• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Mayra Torres Vasques
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Lagana, Dalva Cruz (Presidente)
Corrêa, Luciana
Mori, Matsuyoshi
Oliveira, Simone Saldanha Ignacio de
Título em português
Desenvolvimento de uma técnica de desenho digital e impressão em 3D de placas oclusais e sua aplicabilidade no tratamento de pacientes com disfunção temporomandibular
Palavras-chave em português
CAD/CAM
Disfunção Temporomandibular
Estudo Clínico Randomizado
Impressão 3D
Placas Oclusais
Resumo em português
O uso de novas tecnologias na odontologia, como a técnica CAD/CAM, promete ser uma opção relevante no que diz respeito à confecção das placas oclusais, empregadas no tratamento de disfunções temporomandibulares. O objetivo desta pesquisa foi desenvolver uma técnica para desenho e confecção de placas oclusais pelo método CAD/CAM, em impressora 3D, e verificar seus resultados clínicos no tratamento de pacientes com disfunções temporomandibulares. Para o desenho das placas foi desenvolvida uma metodologia de desenho digital (CAD), utilizando o software Meshmixer® (Autodesk, USA), e de registro das relações maxilo-mandibulares. A partir dessa metodologia iniciou-se um estudo clínico randomizado comparativo entre as placas CAD/CAM produzidas em impressora 3D e placas produzidas convencionalmente em laboratório. O estudo foi realizado em duas etapas, 18 pacientes foram avaliados de acordo com os critérios de inclusão e exclusão. Na Etapa 1 (n=18) foram realizados testes técnicos comparativos das duas placas em relação à dor, por meio da Escala Visual Analógica; atividade muscular; ajuste interno; báscula; conforto; tempo de instalação; pontos de contato oclusal. Todos os pacientes da amostra utilizaram os dois tipos de placas. Na Etapa 2, estes pacientes foram divididos randomicamente em dois grupos para o estudo clínico randomizado (estudo cego): Grupo IMP (n=9) (placas impressas) e grupo LAB (n=9) (placas convencionais laboratoriais). Os grupos foram avaliados após 1 mês de uso, por meio dos Questionários, RDC/TMD, SF-36, escala visual de dor EVA, e pelos pontos de contato oclusais. Os dados foram avaliados estatisticamente usando os testes de Wilcoxon, de Mann-Whitney, e de Kruskal-Wallis nas análises quantitativas; os testes Qui-Quadrado e Exato de Fisher, nas variáveis categóricas. Os resultados mostraram que houve diferenças significativas (P-valor<0.05) nas avaliações para conforto, ajuste interno e tempo de confecção das placas, a favor das placas impressas. Nas demais avaliações, os grupos foram equivalentes (não- significantes). Concluiu-se que foi possível desenvolver uma técnica para desenho e confecção de placas oclusais pelo método CAD/CAM, em impressora 3D, e que o desempenho clínico foi equivalente entre as placas convencionais e impressas, sendo que estas se mostraram superiores quanto ao conforto e quanto à adaptação da superfície interna da placa, mostrando ser este um método possível e viável economicamente.
Título em inglês
Development of a technique of digital design and 3D printing of occlusal splints and its applicability in the treatment of patients with temporomandibular disorders
Palavras-chave em inglês
3D print
CAD/CAM
Occlusal splint
Randomized Clinical Trial
Temporomandibular disorder
Resumo em inglês
The use of new technologies in dentistry, as the CAD/CAM technique, promises to be a relevant option concerning the manufacture of occlusal splints for temporomandibular disorders treatment. The aim of this research was to develop a technique for design and manufacture occlusal splints using the CAD/CAM method and 3D printer and verify the clinical results in the treatment of temporomandibular disorders patients. It was developed a technique for occlusal splint design a using the software Meshmixer® (Autodesk, USA) and a technique to register the jaws relationship. From this method, it was started a Randomized Clinical Trial (RCT) to compare splints made through the CAD/CAM technique and others made conventionally in a dental lab. The study was performed in two steps, 18 patients were selected based on the inclusion/exclusion criteria. In Step 1 (n=18) patients were comparatively evaluated, using both splints, in relation to pain, using the visual analog scale; internal adjustment of the splint; patients comfort; time spent to deliver the appliance and occlusal contacts pattern. In Step 2, these patients were allocated in two groups (n=9 each group) randomly to the RCT be performed (blind study): Group IMP - printed splints and Group LAB (conventional lab splints). Both groups were assessed after 1 month using the splint using RDC/TMD and SF-36 questionnaires, the visual analog scale for pain, and occlusal contacts pattern. The data were statistically evaluated using Wilcoxon, Mann-Whitney, and Kruskal-Wallis test for qualitative analyses and Qui-square and Fisher´s exact tests for categorical variables. The results showed significant statistical differences (p-value<0.05) in favor of printed occlusal splints, related to patients' comfort, internal adjustment, and time spent to deliver the appliance. All other assessments were equivalents (not significant). It was concluded that it was possible to develop a technique to design and manufacture occlusal splints using CAD/CAM and 3D printer, and furthermore the clinical performance was equivalent comparing conventional and printed occlusal splints, being the printed splints superior to conventional splints in relation to comfort and internal adjustment, proving this is a possible and economically viable method.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.