• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Gabriela Campos Magliano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Gonçalves, Alyne Simões (Presidente)
Faria, Daniele de Paula
Fukuoka, Cintia Yuki
Jaguar, Graziella Chagas
Título em português
Estudo do efeito deletério do iodo-131 nas glândulas salivares de camundongos tratados ou não com laser de baixa potência
Palavras-chave em português
Hipofunção glândulas salivares
Iodoterapia
Laser de Baixa Potência
Laserterapia
Resumo em português
O tratamento com o iodo-131, conhecido como iodoterapia, já é bem estabelecido para tumores de tireoide diferenciados, porém, pode ter como importante efeito colateral o desenvolvimento da hipofunção das glândulas salivares. Dados recentes da literatura relatam casos de sialoadenite e xerostomia em pacientes submetidos à iodoterapia, no entanto, poucos estudos analisam o seu efeito na função e morfologia do tecido glandular, o que dificulta o aparecimento de métodos preventivos e curativos para essas complicações. Com isso e baseado em estudos que indicam resultados promissores da terapia fotobiomoduladora, com laser de baixa potência, no tratamento da hipofunção das glândulas salivares; este trabalho teve como objetivo compreender o efeito da iodoterapia sobre as glândulas salivares e analisar se a terapia de fotobiomodulação é capaz de evitar o dano ao tecido. Para isto, foi estabelecido o protocolo de indução da hipofunção das glândulas salivares através da iodoterapia em 70 camundongos BALB/c; os quais foram divididos em três grupos: C, controle (n=30); I, submetidos à iodoterapia (n=20); e IL, submetidos à iodoterapia e terapia fotobiomoduladora para a hipofunção das glândulas salivares (n=20), com um comprimento de onda de 808 nm, espectro infravermelho, potência de 100 mW, energia de 1 J e 10 s por ponto, totalizando uma densidade de energia de 35,7J/cm². Os animais foram avaliados em três tempos experimentais; T1: antes da iodoterapia, T2: 10 dias após a iodoterapia, e T3: 90 dias após a iodoterapia. Logo após a eutanásia, houve a remoção das glândulas salivares parótidas e submandibulares, para análises morfológicas e imuno-histoquímicas, para a determinação quantitativa de células apoptóticas e expressão dos canais de sódio e iodo, cujos resultados mostraram que a iodoterapia com o iodo-131 promoveu, nas glândulas salivares parótida e submandibular, a inibição dos canais de sódio e iodo, aumento de células apoptóticas e alteração do estroma glandular, com diminuição na concentração de colágeno e atrofia das unidades secretoras terminais. Além disso, também foi observado que a TFBM com laser de baixa potência foi eficaz na modulação dos efeitos inflamatórios causados pelo iodo-131, aumentando a produção de colágeno no tecido glandular, modulando a inflamação nas unidades secretoras terminais, reativando expressão do NIS e controlando a apoptose celular. Com os resultados obtidos no presente estudo, concluímos que que a iodoterapia causa hipofunção das glândulas salivares parótidas e submandibulares e que a terapia de fotobiomodulação se mostrou uma terapia eficaz e promissora para prevenir e atenuar estes efeitos colaterais.
Título em inglês
Study of Iodine-131 ablation effects in mice salivary glands treated and not treated with low-power laser irradiation
Palavras-chave em inglês
Lasertherapy
Radioiodine treatment
Salivary Gland Hypofunction
Resumo em inglês
Radioiodine treatment (RI), is a usual treatment for thyroid tumours, which may have the salivary gland hypofunction (SGH) as an important side effect. Sialoadenitis and xerostomia were reported in patients submitted to RI, however, only a few studies have analyzed its effect on function and morphology of glandular tissue, which makes it difficult to discover preventive and curative methods for these complications. Based on this and on the positive effects of photobiomodulation therapy (PBMT) in the treatment of HGS, the aim of the present study was to understand the effect of RI on salivary glands and to examine whether the PBMT is capable of preventing tissue damage. Thus, the protocol of induction of SGH by RI was performed in 70 BALB / c mice; which were divided into three groups: C, control (n = 30); I, submitted to RI (n = 20); and IL, submitted to RI and PBMT (n = 20). The animals were analysed in three different experimental times; T1: before RI, T2: 10 days after RI, and T3: 90 days after RI. Shortly after euthanasia, the parotid and submandibular salivary glands, were surgically removed for morphological and immunohistochemical analyzes, for the quantitative determination of apoptotic cells and expression of the sodium and iodine channels. The data showed an inhibition of sodium and iodine channels, increase of apoptotic cells and alteration of the glandular stroma, with destruction of collagen and atrophy of the secretory units in salivary glands, after RI. It was also observed that the PBMT seems to have been effective in modulating the effects of this inflammatory condition, increasing collagen production in the glandular tissue, modulating inflammation in the terminal secretory units, reactivating NIS expression and controlling cellular apoptosis. In conclusion, the RI caused hypofunction of the parotid and submandibular salivary glands and the PBMT was able to prevent and attenuate this side effect.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.