• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.23.2019.tde-09072020-112538
Documento
Autor
Nombre completo
Leandro Stocco Baccarin
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Melani, Rodolfo Francisco Haltenhoff (Presidente)
Beaini, Thiago Leite
Costa, Claudio
Oliveira, Silvia Virginia Tedeschi
Título en portugués
Análise da relação entre as espessuras médias de tecidos moles da face de crianças e adultos para reconstrução facial forense
Palabras clave en portugués
Crianças
Identificação Humana, Antropologia Forense
Reconstrução Facial Forense
Tomografia Computadorizada
Resumen en portugués
A técnica de reconstrução facial forense é uma importante ferramenta que auxilia no processo de identificação humana. As técnicas são aplicadas com a finalidade de reconhecimento e posterior identificação, diante de condições em que não existe uma identidade atribuível ao esqueleto submetido ao exame forense. Foram obtidos os dados médios das espessuras de tecidos moles das faces de 47 crianças da faixa etária compreendida entre 6 e 10 anos de idade e comparados de modo linear com os dados obtidos por Beaini (2013) para adultos, utilizando a mesma metodologia para obtenção dos dados, e verificando se há diferenças significativas em relação às espessuras de tecidos moles entre crianças e adultos. O método envolveu a análise padronizada de bancos de dados de exames complementares de Tomografias Computadorizadas Cone-Beam de um centro radiológico brasileiro. Como resultados, a metodologia desenvolvida por Beaini (2013) para adultos mostrou-se adequada para ser empregada em exames de Tomografias Cone-Beam de crianças. Foi possível ainda aplicar uma modificação do protocolo de Beaini (2013), viabilizando a aplicação do método em crianças com a mensuração dos pontos Supra e Infra M2 Decíduos, proposta e desenvolvido nesta pesquisa. Recomenda-se utilizar como referência de espessuras de tecidos moles faciais o segundo molar decíduo, tanto superior como inferior para reconstruções faciais forenses em crianças com idade compreendida entre 6 e 10 anos.
Título en inglés
Facial soft tissues thickness assessment of children and adults for forensic facial reconstruction purposes
Palabras clave en inglés
Children
Computed Tomography
Facial reconstruction
Forensic anthropology
Forensic science
Human identification
Resumen en inglés
The forensic facial reconstruction technic is currently characterized as an important tool that assists in the process of human identification, guided by scientific knowledge. The techniques are applied with the main purpose of recognition and later identification, in conditions where there is no identity attributable to the skeleton undergoing the forensic examination. The mean soft tissue thickness data of the faces of children aged 6 to 10 years were obtained using the same methodology developed from Beaini (2013) for adults and compared in a linear fashion with these data, in order to determine whether or not there are significant differences in soft tissue thicknesses between children and adults. The method involved the standardized database analysis of Cone-Beam CT scans from a Brazilian radiological center, with the active application of the cited methodology. As results, in fact the applicability of the same methodology developed by Beaini (2013) for adults proved feasible to be used in children's exams. Since it was possible to evolve with the measurement of the superior and inferior M2 deciduous points, with the modification of the Beaini's protocol (2013), proposed and developed in this research successfully, it is recommended to use this reference of facial soft tissue thicknesses using the deciduous second molar, both superior and inferior, for forensic facial reconstructions in children aged 6 to 10 years.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2020-09-14
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.