• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.23.2021.tde-10112021-124506
Documento
Autor
Nombre completo
Gustavo Hermes Soares
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2021
Director
Tribunal
Crosato, Edgard Michel (Presidente)
Mialhe, Fabio Luiz
Mendes, Fausto Medeiros
Werneck, Renata Iani
Título en portugués
Análise de redes aplicada a fatores relacionados à saúde bucal de populações indígenas
Palabras clave en portugués
Análise de redes
Índios Sul-Americanos
Qualidade de vida
Saúde bucal
Saúde de Populações Indígenas
Resumen en portugués
A análise de redes representa um conjunto de métodos e teorias com grande utilidade para descrever, explorar e compreender a estrutura de relações estatísticas em sistemas complexos de variáveis. Esta é uma importante ferramenta analítica com aplicações que variam desde análise exploratória até o desenvolvimento de intervenções. O objetivo desta tese foi mapear a arquitetura de interações entre fatores de saúde bucal de populações indígenas como sistemas de redes complexas. Este volume apresenta um compilado de quatro artigos científicos que investigaram: 1) o letramento em saúde bucal e fatores associados em uma população indígena australiana; 2) a validade estrutural do questionário Oral Health Impact Profile (OHIP-14) entre populações indígenas e não indígenas do Brasil e da Austrália; 3) as dinâmicas entre fatores relacionados à saúde bucal de crianças indígenas australianas ao longo do tempo; e 4) a habilidade de medidas de centralidade de uma rede transversal para predizer desfechos de saúde bucal longitudinalmente. Foram estimadas redes de correlação parcial, regularizadas, não direcionadas, baseadas em Modelos Gráficos Gaussianos. As propriedades de rede analisadas incluíram medidas de centralidade, coeficientes locais de agrupamento e coeficientes globais de agrupamento. A estabilidade das redes foi verificada através de um procedimento bootstrap de reamostragem. A Análise Exploratório de Gráficos foi utilizada para verificar a validade estrutural do instrumento de mensuração da qualidade de vida relacionada à saúde bucal. Foram analisadas as associações entre as medidas de centralidade de uma rede transversal com dados de mulheres grávidas e dois desfechos relacionados à saúde bucal de crianças indígenas mensurados aos 5 anos por meio de regressões lineares. Foi estimada uma rede que compreende as diferenças de pontuação dos desfechos relacionados à saúde bucal de crianças indígenas entre 2 e 5 anos ajustada pela rede de dados maternos. As correlações entre as medidas de centralidade dos modelos ajustado e não ajustado foram examinadas. Itens de letramento em saúde bucal pertencentes aos mesmos domínios conceituais da escala apresentaram fortes conexões positivas. Diferentes estruturas de rede emergiram para grupos de participantes que possuíam baixo e alto níveis de letramento em saúde bucal. A Análise Exploratória de Gráficos identificou quatro comunidades de nós referentes ao instrumento Oral Health Impact Profile em todas as amostras analisadas, embora populações indígenas apresentaram consistência estrutural reduzida em comparação com seus pares não indígenas. A intervenção de saúde bucal interagiu com a rede de fatores relacionados à saúde bucal por meio da percepção da saúde geral da criança e do conhecimento da saúde bucal infantil. Foram identificadas diferentes conexões entre experiência de cárie dentária e fatores relacionados à saúde bucal em cada fase do estudo. As redes tenderam a retornar a um estado inicial após a intervenção. Força foi a única medida de centralidade associada aos valores preditivos dos nós em relação aos desfechos de saúde bucal das crianças. Valores de Força explicaram 51% e 45% da variação nos valores preditivos dos nós em relação à experiência de cárie dentária e à utilização de serviços odontológicos aos 5 anos, respectivamente. Esta tese demonstrou diferentes aplicações da análise de redes no contexto da saúde bucal indígena. Fatores relacionados à saúde bucal de populações indígenas da Austrália e do Brasil emergiram como redes. Os achados empíricos apresentados contribuem para uma compreensão abrangente das múltiplas interações entre fatores relacionados à saúde bucal destas populações e apresentam implicações para a representação de construtos psicométricos, investigação de fenômenos em saúde bucal e desenvolvimento de intervenções.
Título en inglés
Network analysis applied to oral health-related factors of Indigenous populations
Palabras clave en inglés
Health of Indigenous peoples
Network analysis
Oral health
Quality of life
South American Indians
Resumen en inglés
Network analysis represents a set of methods and theories with great utility to describe, explore and understand the structure of statistical relationships in complex systems of variables. This is an important analytical tool with applications varying from exploratory analysis to the development of interventions. The objective of this thesis was to map the architecture of interactions between oral health-related factors of indigenous populations as systems of complex networks. This volume presents a compilation of four scientific articles that investigated 1) oral health literacy and associated factors in an Australian indigenous population; 2) the structural validity of the Oral Health Impact Profile questionnaire (OHIP-14) between indigenous and non-indigenous populations from Brazil and Australia; 3) the dynamics between oral health-related factors of Indigenous Australian children over time; and 4) the ability of centrality measures in a cross-sectional network to predict longitudinal oral health outcomes. Regularized, undirected, partial correlation networks were estimated based on Gaussian Graphical Models. The network properties analyzed included centrality measures, local clustering coefficients and global clustering coefficients. The stability of networks was verified through a resampling bootstrap procedure. The Exploratory Graph Analysis was used to verify the structural validity of the oral health-related quality of life scale. Associations between centrality measures from a cross-sectional network estimated with data from pregnant women and two outcomes related to the oral health of indigenous at age 5 years were assessed using linear regressions. A network comprising the change scores of outcomes related to the oral health of indigenous children between ages 2 and 5 years was estimated adjusting by the mothers network. Correlations between centrality measures of the adjusted and unadjusted models were examined. Oral health literacy items belonging to the same conceptual domains of the scale had strong positive connections. Different network structures emerged for groups of participants presenting low and high levels of oral health literacy. The Exploratory Graph Analysis identified four node communities related to items of the Oral Health Impact Profile instrument in all samples, although indigenous populations showed reduced structural consistency compared to their non-indigenous peers. The oral health intervention interacted with the network of oral health-related factors through perception of the children's general health and knowledge of children's oral health. Different connections were identified between dental caries experience and factors related to oral health in follow-up. Networks tended to return to an initial state after the intervention. Strength was the only measure of centrality associated with predictive values of the nodes to children's oral health outcomes. Strength values explained 51% and 45% of the variation in nodes predictive values to experience of dental caries and use of dental services at 5 years, respectively. This thesis demonstrated different applications of network analysis in the context of indigenous oral health. Factors related to the oral health of indigenous populations in Australia and Brazil emerged as networks. The reported empirical findings contribute to a comprehensive understanding of the multiple interactions between the oral health-related factors of these populations and have implications for the representation of psychometric constructs, investigation of oral health phenomena and development of interventions.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2022-04-29
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.