• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2016.tde-02032016-085524
Documento
Autor
Nome completo
Taisa Cristina de Souza
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2015
Orientador
Banca examinadora
Maximino, Luciana Paula (Presidente)
Lamonica, Dionisia Aparecida Cusin
Pizarro, Mariana Vaitiekunas
Título em português
Ambiente virtual de aprendizagem em aquisição e desenvolvimento da linguagem infantil: instrumentalizando o profissional da educação e saúde
Palavras-chave em português
Aquisição de linguagem
Desenvolvimento de linguagem Infantil
Educação à distância
Pediatra
Professores
Telessaúde
Resumo em português
Os conhecimentos, percepções e práticas dos professores pedagogos e médicos pediatras em relação às alterações de linguagem na criança, revelaram grande variação de conceitos, atitudes e condutas, demonstrando um conhecimento insatisfatório quanto ao desenvolvimento da linguagem infantil. Dado preocupante, visto que esses profissionais trabalham diretamente com a criança em desenvolvimento, sendo cruciais no acompanhamento dos conteúdos linguísticos, devendo estar atentos para os sinais de alerta e fatores de risco para alterações no desenvolvimento da linguagem, podendo facilitar o diagnóstico e a intervenção precoce. O objetivo deste estudo foi o de verificar e comparar o conhecimento adquirido entre os profissionais pedagogos e pediatras, sobre a aquisição e o desenvolvimento de linguagem infantil típica e suas possíveis alterações, como também, verificar a qualidade do conteúdo apresentado e dos recursos tecnológicos utilizados. A metodologia foi composta por 54 profissionais das áreas de Pediatria e Pedagogia, sendo estes divididos em dois grupos, GM médicos Pediatras (N=27) e GP Pedagogos (N=27). Ambos os grupos foram convidados a visitar o ambiente virtual de aprendizagem desenvolvido por Martins (2012) e modificado por Marson (2014) e disponibilizado na web no link: http://fonopediatria.com. Devido ao contato acessível às escolas, para o GP o convite e a participação foram feitas de forma presencial em 03 escolas públicas de um município do interior de São Paulo. No propósito de romper barreiras, como a distância e a falta de tempo, o GM participou somente à distância, sendo o convite por meio do envio de email, redes sociais, e sociedades relacionadas. O GP respondeu a dois questionários, sendo o primeiro referente à avaliação do conhecimento específico sobre aquisição e o desenvolvimento de linguagem infantil pré e pós-leitura do conteúdo do ambiente virtual de aprendizagem e o segundo quanto à qualidade do conteúdo apresentado e dos recursos tecnológicos utilizados. O GM respondeu ao questionário de avaliação sobre aquisição e desenvolvimento de linguagem infantil pós-leitura do material do ambiente virtual e também, ao questionário quanto à qualidade do conteúdo apresentado e dos recursos tecnológicos utilizados. Resultados: Quanto ao questionário de desenvolvimento de linguagem, ambos os grupos adquiriram conhecimento, porém os resultados revelaram que o GP apresentou melhor desempenho no pós-análise do ambiente virtual de aprendizagem quando comparado com o GM. Em relação à avaliação geral da qualidade e dos recursos tecnológicos do material proposto, para ambos os grupos as escalas de conteúdo, precisão, autoria, atualizações, público, navegação, links externos e estruturas foram classificada em nível de excelência. Conclusão: Os profissionais adquiriram conhecimento quanto à aquisição e o desenvolvimento da linguagem infantil, como também, sobre os fatores de risco para alterações de linguagem. Além disso, consideraram o ambiente virtual de aprendizagem como sendo excelente para todos os aspectos avaliados.
Título em inglês
Virtual apprenticeship environment in acquisition and development of the childlike language: Instrumentalizando the professional of the Education and Health
Palavras-chave em inglês
Children\'s language development
Distance education
Language acquisition
Pediatrician
Teachers
Telehealth
Resumo em inglês
The knowledge, perceptions and practices of pedagogues teachers and medical pediatricians in relation to language disorders in children, revealed wide range of concepts, attitudes and conducts, demonstrating an unsatisfactory knowledge about the development of children's language. Worrying statistic, as these professionals work directly with children in development, being crucial in monitoring the linguistic content and must be alert to the warning signs and risk factors for changes in language development and can facilitate diagnosis and early intervention. The objective of this study was to verify and compare the knowledge acquired among professionals pedagogue and pediatricians of typical acquisition and development of children's language and its possible alterations, but also check the quality of the content presented and technological resource used by means of the use of interactive distance learning. The methodology consisted of 54 professionals in the areas of Pediatrics and Pedagogy, which are divided into two groups, GM Pediatricians (N = 27) and GP Pedagogues (N = 27). Both groups were invited to visit the Virtual Learning Environment developed by Martins (2012) and modified by Marson (2014) and available on the web at link: http://fonopediatria.com . Due to the flexible access to schools, to the GP the invitation and participation were made in person in 03 public schools a city in the interior of São Paulo. In order to break down barriers such as distance and lack of time currently experiencing medical professionals, the invitation and participation for GM was the distance and the call through sending e-mail, social networking, and related societies. The GP answered two questionnaires, the first relating to the specific knowledge of acquisition and development of children's language pre and post reading the virtual learning environment content and the second on the quality of the content presented and the technological resources used. The GM only answered the questionnaire on acquisition and development of children's language after reading the virtual learning environment, as well as the questionnaire on the quality of the content presented and the technological resources used. Results: As to the questionnaire of language development, the results revealed that the GP showed better performance in the post virtual learning environment analysis when compared to the GM. Referring to the general evaluation of the quality and technological features of virtual learning environment, for both groups the content scales, accuracy, authorship, updates, public, navigation, external links and structures were classified in level of excellence.. Conclusion: The professionals acquired knowledge on the acquisition and development of children's language, but also about the risk factors for language disorders. Moreover, they considered the virtual learning environment as excellent for all aspects evaluated.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-03-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.