• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2016.tde-24052016-164929
Documento
Autor
Nome completo
Priscila Lie Tobouti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Sousa, Suzana Cantanhede Orsini Machado de (Presidente)
Lascane, Nelise Alexandre da Silva
Gallo, Camila de Barros
Nunes, Fabio Daumas
Rodrigues, Maria Fernanda Setúbal Destro
Título em português
Expressão dos receptores Toll-like em carcinoma espinocelular de orofaringe
Palavras-chave em português
Carcinoma de células escamosas
HPV
Interleucina 6
Interleucina 8
Toll-like
Resumo em português
Nos últimos anos, notou-se aumento da incidência de carcinoma espinocelular de orofaringe (CECOF) associado ao HPV. Sabe-se que CECOF associado ao HPV apresenta melhor prognóstico do que CECOF não infectado por HPV. Inúmeros estudos em carcinoma cervical demonstram alterações de TLRs, isto provavelmente devido às associações das oncoproteínas E6 e E7 com estes receptores. Em humanos, existem 10 TLRs identificados, os quais colaboram na resposta imune contra bactérias, fungos e vírus, bem como colaboram na promoção ou regressão do tumor. Esta influência do TLR na carcinogênese tem sido alvo de inúmeros estudos devido à ligação entre inflamação e o câncer. O presente trabalho teve como objetivo verificar diferenças na expressão e função de receptores Toll-like em carcinoma espinocelular de orofaringe (CECOF). Para tal, foram utilizados trinta e sete espécimes diagnosticados como CECOF e a expressão imuno-histoquímica das proteínas p16 e TLR4 analisadas. Duas linhagens de CECOF HPV16 + e duas CECOF HPV-. foram utilizadas para análise da expressão de TLR1-10, IL-6 e IL-8, por qPCR. A detecção dos principais TLRs (TLR1, TLR2, TLR6 e TLR4) foi feita por citometria de fluxo. Para ativação da via de sinalização de TLR2, e posterior análise da expressão de IL6 e IL8, as células foram estimuladas com peptidoglicano. Para verificar a expressão e função de TLR4, as células foram estimuladas com LPS e LPS UP para posterior análise de IL-6 e IL-8, por ELISA. Os resultados demonstraram diferenças na expressão gênica de TLR1 e TLR6 entre as linhagens HPV- e o grupo HPV+ e diferenças na expressão proteica de TLR9. TLR2 apresentou aumento da expressão proteica em todas as linhagens e demonstra desencadeamento da resposta imune, com secreção de IL6 e IL8 nas linhagens HPV- (SCC72 e SCC89) e em uma das linhagens HPV+ (SCC2). Interessantemente, TLR4 não apresentou diferenças significativas na expressão gênica e proteica. Entretanto, as linhagens HPV+ não demonstraram resposta pró-inflamatória mesmo quando estimuladas com LPS e LPS ultra puro, agonista específico de TLR4. Assim, este trabalho contribui para estabelecer o perfil da expressão dos receptores Toll-like em linhagens celulares de CECOF HPV- e HPV+, e aponta para alterações ocorridas na via de sinalização mediada por TLR4. Além disso, nossos resultados abrem portas para futuros estudos na avaliação de alterações causadas no sistema imune inato pelo HPV, em carcinomas espinocelulares de orofaringe.
Título em inglês
Expression of Toll-like receptor in oropharynx squamous cell carcinoma
Palavras-chave em inglês
HPV
IL6
IL8
Squamous cell carcinoma
Toll-like
Resumo em inglês
The incidence of HPV- associated oropharynx squamous cell carcinoma (OPSCC) has increased in recent years. HPV- associated OPSCC has a better prognosis than OPSCC not infected with HPV. In cervical carcinoma, HPV oncoproteins E6 and E7 influence the expression of Toll-like receptors (TLR). To date, 10 TLRs have been identified in humans and many are important for the detection of bacteria, fungi and viruses, as well as regression and tumor promotion. This influence of TLR in carcinogenesis has been the subject of numerous studies, due to the connection between inflammation and cancer. This study aimed to determine differences in the expression and function of Toll-like receptor in OPSCC. Thirty-seven tumours were selected and immunohistochemistry for p16 and TLR4 was performed. Two HPV16-associated OPSCC and two OPSCC not associated to HPVcell lines were used. qPCR was performed to analyze the expression of TLR1-10, IL-6 and IL-8. The detection of the main TLRs (TLR1, TLR2, TLR6 and TLR4) was performed by flow cytometry. For activation of the TLR2-signaling pathway and subsequent analysis of IL6 and IL8 expression, cells were stimulated with peptidoglycan. To verify the expression and function TLR4 cells were stimulated with LPS and LPS UP and subsequent analysis of IL-6 and IL-8 by ELISA. The results showed differences in the expression of TLR1 and TLR6 between the HPV- group and the HPV+ group and differences in protein expression of TLR9. TLR2 has increased protein expression in all cell lines and demonstrates the trigger of the immune response, with the secretion of IL6 and IL8 in HPV- cell lines (SCC72 and SCC89) and one HPV+ cell line (SCC2). Interestingly, TLR4 showed no significant differences in gene and protein expression. However, HPV+ cell lines showed no pro-inflammatory response even when stimulated with LPS and LPS UP, a specific agonist of TLR4. This work helps to establish the profile of the expression of Toll-like receptors in OPSCC (SCC72 and SCC89) and HPV- associated OPSCC (SCC2 and SCC90), in vitro, and points to changes in the signaling pathway mediated by TLR4. In addition, our results open new avenues for future studies to assess changes in the innate immune system caused by HPV in oropharynx carcinomas.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-06-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.