• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.25.2017.tde-16082017-190642
Documento
Autor
Nombre completo
Patrícia Jorge Soalheiro de Souza
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Bauru, 2017
Director
Tribunal
Berretin, Giédre (Presidente)
Marchesan, Irene Queiroz
Trawitzki, Luciana Vitaliano Voi
Yaedú, Renato Yassutaka Faria
Título en portugués
Uso da simulação por tecnologia no ensino da análise facial em fonoaudiologia
Palabras clave en portugués
Antropometria
Face
Fonoaudiologia
Materiais de ensino
Simulação por computador
Tutorial interativo
Resumen en portugués
A antropometria baseia-se na mensuração e análise quantitativa das variáveis dimensionais da morfologia humana e tem sido amplamente introduzida na clínica fonoaudiológica como método objetivo de análise facial. Por esta razão, torna-se de suma importância que alunos de graduação em Fonoaudiologia aprendam eficientemente essa técnica. A simulação tem sido muito utilizada como metodologia de ensino, por permitir a reprodução de uma situação real, facilitando o treinamento e o aprendizado de atividades práticas manuais, como é o caso das mensurações antropométricas orofaciais. O objetivo desse estudo foi desenvolver e adaptar recursos tecnológicos para o ensino em Motricidade Orofacial, especificamente no que se refere à análise facial, e avaliar a efetividade da simulação para o processo de aprendizado. Para isso, foi desenvolvido um tutorial interativo e adaptado o programa de computador Invivo5®, para servir como ambiente de aprendizagem simulado. Participaram da pesquisa 20 alunos do 2º ano de graduação em Fonoaudiologia, que haviam concluído a disciplina Motricidade Orofacial II, os quais foram divididos aleatoriamente nos grupos experimental e controle, e três fonoaudiólogos com experiência em Motricidade Orofacial e análise facial, que foram submetidos à calibração. Todos os alunos receberam o tutorial interativo para estudo. O grupo experimental fez o treinamento das medidas antropométricas faciais no programa Invivo5® e o grupo controle em indivíduos do próprio grupo. Após o estudo e treinamento, alunos e fonoaudiólogos fizeram a avaliação das mensurações de nove medidas antropométricas orofaciais de um mesmo sujeito, duas vezes. Os resultados da avaliação final e o tempo de execução das medidas, foram tabulados e submetidos ao Teste t pareado, o qual mostrou que não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos controle e experimental em nenhum análise. Apenas a medida do lábio inferior e o tempo de execução das medidas apresentaram significância na comparação do grupo dos profissionais com os alunos. Diante disso, o desenvolvimento de um tutorial interativo e a adaptação do programa Invivo5® para simulação foram utilizados como ferramentas tecnológicas para o ensino em Motricidade Orofacial, especificamente a análise facial. Foi comprovada a efetividade da simulação no processo de aprendizagem, uma vez que o estudo não apresentou diferenças entre os métodos de ensino tradicional e simulado, sendo ambos foram satisfatórios para o ensino.
Título en inglés
Use of technology-based simulation in the teaching of facial analysis in speech-language pathology
Palabras clave en inglés
Anthropometry
Computer simulation
Interactive tutorial
Language and hearing sciences
Speech
Teaching materials
Resumen en inglés
Anthropometry is based on the measurement and quantitative analysis of the dimensional variables of human morphology and has been widely introduced in the Speech-Language practice as an objective method of facial analysis. For this reason, it is of the utmost importance that undergraduate students in Speech-Language Pathology learn this technique efficiently. Simulation has been commonly used as a teaching methodology, since it allows the reproduction of a real situation, facilitating the training and learning of practical manual activities, as the orofacial anthropometric measurements. The purpose of this study was to develop and adapt technological resources for teaching in Orofacial Myology, specifically regarding facial analysis, and to evaluate the effectiveness of the simulation for the learning process. For this, an interactive tutorial was developed and was adapted the Invivo5® computer program to serve as a simulated learning environment. Twenty students from the second year of Speech-Language Pathology at FOB/USP, who had completed the discipline "Orofacial Myology II", were randomly divided into groups experimental and control, and a third group, consisting of three experienced speech therapists in Orofacial Myology and facial analysis, which were submitted to calibration, participated in the study. All students received the interactive tutorial for study. The experimental group did the training of anthropometric facial measures in the Invivo5® program and the control group did it on each other. After the study and training, students and speech therapists evaluated the measurements of nine orofacial anthropometric measures of the same subject, twice. The results of the final evaluation and the execution time of the measurements were tabulated and submitted to the paired t-test, which showed that there was no statistically significant difference between the control and experimental groups in any analysis. Just the measurement of the lower lip and the execution times of the procedures presented significance in the comparison between the groups of professionals with the students. On this, the development of an interactive tutorial and the adaptation of the Invivo5® simulation program served as technological tools for teaching facial analysis in Orofacial Myology. The effectiveness of the simulation was proven in the learning process, since the study did not show differences between traditional and simulated teaching methods, both being satisfactory for teaching.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-08-22
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.