• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2013.tde-14082013-101851
Documento
Autor
Nome completo
Pricila Reis Jokura
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2013
Orientador
Banca examinadora
Ferrari, Deborah Viviane (Presidente)
Jacob, Regina Tangerino de Souza
Silva, Leandra Tabanez do Nascimento
Título em português
Aconselhamento informativo para adultos e idosos usuários de aparelho de amplificação sonora individual: avaliação da eficácia de um material online
Palavras-chave em português
Aconselhamento
Auxiliares de audição
Deficiência auditiva
Telessaúde
Resumo em português
Foi realizada a elaboração e verificação da eficácia de um conteúdo multimídia online Ouvir bem, viver melhor para aconselhamento informativo aos novos usuários quanto ao uso e cuidados com o aparelho de amplificação sonora individual (AASI). Participaram do estudo 60 indivíduos (26 do sexo feminino, 34 do sexo masculino) com idade entre 29 e 94 anos (média de 69,7 anos), com deficiência auditiva neurossensorial de graus variados, sem experiência prévia com o uso do AASI. Os participantes foram divididos (randomização) em grupo controle (n=30), que passaram pela sessão de aconselhamento informativo e receberam informações por escrito (manual de instrução do AASI) quanto ao uso e cuidados com o dispositivo, e grupo experimental (n=30) que passaram pelo aconselhamento informativo e acessaram o conteúdo multimídia online. Durante o aconselhamento informativo foram utilizadas estratégias facilitadoras para retenção da informação fornecida. O Inventário de Evocação Auxiliada sobre o AASI - HAPRI (Reese e Smith, 2006) foi aplicado para avaliar a evocação da informação a respeito do uso e cuidados com o AASI em três intervalos distintos: (1) antes da sessão de aconselhamento, (2) imediatamente após a sessão de aconselhamento e acesso ao conteúdo online ou manual de instrução do AASI e (3) na consulta de retorno, cerca de uma semana após a adaptação do AASI. A avaliação do manuseio do dispositivo foi realizada por meio do TestePrático das Habilidade de Manipulação do AASI PHAST (Desjardins e Doherty, 2009) nos intervalos 2 e 3. Estas avaliações foram filmadas e pontuadas por um juiz, cego quanto à distribuição dos participantes nos grupos. Os participantes também preencheram um questionário para avaliação do conteúdo Ouvir bem, viver melhor e do manual de instrução do AASI. A pontuação total do HAPRI nos três intervalos de avaliação foram, nesta ordem: 25,3%, 69,7%, 71,2% (experimental) e 25,4%, 68,1%, 71,7%(controle). Para ambos os grupos houve aumento significativo (teste de Friedman) da pontuação total e dos itens do HAPRI entre os intervalos de avaliação 1 e 2 e intervalos 1 e 3. Não houve diferença significativa (teste de Mann Whitney) da evocação da informação entre os grupos experimental e controle, excetuando-se o intervalo 2 onde o grupo controle evocou maior informação sobre como lidar com o AASI quando o dispositivo não estiver em uso. A pontuação total do PHAST nos dois intervalos de avaliação foram, nesta ordem: 76,6%, 83,1% (experimental) e 78,7%, 82,6% (controle). Houve aumento significativo (teste de Wilcoxon) da pontuação total e de algumas tarefas individuais do PHAST entre os intervalos 2 e 3. Não houve diferença das pontuações entre os grupos. Os participantes atribuíram pontuações acima de oito (escala de 0 a 10) quanto ao auxílio fornecido pelos materiais informativos na compreensão das informações quanto ao uso e cuidados com o AASI. Maior pontuação foi obtida para o material online quanto ao conteúdo manipulação do controle de volume. Cerca de 80% dos participantes do estudo relataram que gostariam de ter acesso a um material informativo via computador, em suas residências. Em conclusão, a complementação do aconselhamento informativo por meio de um material multimídia não aumentou a evocação da informação quanto ao uso e cuidados com o AASI ou as habilidades de manipulação do dispositivo. As implicações quanto ao uso de estratégias facilitadoras da compreensão e retenção da informação quanto ao uso e manuseio do AASI são discutidas.
Título em inglês
Informational counseling for hearing aid users: efficacy assessment of an online material
Palavras-chave em inglês
Counseling
Hearing aids
Hearing loss
Telehealth
Resumo em inglês
It was carried out the elaboration and efficacy assessment of an online multimedia content ("Listening well, living better") for informational counseling to new hearing aid (HA) users regarding use and care of their devices. The study included 60 subjects (26 females, 34 males) aged between 29 and 94 years (mean 69,7 years) with sensorineural hearing loss of varying degrees and no prior experience with HA use. Participants were divided (randomization) into control group (n=30), who went through informational counseling session and received written information (HA instruction manual) regarding the use and care of the device, and the experimental group (n=30) who went through informational counseling and accessed the multimedia content. During informational counseling strategies were used to facilitate retention of the information provided. The "Hearing Aid Probed Recall Inventory - HAPRI" (Reese and Smith, 2006) was applied to evaluate information recall regarding the use and care of the hearing aids in three distinct intervals: (1) before the counseling session, (2) immediately after the counseling session and access to online content or HA manual and (3) at the follow-up visit - about a week after the HA fitting. Assessment of how participants handled the devices was carried out via the "Practical Hearing Aid Skills Test - PHAST (Desjardins and Doherty, 2009) in the intervals 2 and 3. These assessments were videotaped and scored by a judge blinded to the distribution of participants in the groups. Participants also completed a questionnaire to evaluate the content displayed in the "Listening well, living better" and HA manual. The HAPRI total scores for the three assessment intervals were, in this order: 25,3%, 69,7%, 71,2% (experimental) and 25,4%, 68,1%, 71,7% (control). For both groups the HAPRI total and item scores increased significantly (Friedman test) between intervals 1 and 2 as well as 1 and 3. There was no significant difference (Mann Whitney) in information recall between the experimental and control groups, except for the interval 2, where the control group recalled more information on how to deal with the hearing aid when the device was not in use. The total PHAST scores for the two evaluation intervals were, in this order: 76,6%, 83,1% (experimental), 78,7%, 82,6% (control). A significant increase (Wilcoxon test) for the PHAST total score and for some of its individual tasks were found between intervals 2 and 3. There was no difference in scores between groups. Participants assigned scores above eight (in a scale of 0 to 10) on the help provided by instructional materials in understanding information regarding the use and care of the hearing aids. Highest score was obtained for material online about the content "manipulation of volume control." About 80% of study participants reported that they would like access to HA informational materials via computer, in their homes. In conclusion, the access to an instructional multimedia material did not increase the recall of information regarding the use and care of the hearing aid, neither the device handling skills. The implications for the use of strategies that facilitate comprehension and retention of information regarding hearing aid use and care are discussed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-08-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.