• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.25.2020.tde-05102021-143942
Documento
Autor
Nome completo
Patrick Henry Machado Alves
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2020
Orientador
Banca examinadora
Almeida, Ana Lúcia Pompéia Fraga de (Presidente)
Ayub, Eduardo Antonio
Pegoraro, Luiz Fernando
Resende, Daniel Romeu Benchimol de
Título em português
Avaliação da remodelação óssea marginal peri-implantar e correlação com a espessura gengival mensurada por tomografia computadorizada em implantes submetidos a carga imediata
Palavras-chave em português
Gengiva
Implantes dentais
Perda óssea
Resumo em português
O objetivo deste estudo clínico foi avaliar a remodelação óssea peri-implantar em implantes com conexão cônica interna submetidos a carga imediata com coroas em contato oclusal em máxima intercuspidação em região posterior e unitários e a correlação desta remodelação com a espessura dos tecidos gengivais. Vinte e nove pacientes com perdas dentárias unitárias posteriores foram selecionados para receber implantes de conexão cônica interna com carga imediata e contados oclusais em máxima intercuspidação e coroas finais. Todos os pacientes tiveram a espessura gengival medida durante o planejamento através de uma tomografia computadorizada de feixe cônico com afastamento dos lábios e bochechas. Os pacientes foram divididos em dois grupos, e o Grupo 1 recebeu coroas metalocerâmicas e o Grupo 2 recebeu coroas de uma cerâmica híbrida. Todos os implantes tiveram um torque de instalação mínimo de 32N/cm durante a cirurgia e receberam as coroas finais 4 dias após o procedimento cirúrgico. Foi avaliada a remodelação óssea peri-implantar em 9 dias (T1), 6 meses (T2) e 1 ano (T3) através de radiografias periapicais padronizadas. A média da espessura gengival e da remodelação óssea marginal peri-implantar para o Grupo 1 foi de 1,74 mm e 1,31 mm respectivamente enquanto para o Grupo 2 as médias foram de 2,23 mm e 0,68mm. O coeficiente de correlação de Pearson mostrou uma correlação moderada entre a remodelação óssea peri-implantar e a espessura gengival para o Grupo 1 (r = - 495) e uma correlação forte para o Grupo 2 (r = - 681). Dentro das limitações do estudo os resultados sugerem que a utilização de carga imediata e implantes de conexão cônica interna não foram capazes de evitar a remodelação óssea marginal peri-implantar e a espessura gengival parece ser um importante fator neste processo.
Título em inglês
Evaluation of marginal peri-implant bone remodeling and correlation with gingival thickness measured by computed tomography in implants with immediate loading
Palavras-chave em inglês
Crestal bone loss
Dental implants
Gingiva
Resumo em inglês
The objectives of this clinical study were to evaluate the peri-implant bones remodeling in implants with internal conical connection under immediate loading, with crowns in occlusal contact at maximum intercuspation in the posterior region and units, and to evaluate the correlation of the bones remodeling with the gingival tissues thickness. Twenty-nine patients with posterior unitary dental absence were selected to receive implants with internal conical connection under immediate loading and occlusal counting at maximum intercuspation and final crowns. All patients gingival thickness were measured during planning using computed cone beam tomography, with separation of the lips and cheeks. Patients were divided into two groups: Group 1 received metal-ceramic crowns, and Group 2 received hybrid ceramic crowns. All implants had a minimum installation torque of 32N / cm and received final crowns 4 days after the surgical procedure. The peri-implant bone remodeling in 9 days (T1), 6 months (T2) and 1 year (T3) were assessed using standardized periapical radiographs. The average gingival thickness and marginal peri-implant bone remodeling for Group 1 was 1.74 mm and 1.31 mm, respectively, while for Group 2 the averages were 2.23 mm and 0.68 mm. While pearson's correlation coefficient showed a moderate correlation between peri-implant bone remodeling and gingival thickness for Group 1 (r = -495), it showed a strong correlation for Group 2 (r = -681). Under the scope of this study, the results suggested that the use of conical connection implants under immediate loading were not able to prevent peri-implant marginal bone remodeling, and gingival thickness seems to be an important factor in this process
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-10-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.