, single operator of the machine, sample size calculation, blinding and standard specification and, the second by background and objectives, intervention, outcomes, sample size, randomization, allocation concealment mechanism, implementation, blinding, statistical methods, outcomes and estimation, limitations, funding and outcomes. In a total of 5524 potentially eligible studies, 66 were selected for full-text analysis and 29 were included for qualitative analysis. High-heterogeneity was observed among the included studies and a quantitative statistical meta-analysis was not conducted. The results were separated by each mechanical test performed and the included studies that showed an improvement in the results were, modulus of elasticity (22/23), work of fracture (11/11), flexural strength (26/26), compressive strength (3/3), depth of cure (4/5), tensile strength (4/6), fracture toughness (6/6), microhardness (4/4), volumetric shrinkage (7/7), polymerization shrinkage stress (2/2), wear resistance (1/1), energy at break (1/1) and shear modulus (1/1), while a worsening in the results was observed only in the degree conversion (4/6) . Overall, laboratory studies demonstrated that the incorporation of nanofibers on resin-based dental materials improved the mechanical properties compared to resin-based dental materials without nanofibers, suggesting better performance of resin-based composites with nanofibers in high stress bearing application areas. However, more studies with high-evidence is still necessary to prove the effectiveness of these materials.
Título em português
Efeito da incorporação de nanofibras como reforço dos materiais resinosos: uma revisão sistemática in vitro
Palavras-chave em português
Materiais odontológicos
Nanofibras
Resina composta
Resumo em português
Esta revisão sistemática (PROSPERO CRD42020190191) avaliou o efeito de nanofibras como reforço em materiais odontológicos à base de resina. Estudos in vitro que avaliaram e compararam as propriedades mecânicas de materiais odontológicos resinosos a base de nanofibras, incluindo grupos químicos básicos de metacrilatos foram elegíveis. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica no MEDLINE-PubMed, Embase, Web of Science, Scopus, BVS (LILACS, BBO e IBECS), Cochrane, LIVIVO e literatura cinza (BDTD) publicada até 2020. Nenhum ano de publicação ou restrição de idioma foi aplicado e a qualidade metodológica foi avaliada por meio de dois métodos. O primeiro verificou amostras obtidas através de um processo padronizado, único operador do equipamento, cálculo do tamanho da amostra, cegamento e especificação padrão e, o segundo avaliou histórico e objetivos, intervenção, resultados, tamanho da amostra, randomização, mecanismo de ocultação de alocação, implementação, cegamento, métodos estatísticos, resultados e estimativa, limitações, financiamento e resultados. Em um total de 5.524 estudos potencialmente elegíveis, 66 foram selecionados para análise de texto completo e 29 foram incluídos para análise qualitativa. Alta heterogeneidade foi observada entre os estudos incluídos e uma meta-análise estatística quantitativa não foi conduzida. Os resultados foram separados por cada teste mecânico realizado e os estudos incluídos que apresentaram uma melhora nos resultados foram, módulo de elasticidade (22/23), padrão à fratura (11/11), resistência à flexão (26/26), resistência à compressão (3/3), profundidade de cura (4/5), resistência à tração (4/6), tenacidade à fratura (6/6), microdureza (4/4), contração volumétrica (7/7), estresse de contração de polimerização (2/2), resistência ao desgaste (1/1), energy at break (1/1) e módulo de elasticidade de cisalhamento (1/1), enquanto que uma piora nos resultados foi observado apenas no grau de conversão (4/6). No geral, os estudos laboratoriais demonstraram que a incorporação de nanofibras em materiais odontológicos à base de resina melhorou as propriedades mecânicas em comparação com materiais dentários à base de resina sem nanofibras, sugerindo melhor desempenho de compósitos à base de resina com nanofibras em áreas de aplicação de alta tensão. Porém, mais estudos com altas evidências ainda são necessários para comprovar a eficácia desses materiais.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2023-11-17
Data de Publicação
2021-11-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.