• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.25.2019.tde-05102021-084636
Documento
Autor
Nome completo
Ligia Maria Lima Andreatta Ferreira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2019
Orientador
Banca examinadora
Mondelli, Rafael Francisco Lia (Presidente)
Bonjardim, Leonardo Rigoldi
Delafiori, Ana Carolina Trentino
Júnior, Marco Antonio Horn
Título em inglês
In vitro evaluation of intra pulp chamber heating and degree of conversion of a cementation system added with TiO2 nanotubes
Palavras-chave em inglês
Degree of conversion
Light curing units
Nanotubes
Resin cements
Temperature
Resumo em inglês
The achievement of aesthetic and long lasting ceramic adhesive restorations in teeth has always been a major objective of studies in the context of materials and techniques development. The use of resin cements could provide better outcomes, however, studies have shown that factors such as: restoration thickness color, dental structure thickness, curing light, polymerization time and energy density could influence the amount of light that reaches the resin cement layer, which may interfere in the heating of the intra pulp chamber, and in the polymerization reaction. So it is important to assess these properties, responsible for their biological results and clinical behavior. The purpose of the present study was to evaluate the temperature variations inside the pulp chamber, color stability and degree of conversion of resin cement through different curing protocols. For intra pulp chamber temperature measures, Teflon molds were milled with different depths to settle disks of bovine dentin and ceramic disks (0.5, 1.0 and 1.5 mm both), standardize of the cementation line in 100 micrometers, positioning the tip of the light curing unit (LCU) and the tip thermocouple sensor. Study design determined groups according to thickness of bovine dentin (B 0.5; B 1.0 and B1.5 mm), ceramic disk (C 0.5, C 1.0 and C 1.5 mm), and to additivation of 0.3wt% dioxide titanium nanotubes - ntTiO2 (NT) to the Relyx Ultimate (3M ESPE) (U). The temperature in the pulp chamber was measured every 10 s during 40 s of light activation with Valo (Ultradent) pre-programmed with 1000mW/cm2 irradiance. All data was evaluated regarding their homogeneity using Shapiro-Wilk test. A Variance Analysis (ANOVA) with repeated measures was conduced, followed by Sidak test (p 5%). For intra pulp chamber measures (oC), higher temperature means were observed in the group NT light cured through C 0.5+ B 0.5 mm (5.66±0.16). Lower temperature means were shown in the group U light cured through 1.5mm C 0.5 + B 0.5 mm (0.88±0.18). All groups showed intra pulp chamber temperature increasing during light activation with significant differences. Regardless materials thickness, the resin cement reinforced with ntTiO2 provided higher heating means than the group commercially available. For color stability (E), groups were determined according to the ntTiO2 additive in the resin cement (U and NT), kind of curing process (40 s of light activation or 6 min of chemical curing), ceramic thickness (C 0.5, C 1.0 and C 1.5 mm), and time of storage (24h and 8 days) (n=10). Data were obtained by Vita Easyshade (VITA) after the curing process, 24h and 8 days after dry dark storage and were submitted to a 3-way ANOVA, followed by Tukeys (p 5%). NT groups light cured through C 0.5 mm storage for 8 days, presented lower E mean values (1.47±0.88) when compared to your respective group U light cured through C 0.5mm storage for 8 days (3.07±1.07). Higher E mean values were observed in the group U chemically cured, after 24 hours of storage (11.11+2.4), followed by group U light cured though C 1.5mm (6.24+1.89). For degree of conversion, a Differential Scanning Calorimetriy (DSC) was conduced to obtain the enthalpy graphs. The enthalpies were evaluated according to the ntTiO2 additive in the resin cement (U and NT), kind of curing process (40 s of light activation or 6 min of chemical curing) and ceramic thickness (C 0.5, C 1.0 and C 1.5 mm) in triplicate method. Enthalpies (J/mg) were collected during the curing process. Data were submitted to a 2-way ANOVA for DSC, followed by Tukeys (p 5%). Higher enthalpies mean values were observed in the group U light cured trough C 0.5 mm (123.67+13) followed U light cured though C 1.0 mm (119.17+6.0). For NT groups, those light cured trough C 0.5 mm (89.76+10.1) remained close to the group U light cured trough C 1.5 mm (82.23+15.2). In conclusion, the LCU irradiation time, ceramic/dentin thickness and ntTiO2 interfered in the temperature variation inside the pulp chamber. Besides that, 0.3wt% ntTiO2 additive into resin cement increased color stability, and interfered negatively in enthalpy values related to degree of conversion.
Título em português
Avaliação in vitro do aumento de temperatura intra câmara pulpar e grau de conversão de um sistema de cimentação aditivado com nanotubos de TiO2
Palavras-chave em português
Cimento resinoso
Fontes de luz
Grau de conversão
Nanotubos
Temperatura
Resumo em português
A obtenção de restaurações adesivas cerâmicas estéticas e duradouras nos dentes sempre foi um dos principais objetivos dos estudos no contexto do desenvolvimento de materiais e técnicas. O uso de cimentos resinosos pode proporcionar melhores resultados, entretanto, estudos demonstraram que fatores fonte de luz, tempo de polimerização e densidade de energia podem influenciar a quantidade de luz que chega à linha de cimentação interferindo no aquecimento intra câmara pulpar e na reação de polimerização. Por isso, é importante avaliar tais propriedades, no quesito de seus resultados biológicos e comportamento clínico. O objetivo do presente estudo foi avaliar as variações de temperatura no interior da câmara pulpar, grau de conversão (por meio da aferição da estabilidade de cor e entalpia) de um cimento resinoso por meio de diferentes protocolos de polimerização. Para as medidas de temperatura intra-câmara pulpar, foram desenvolvidos moldes de Teflon com para adaptar discos de cerâmica e dentina bovina com diferentes espessuras (0,5; 1,0 e 1,5 mm), ademais as matrizes foram utilizadas para padronização da linha de cimentação em 100 micrômetros, posicionamento do fotopolimerizador (LCU) e o sensor de termopar. O desenho do estudo determinou os grupos de acordo com a espessura da dentina bovina (B 0,5, B 1,0 e B1,5 mm), disco cerâmico (C 0,5, C 1,0 e C 1,5 mm) e aditivação de nanotubos de dióxido de titânio 0,3wt% - ntTiO2 (NT) ao cimento Relyx Ultimate (3M ESPE) (U). A temperatura na câmara pulpar foi aferida a cada 10 segundos, durante 40 segundos de ativação da luz com Valo (Ultradent) pré-programado com irradiância de 1000 mW/cm2. Todos os dados foram avaliados quanto à sua homogeneidade pelo teste de Shapiro-Wilk. Foi realizada uma análise de variância (ANOVA) com medidas repetidas, seguida do teste de Sidak (p 5%). Para as medidas de temperatura intra câmara pulpar, maiores médias de temperatura (oC) foram observadas no grupo NT fotoativado através de C 0,5+B 0,5 mm (5,66 ± 0,16). As menores médias de temperatura foram apresentadas no grupo U fotoativado através de C 1,5 mm+B 1,5 mm (0,88 ± 0,18). Todos os grupos apresentaram aumento da temperatura da câmara pulpar durante a ativação da luz, com diferenças significativas. Independentemente da espessura dos materiais, o cimento resinoso reforçado com ntTiO2 proporcionou maior aquecimento do que o grupo comercialmente disponível. Para determinação do grau de conversão, a os grupos foram avaliados por meio da estabilidade de cor (E) e entalpias (J/mg). Os grupos utilizados para avaliação do E, foram determinados de acordo com o aditivo ntTiO2 no cimento resinoso (U e NT), tipo de polimerização (40 s de fotoativação e 6 min de cura química), espessura cerâmica (C 0,5; C 1,0 e C 1,5 mm) e tempo de armazenamento (24h e 8 dias) (n = 10). Os dados foram obtidos pelo Easyshade (VITA) após o processo de cura, 24h e 8 dias após o armazenamento à seco e sem luz, e foram submetidos a ANOVA de três fatores, seguida de teste de Tukey (p 5%). Grupos NT fotoativados por C 0,5 mm e armazenados por 8 dias, apresentaram menores valores médios de E (1,47± 0,88) quando comparados ao seu respectivo grupo U fotopolimerizado por C 0,5 mm e armazenamento por 8 dias (3,07±1,07). Maiores valores médios de E foram observados no grupo U quimicamente polimerizado após 24 horas de armazenamento (11,11+2,4), seguido pelo grupo U fotoativado através de C 1,5 mm (6,24+1,89). Para Calorimetria de Varredura Diferencial (DSC), as entalpias foram avaliadas quanto ao aditivo ntTiO2 no cimento resinoso (U e NT), tipo de polimerização (40 s de fotoativação ou 6 min de cura química) e espessura cerâmica (C 0,5, C 1,0 e C 1,5 mm), em triplicata. As entalpias (J/mg) foram coletadas durante o processo de polimerização. Os dados foram submetidos a ANOVA a dois fatores para DSC seguidos pelo teste de Tukey (p 5%). Maiores valores médios das entalpias foram observados no grupo U fotoativado através de C 0,5 mm (123,67+13) seguido do grupo U fotoativado através C 1,0 mm (119,17+6,0). O grupo fotoativado através de C 0,5 mm (89,76+10,1) permaneceu próximo ao grupo U fotoativado através de C 1,5 mm (82,23 + 15,2). Desta forma foi possível concluir que o tempo de irradiação da LCU, a espessura da cerâmica/dentina e ntTiO2 interferiram na variação de temperatura no interior da câmara pulpar. Além disso, o aditivo de 0,3wt% ntTiO2 em cimento resinoso aumentou a estabilidade de cor e interferiu negativamente nos valores de entalpia relacionados ao grau de conversão.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-10-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.