• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.25.2016.tde-09122021-110010
Documento
Autor
Nome completo
Lucas Marzullo Mendes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2016
Orientador
Banca examinadora
Janson, Guilherme dos Reis Pereira (Presidente)
Abrao, Jorge
Furquim, Laurindo Zanco
Pinzan, Arnaldo
Título em inglês
Maxillary incisors initial position and soft-tissue changes in Class II malocclusion extraction protocols
Palavras-chave em inglês
Andrews Element II
Class II malocclusion
Non-extraction
Normal occlusion
Premolar extraction
Six Elements
Soft-tissue
Systematic review
Resumo em inglês
Introduction: Differences in long-term and posttreatment attractiveness between Class II treatment protocols motivated these studies. Element II demonstrated that well-balanced faces have maxillary incisors positioned in an individually calculated anteroposterior relationship with the forehead. Thus, it was used to investigate the initial characteristics of the patients. Moreover, to evaluate the soft-tissue changes with extraction protocols, a systematic review was performed searching PubMed, Web of Science, Embase, Scopus and Cochrane electronic databases. Results: The CII group had forward incisors AP position when compared to the NO group. Also, the incisors AP positions in the extraction subgroups were forward when compared to the NE subgroup. Statistically significant soft-tissue changes reported included nasolabial angle (NLA) increasing from 2.4 to 5.40 degrees in the 2-premolar extraction protocol and from 1 to 6.84 degrees in the 4-premolar extraction protocol. Retrusion of the upper and lower lips were also verified, with less retraction of the lower lip in the 2-premolar extraction group. Conclusions: Class II subjects presented the maxillary incisors significantly more protruded than normal occlusion subjects. Class II division 1 extraction subgroups demonstrated significantly more protruded incisors as compared to the non-extraction subgroup. When Class II division 1 malocclusion is treated with premolar extractions, the NLA increases and the lips are retracted. However, there is less retraction of the lower lip in the 2- maxillary premolar extraction protocol.
Título em português
Posição inicial dos incisivos superiores e alterações no perfil facial nos protocolos de extração da má oclusão de Classe II
Palavras-chave em português
Elemento II de Andrews
Extração de pré-molares
Maloclusão de Classe II
Oclusão normal
Revisão sistemática
Seis Elementos
Sem extração
Tecidos mole
Resumo em português
Introdução: Diferenças da atratividade encontradas entre os protocolos de tratamento Classe II em longo prazo e no pós-tratamento incitou estes estudos. O Elemento II demonstrou que os rostos bem equilibrados tem incisivos superiores posicionados em um relacionamento anteroposterior individualmente calculado com a testa. Deste modo, o Elemento II foi utilizado para investigar as características iniciais dos pacientes. Além disso, para avaliar as mudanças que os protocolos de extrações resultam nos tecidos moles, uma revisão sistemática foi realizada com busca nas bases de dados PubMed, Web of Science, Embase, Scopus e Cochrane. Resultados: O grupo CII teve posição AP dos incisivos superiores mais anteriores quando comparado ao grupo NO. Além disso, as posições AP dos incisivos nos subgrupos de extração foram à frente, quando comparado com o subgrupo NE. Alterações dos tecidos moles estatisticamente significantes foram ângulo nasolabial (NLA) que aumentou de 2,4º a 5,40º no protocolo de extração de 2 pré-molares e de 1º a 6,84º no protocolo de extração de 4 pré-molares. Retrusão dos lábios superior e inferior também foram verificadas, com menor retração do lábio inferior nos grupos de extração de dois pré-molares. Conclusões: Indivíduos com Classe II apresentaram os incisivos superiores significativamente mais protruídos que os indivíduos com oclusão normal. Na Classe II divisão 1, o subgrupo tratado com extrações apresentaram os incisivos significativamente mais protruídos em comparação com o subgrupo sem extrações. Quando Classe II divisão 1 é tratada com extrações de pré-molares, há aumento do NLA e os lábios são retraídos. No entanto, há menor retração do lábio inferior no protocolo de extração de 2 prémolares superiores.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-12-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.