• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.23.2022.tde-28062022-091743
Documento
Autor
Nome completo
Deisy Satie Moritsugui
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2022
Orientador
Banca examinadora
Melani, Rodolfo Francisco Haltenhoff (Presidente)
Beaini, Janaina Paiva Curi
Mazzilli, Luiz Eugênio Nigro
Santos, Veronica Wesolowski de Aguiar e
Título em português
Reconstrução facial forense: estudo da espessura facial por meio de tomografias computadorizadas de feixe cônico em brasileiros
Palavras-chave em português
Antropologia Forense
Aproximação Facial Forense
Identificação Humana
Reconstrução Facial Forense
Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico
Resumo em português
A Reconstrução Facial Forense ou Aproximação Facial Forense pressupõe estimar a face sobre um crânio, com o intuito de permitir o reconhecimento por uma pessoa do convívio do indivíduo, e assim, com as informações ante mortem os métodos primários de identificação possam ser aplicados. Independentemente do método utilizado para se fazer a reconstrução, seja manual ou digital, são utilizados parâmetros que representam as espessuras dos tecidos moles faciais (ETMFs) que cobrem pontos craniométricos específicos. Na literatura científica estão disponíveis tabelas de referência quanto às ETMFs organizadas de acordo com sexo, idade, ancestralidade, índice de massa corporal entre outros aspectos considerados significativos para uma adequada reconstrução facial. Entretanto, não há um consenso sobre a relevância do uso de dados específicos populacionais de ETMFs. O Brasil é formado por regiões geográficas com características ambientais e de formação populacional tão distintas que cada região poderia representar uma população única, e isso se reflete nas características faciais. Este estudo propõe mensurar as ETMFs em uma população do centro-oeste (CO) brasileiro, com a finalidade de aprimorar a precisão das reconstruções faciais. A partir de bancos de dados de Tomografias Computadorizadas de Feixe Cônico (TCFC), de amostras do CO, foram obtidas médias de ETMF utilizando o protocolo de Beaini et al. (2021). O protocolo utilizado demonstrou ser uma ferramenta de alta repetibilidade e reprodutibilidade. A análise comparativa entre os sexos revelou uma tendência a maiores espessuras no sexo masculino em relação ao feminino, com exceção ao Lateral da Órbita, sendo que as maiores discrepâncias de espessuras encontradas ficaram evidentes nos pontos Gônio, Supra M2, Infra M2 e Linha Oclusal. Com o aumento da faixa etária observaram-se diferenças entre as médias de ETMF principalmente no sexo feminino, nos pontos Filtro Médio, Próstio e Supra M2, que tenderam a diminuir suas espessuras, marcando a relação do processo de envelhecimento facial e as alterações hormonais advindas da menopausa nas mulheres. A comparação de duas amostras brasileiras de regiões distintas, como o Sudeste e o Centro-Oeste, revelou alta compatibilidade entre as regiões, as diferenças encontradas possivelmente não afetarão na prática, a Reconstrução Facial Forense. Portanto não foi verificada a necessidade do uso de tabelas diferenciadas entre as duas regiões.
Título em inglês
Forensic facial reconstruction: study of facial thickness through cone beam computed tomography in Brazilians
Palavras-chave em inglês
Cone Beam Computed Tomography
Forensic Anthropology
Forensic Facial Approximation
Forensic Facial Reconstruction
Human Identification
Resumo em inglês
Forensic Facial Reconstruction or Forensic Facial Approximation presupposes estimating a face on a skull, to allow recognition by someone near that non identified person, and thus, with the ante mortem information, the primary methods of identification could be applied. Regardless of the method used to perform the reconstruction, whether manual or digital, parameters that represent facial soft tissue thickness (FSTTs) covering specific craniometric points are used. In scientific literature, reference tables are available regarding the FSTTs organized according to sex, age, ancestry, body mass index, among other aspects considered significant for an adequate facial reconstruction. However, there is no consensus on the relevance of using specific FSTTs data population. Brazil is formed by geographic regions with high distinct environmental characteristics and population formation that each region could represent a unique population, and this is reflected in facial features. This study proposes to measure FSTTs in a population at Middle-West (MW) of Brazil, aiming to improve the accuracy of facial reconstructions. FSTT averages were obtained using Beaini et al. (2021) protocol through Cone Beam Computed Tomography (CBCT) databases of MW samples. The protocol used proved to be a highly repeatable and reproducible tool. The comparative analysis between the sexes revealed a tendency of males to have greater thickness compared to females, except for the Lateral Orbit, and the greatest discrepancies in thickness found were evident in Gonion, Supra M2, Infra M2 and Occlusal Line landmarks, Differences were observed, especially in females, on Mid-Philtrum, Prosthion and Supra M2 landmarks, which tended to decrease their FSTT as age increased, marking the relationship between the facial aging process and the hormonal changes arising from menopause in women. The comparison of two Brazilian samples from different regions, such as the Southeast and the Middle-West, revealed high compatibility between the regions, the differences found will possibly not affect the practical outcome of Forensic Facial Reconstruction. Therefore, the need of using different tables for each region was not verified.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-08-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.