• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.23.2010.tde-09112010-110451
Documento
Autor
Nombre completo
Flavia Maria Lopes de Moraes
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2010
Director
Tribunal
Tortamano Neto, Pedro (Presidente)
Nóbilo, Mauro Antonio de Arruda
Sendyk, Claudio Luiz
Título en portugués
Avaliação in vitro da infiltração de fluidos pela interface implante-pilar intermediário de três sistemas com conexão do tipo cone Morse e da capacidade de vedação de um material
Palabras clave en portugués
Implantes dentários
Infiltração dentária
Radioisótopos
Resumen en portugués
A infiltração de fluido e bactérias nos espaços internos dos implantes foi observada em pilares intermediários parafusados, tanto em situações in vitro quanto in vivo devido à microfenda existente entre o implante e o pilar intermediário. Esse fato pode estar relacionado com a inflamação dos tecidos periimplantares e também com a produção de mau odor. O objetivo do presente estudo in vitro foi avaliar e comparar a ocorrência de infiltração de fluidos pela interface implante-pilar intermediário em três sistemas de implante com conexão do tipo cone Morse, e a capacidade de vedação de um adesivo anaeróbico, utilizando o radioisótopo Tecnécio-99m como marcador. Na primeira etapa, dez conjuntos implante-pilar intermediário de cada sistema foram imersos em solução contendo esse marcador, após a aplicação do torque recomendado pelo fabricante, e foram mantidos em pressão constante de 2 atm por um minuto. Na segunda etapa, um adesivo anaeróbico foi aplicado no pilar intermediário antes do mesmo ser parafusado ao seu respectivo implante. Após a aplicação da pressão, o infiltrado presente no interior dos implantes foi coletado com pontas de papel. Esse material foi depositado em tubos de ensaio para posterior leitura da radioatividade presente. A infiltração de fluido pela interface implante-pilar intermediário mostrou ser um fenômeno mensurável em todas as amostras dos três sistemas de implante com conexão do tipo cone Morse testados. A quantidade de infiltrado variou entre os sistemas e entre as amostras. A inconstância das amostras foi observada em todos os sistemas, no entanto, foi observado que o valor de infiltrado encontrado no Grupo 1 foi significantemente maior (p<0,05) do que o encontrado no Grupo 2, e não houve diferença estatística significante entre os Grupos 1 e 3, e entre os Grupos 2 e 3. Também foi observado que, com o uso do adesivo anaeróbico, os sistemas apresentaram diminuição da quantidade de infiltrado, sendo que a análise estatística dos valores obtidos com e sem o seu uso, mostraram significância a 1%. Além disso, com o uso do adesivo anaeróbico os três sistemas de implante testados passaram a ter comportamento semelhante, não tendo sido encontrada diferença estatística significante entre eles (p=0,5451). Considerando os limites deste estudo, pode-se concluir que os três sistemas de implante com conexão do tipo cone Morse testados permitiram a passagem de fluido do meio externo para o interior dos implantes, e que o material testado não foi capaz de impedir a penetração de fluido, apesar de ter reduzido significantemente a quantidade de infiltrado em todos os sistemas.
Título en inglés
In vitro evaluation of fluid penetration at the implant-abutment interface of three cone Morse systems and sealing ability of a material
Palabras clave en inglés
Dental implant
Microleakage
Radioisotope
Resumen en inglés
It has been observed that in implants with screw-retained abutments, in in vitro as well as in vivo conditions, bacteria and fluids can penetrate the inner implant space as consequence of an existing microgap at the implant-abutment interface. This fact can be related to peri-implant tissue inflammation and malodor. The aim of the present study was to evaluate and compare the occurrence of fluid penetration throught implant-abutment interface in three cone Morse implant systems and sealing ability of an anaerobic adhesive using a radioisotope as trace. In the first phase, ten implant-abutment sets of each system were immersed in a solution with radioisotope, after manufacture recommended torque application. All assemblies were kept in a constant pressure of 2 atm for one minute. In the second phase, an anaerobic adhesive was applied before the abutments been torque-tightened to the same implant. After the pressure application, material inside implant bodies was colleted using a paper cone that was transferred to tubes for posterior verification of radioactivity. Fluid penetration at the implant-abutment interface was seen to be a recordable phenomenon in each assembly of the three cone Morse systems tested in this study. The quantity of infiltrated varied between systems and assemblies. The variable of the samples was observed in all systems, however, it was noted that the value of infiltrate found in Group 1 was significantly higher than that found in Group 2, and there was no statistical significant difference between the groups 1 and 3, and between groups 2 and 3. It was also noted that, using the adhesive anaerobic, the implant systems showed reduce infiltrate, and statistical analysis presented significance to 1%. Moreover, with the use of anaerobic adhesive, all three implant systems tested presented similar pattern, and no significant statistical difference was found (p=0,5451). Considering the limits of this study, the following conclusions can be drawn: the three cone Morse implant systems tested allowed the passage of fluid from external to the inside of the implants, and that the material tested was not capable of preventing the fluid penetration, despite having reduced significantly the amount of infiltrate in all systems.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2010-11-25
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.