• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2016.tde-07112016-104154
Documento
Autor
Nome completo
Diego Coelho Lorenzoni
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2016
Orientador
Banca examinadora
Henriques, Jose Fernando Castanha (Presidente)
Almeida, Marcio Rodrigues de
Carreira, Daniela Gamba Garib
Siécola, Melina Evangelista Whitaker
Título em português
Alterações produzidas na fala por contenções superiores ortodônticas - ensaio clínico randomizado prospectivo
Palavras-chave em português
Desenho de aparelho ortodôntico
Fala
Ortodontia corretiva
Recidiva
Transtorno fonológico
Resumo em português
Objetivo: Avaliar e comparar a influência das diferentes contenções ortodônticas superiores na fala e as percepções dos voluntários às diferentes condições provocadas pela sua utilização. Correlacionar as percepções entre si e com as dimensões do arco superior. Material e Métodos: Selecionou-se 21 (n) voluntários para utilizar 4 tipos de contenções removíveis superiores (Placa wrap-around convencional, em U e com orifício anterior e contenção termoplástica transparente-CTT) por 21 dias cada, com intervalos de 7 dias sem utilização entre elas. Durante a pesquisa, alguns voluntários desistiram ou não compareceram às avaliações, sendo excluídos. As percepções dos pacientes aos aparelhos foram avaliadas com a Escala Visual Analógica de 100 mm (n final=19), e correlacionou-se estas entre si. A avaliação da fala (n final=18) foi realizada em gravações de trechos vocais realizadas antes e imediatamente após a instalação das 4 contenções, assim como após 21 dias de uso destas. Para isto empregou-se a Análise Perceptiva Auditiva da fala e a Análise Acústica da frequência dos formantes F1 e F2 das vogais. Aplicou-se a ANOVA para dados repetidos e teste de Friedman com post hoc de Tukey, além das Correlações de Pearson e de Spearman para as avaliações. O nível de significância estatística estabelecido foi de 5%. Resultados: Os variados desenhos das contenções wrap-around não diferiram de forma significante em nenhuma das percepções e a CTT recebeu notas estatisticamente piores em todos os quesitos, com exceção da estética onde não diferiu estatisticamente das demais. Correlações positivas importantes foram encontradas entre alterações na fala e desconforto em todos os aparelhos. A interferência oclusal na CTT correlacionou-se muito positivamente a outras percepções, como alterações na fala e desconforto. Na avaliação perceptivo-auditiva, as alterações na fala aumentaram significantemente no momento imediato após a instalação do wrap-around com orifício e da CTT, e continuaram significantemente elevadas após 3 semanas. A frequência dos formantes das vogais foi prejudicada no momento inicial da instalação e as Alterações mantiveram-se presentes no wrap-around convencional, em U e na CTT após 3 semanas. Conclusões: A CTT prejudicou mais a fala que os wrap-around. Entre estes, os wrap-around convencional e em U interferiram menos na fala. O período de 3 semanas de uso dos aparelhos não foi totalmente suficiente para a readaptação da fala. A CTT foi pior classificada que as placas wrap-around em todas percepções avaliadas, exceto na estética, onde não diferiram significantemente. A cobertura oclusal da CTT pareceu ser a causadora da sua reprovação e das maiores alterações à fala nesta contenção. As dimensões do arco superior pouco influenciaram as percepções. Considerando as alterações na fala e as percepções dos pacientes, as contenções wrap-around apresentaram melhor desempenho e devem ser a primeira escolha quando a opção de contenção do arco superior for um aparelho removível.
Título em inglês
Palavras-chave em inglês
Corrective orthodontics
Orthodontic appliance design
Recurrence
Speech
Speech sound disorder
Resumo em inglês
Objective: To evaluate and compare the influence of different upper removable orthodontic retainers on speech and volunteers' perceptions to different conditions caused by their use. To correlate perceptions with each other and with upper arch dimensions. Material and Methods: 21 (n) volunteers were selected to use four types of upper removable retainers (conventional wrap-around, horseshoe-shaped wrap-around, wrap-around with an anterior "hole" and transparent thermoplastic retainer - TTR) for 21 days each, with intervals of 7 days without use between them. During the search, some volunteers dropped out or did not attend the evaluations and were excluded. Patients perceptions (final n=19) were evaluated with a visual analogue scale of 100 mm, and these were correlated with each other. Speech evaluation (final n=18) was performed in vocal excerpts recordings made before, immediately after and 21 days after the installation of each appliance, with Perceptual Auditory Analysis Auditory and Acoustic Analysis of formant frequencies F1 and F2 of the vowels. ANOVA for repeated measures and Friedman test with post hoc Tukey, in addition to Pearson and Spearman correlation for the evaluations were applied for statistics evaluation. The level of statistical significance was set at 5%. Results: Different designs of wrap-around retainers did not differ significantly in any of the perceptions and TTR received significantly worse grades in all aspects, except for esthetics, which did not statistically differ from the others. Significant positive correlations were observed between changes in speech and discomfort on all appliances. Occlusal interference in TTR was very positively correlated to other perceptions, such as changes in speech and discomfort. Speech changes, evaluated by Perceptual Auditory Analysis, increased immediately after conventional wraparound and TTR installation, and reduced after 3 weeks of use, but not back to normal levels observed without device. However, this increase was statistically significant only for the conventional wrap-around and TTR, remaining significant high after 3 weeks. Formant frequencies of vowels were altered at initial time and the changes remained present in conventional, horseshoe-shaped and TTR appliances after 3 weeks. Conclusions: TTR was more harmful to speech than the wrap-around appliances. Among these, conventional and horseshoe-shaped has interfered less in speech. The 3-week period with retainers was not fully sufficient for speech adaptation. TTR was worse classified than the wrap-around retainers in all evaluated perceptions, except in esthetics, which did not differ significantly. Occlusal coverage of TTR seems to be the cause of its rejection and its major changes to speech. Upper arch dimensions little influence volunteers perceptions. Considering speech changes and volunteers perceptions, the wrap-around retainers had better performance and should be the first choice when retainer option is a removable device in the upper arch.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.