• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.25.2021.tde-07022022-105926
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Salmazo Castro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2021
Orientador
Banca examinadora
Peres, Sílvia Helena de Carvalho Sales (Presidente)
Meira, Gabriela de Figueiredo
Pinzan, Arnaldo
Yamashita, Joselene Martinelli
Título em português
Impacto da pandemia de SARS-CoV-2 (COVID-19) na saúde emocional e na Síndrome de Burnout em cirurgiões-dentistas no Brasil
Palavras-chave em português
COVID-19
Esgotamento profissional
Odontologia
Risco biológico
SARS-CoV-2
Saúde pública
Resumo em português
A contaminação causada pelo vírus SARS-CoV-2 coloca o cirurgião-dentista no topo do risco de infecção. Entretanto, os profissionais necessitam continuar realizando o trabalho odontológico, sendo expostos aos riscos de contaminação. Dessa forma, o presente estudo teve por objetivo primário avaliar a presença ou não da SB nos cirurgiões-dentistas. Já como objetivo secundário, avaliar o impacto da pandemia do coronavírus Sars-Cov2 na saúde mental de profissionais de odontologia. A amostra foi constituída por odontólogos que estavam atuando no período pré pandemia e que concordaram em responder um questionário por meio de link em mídia social entre setembro e novembro de 2020. Adotou-se o inventário validado de Burnout de Oldenburg com perguntas relacionadas ao estresse profissional, acrescido de questões sociodemográficas. Os dados foram analisados de forma descritiva e analítica, por meio do teste do qui-quadrado (p < 0,05). A amostra foi composta por 302 odontólogos, sendo 213 (70.8%) do gênero feminino e 88 (29.2%) do masculino, os quais participaram de uma investigação online. Dentre os profissionais avaliados, 244 (80.8%) suspenderam as atividades por algum tempo, 226 (74.8%) tinham medo de se contaminar durante o trabalho, 260 (86.1%) tinham medo de transmitir o vírus a seus familiares, 91 (30.1%) já haviam se contaminado, 163 (54%) sentem medo quando ouvem notícias de mortes ocasionadas pelo SARS-CoV-2 e 193 (63.9%) relataram ter os conhecimentos necessários para prevenir a contaminação. Dos odontólogos entrevistados, 46,35% apresentaram a SB, 16,22 % esgotamento, 15,23% o distanciamento do trabalho. A presença da SB esteve fortemente associada com a faixa etária, a atividade no setor privado, o medo de contaminar a família, o medo de se contaminar e o medo de morrer (p < 0,05). Os achados deste estudo evidenciam que houve impacto da pandemia de COVID-19 na saúde emocional e na ocorrência da Síndrome de Burnout em cirurgiões-dentistas, especialmente devido ao medo da contaminação e da morte.
Título em inglês
Palavras-chave em inglês
Biological risk
Burnout
COVID-19
Dentistry
Public health
SARS-CoV-2
Resumo em inglês
Contamination caused by the SARS-CoV-2 virus puts the dentist at the top of the risk of infection. However, professionals need to continue performing dental work, being exposed to contamination risks. Thus, the present study had as its primary objective to evaluate the presence or not of BS in dentists. As a secondary objective, to evaluate the impact of the Sars- Cov2 coronavirus pandemic on the mental health of dental professionals. The sample consisted of dentists who were working in the pre-pandemic period and who agreed to answer a questionnaire through a social media link, between September and November 2020. The Oldenburg Burnout validated inventory with related questions was adopted. to professional stress, added to sociodemographic issues. Data were analyzed descriptively and analytically using the chi-square test (p < 0.05). The sample consisted of 302 dentists, 213 (70.8%) female and 88 (29.2%) male, who participated in an online investigation. Among the professionals evaluated, 244 (80.8%) suspended their activities for some time, 226 (74.8%) were afraid of being contaminated during work, 260 (86.1%) were afraid of transmitting the virus to their families, 91 (30.1% ) had already been contaminated, 163 (54%) felt afraid when they heard news of death caused by SARS-CoV-2 and 193 (63.9%) reported having the necessary knowledge to prevent the contamination. Of the dentists interviewed, 46.35% had Burnout Syndrome, 16.22% were exhausted, 15.23% had distanced themselves from work. The presence of BS was strongly associated with age group, activity in the private sector, fear of contaminating the family, fear of being contaminated and fear of dying (p < 0.05). The findings of this study show that there was an impact of the COVID-19 pandemic on emotional health and on the occurrence of Burnout Syndrome in dentists, especially due to the fear of contamination and death.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2024-02-07
Data de Publicação
2022-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2024. Todos os direitos reservados.