• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2010.tde-17082010-154424
Documento
Autor
Nome completo
Cintia Lumi Nishida
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2010
Orientador
Banca examinadora
Rubo, Jose Henrique (Presidente)
Oliveira, Pedro Cesar Garcia de
Silva, Renato Oliveira Ferreira da
Título em português
Análise da rugosidade superficial de diferentes marcas comerciais de resina acrílica para coroas provisórias
Palavras-chave em português
Coroas provisórias
Polimento de superfície
Resinas acrílicas
Rugosidade de superfície
Resumo em português
As coroas provisórias apresentam algumas características que podem comprometer a estética e facilitar aderência de microorganismos e formação de placa. Estudos prévios demonstraram que a forma de processamento influi na rugosidade e porosidade de uma marca comercial de resina acrílica comumente utilizada para a confecção de provisórias. Como diferentes marcas comerciais apresentam diferenças de qualidade, o presente estudo teve como objetivo principal avaliar a rugosidade superficial de quatro marcas comerciais de resina acrílica utilizadas na confecção de coroas provisórias (Dencor, Vipi, Duralay e Alike) de acordo com quatro técnicas de manipulação, diretas e indiretas. Os processamentos avaliados foram: GRUPO I autopolimerização sob pressão em matriz de silicona; GRUPO II - autopolimerização térmica em mufla; GRUPO III autopolimerização utilizando a técnica do pincel; GRUPO IV autopolimerização pela mistura em pote dappen. Para cada tipo de processamento foram confeccionados 12 corpos-deprova de cada material, totalizando 48 corpos-de-prova para cada grupo e 192 espécimes ao total. Logo após a confecção dos espécimes foi realizado o teste de rugosidade de superfície (Ra) através de um rugosímetro/perfilômetro. Posteriormente, a superfície dos mesmos foi uniformizada e polida com a utilização de politriz, realizando-se novamente os mesmos testes de rugosidade. Antes do acabamento e polimento de superfície, os resultados encontrados apontaram a maior rugosidade para resina Vipi (4,074 ± 0,541) e técnica da mistura em dappen gupo IV (3,538 ± 0,509), enquanto que a menor rugosidade foi encontrada para resina Alike (2,671 ± 0,512) e técnica da prensagem em mufla grupo II (2,733 ± 0,470). Após acabamento e polimento, a maior rugosidade foi encontrada para resina Vipi (0,207 ± 0,032) e técnica da pressão grupo I (0,172 ± 0,037), enquanto que a menor rugosidade para resina Alike (0,113 ± 0,036) e técnica da prensagem em mufla grupo II (0,138 ± 0,027). Com os resultados obtidos, foi possível concluir que a melhor combinação para confecção de coroas provisórias em resina acrílica foi a técnica da prensagem em mufla associada à resina Alike.
Título em inglês
Surface roughness analysis of acrylic resin for provisional crowns under different commercial brands
Palavras-chave em inglês
Acrylic resins
Provisional crowns
Surface polishing
Surface roughness
Resumo em inglês
Provisional crowns have some features that may compromise aesthetics and favors adherence of microorganisms and dental plaque formation. Previous studies have shown that processing may influence roughness and porosity of acrylic resins commonly used make provisional crowns. Because the several commercial resins available present differences in their quality the aim of this study was to evaluate the surface roughness of four commercial brands of acrylic resins (Dencor, Vipi, Duralay and Alike) according to four manipulation techniques (two direct and two indirect): GROUP I - autopolimerization under pressure in a silicone matrix; GROUP II autppolimerization in flask; GROUP III - autopolimerization using the bead brush technique; GROUP IV - autopolimerization after mixing in dappen dish. For each type of processing 12 specimens were made of each material, being 48 specimens for each group and 192 specimens in total. After specimens preparation, surface roughness tests (Ra) was performed using a rugosimeter / profilometer. Posteriorly, all surfaces were polished for standardization and same roughness tests were performed again. Before finishing and polishing, the results pointed out that Vipi resin presented the highest roughness (4.074 ± 0.541). Mixing the resin in dappen dish group IV (3.538 ± 0.509) also presented the highest roughness values regarding the technique. The lowest roughness values were found with Alike resin (2.671 ± 0.512) and flask technique group II (2.733 ± 0.470). After finishing and polishing techniques, the highest roughness was found with Vipi resin (0.207 ± 0.032) and the autopolimetization under pressure in silicone matrix technique - group I (0.172 ± 0.037). The lowest roughness values were found with Alike resin (0.113 ± 0.036) and flask technique group II (0.138 ± 0.027). With these results, it was possible to conclude that the best combination for making provisional crowns was the flask technique associated with Alike resin.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CintiaLumiNishida.pdf (2.07 Mbytes)
Data de Publicação
2010-08-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.