• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.23.2011.tde-06062011-145351
Documento
Autor
Nombre completo
Anna Torrezani
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Lemos Júnior, Celso Augusto (Presidente)
Migliari, Dante Antonio
Motta, Ana Carolina Fragoso
Título en portugués
Uso de tacrolimus tópico em pacientes com gengivite descamativa: um estudo aberto
Palabras clave en portugués
Doenças auto-imunes
Líquen plano bucal
Penfigóide Mucomembranoso Benigno
Tacrolimo
Resumen en portugués
O presente estudo teve como objetivo avaliar a eficácia do imunossupressor tópico tacrolimus a 0,1%, aplicado de forma oclusiva com o auxílio de moldeiras individualizadas de silicone em pacientes com gengivite descamativa decorrentes do líquen plano oral (LPO) e do penfigóide das membranas mucosas (PMM). Foram selecionados consecutivamente 18 pacientes que preencheram os critérios de inclusão adotados, sendo 17 mulheres (8 LPO / 9 PMM) e 1 homem com LPO. Após o estabelecimento do diagnóstico os pacientes foram avaliados por um mesmo avaliador quanto aos sinais e sintomas, utilizando-se para isso duas escalas visuais analógicas, uma para dor e outra para ardência, além de um periograma especialmente desenhado para avaliação clínica, demarcando as áreas onde haviam a presença de lesões gengivais no dia zero e no dia 90. Após adequação periodontal os pacientes eram moldados para confecção de uma moldeira individual de silicone para servir de suporte oclusivo para a medicação estudada. A terapêutica adotada foi dividida em duas fases de 45 dias totalizando 90 dias. Na primeira fase os pacientes foram orientados a usar de 1 a 2 gramas da medicação em cada moldeira, duas vezes ao dia por 20 minutos e na segunda fase somente uma vez ao dia. Os possíveis efeitos colaterais eram monitorados durante as consultas de retorno a cada 15 dias. Ao final dos 90 dias avaliamos o percentual de remissão dos sinais, classificada como completa (100%), excelente (75% a 99%), boa (50% a 74%), regular (1 a 44%), inalterada ou com piora do quadro. Nos pacientes estudados obtivemos remissão completa em 4 (30,76%), 4 com remissão excelente (30,76%), 4 com remissão boa (30,76%) e um com remissão regular (7,69%). Em relação aos sintomas da dor obtivemos uma redução média de 60% e em relação a ardência uma redução média de 65,5%. Os pacientes com LPO obtiveram uma redução média da dor de 42,5% e da ardência de 58%, nos pacientes com PMM a redução da dor foi de 92,8% e da ardência de 80,7%. A comparação dos escores de dor antes e após o tratamento apresentou valor de p<0,01 quando realizado o teste de Wilcoxon para amostras pareadas. O mesmo resultado (p<0,01) foi encontrado quando comparados os escores de ardência. Os valores obtidos demonstraram que a diminuição dos escores de dor e ardência foi estatisticamente significante. Como efeitos colaterais observamos que todos relataram alteração transitória de paladar e um paciente com LPO desenvolveu candidose. Concluímos que o tacrolimus a 0,1% aplicado topicamente com moldeiras individuais de silicone foi eficaz no tratamento das gengivites descamativas quanto a dor, ardência e remissão clínica das lesões gengivais em pacientes com LPO e PMM.
Título en inglés
An open trial study of occlusive topical use of tacrolimus in 0.1% in patients with desquamative gingivitis
Palabras clave en inglés
Autoimmune diseases
Oral lichen planus
Pemphigoid benign mucous membrane
Tacrolimus
Resumen en inglés
The objective of this study was to evaluate the efficacy of application of the topical immunosuppressor 0.1 % tacrolimus in patients with desquamative gingivitis (DG) associated with oral lichen planus (OLP) and mucous membrane pemphigoid (MMP). We selected 18 patients that fulfilled the inclusion criteria: 17 females (8 OLP/ 9MMP) and one male (OLP). After diagnosis, all subjects were evaluated by the same researcher, who assessed pain and burning using two visual analogical scales, one for pain and the other for burning, in conjunction with a diagram of the gingival mucosa. Measurements were made on day zero and day 90. After the periodontal assessment, individualized silicone rubber trays were prepared in order to deliver the drug. The therapeutic strategy was divided in two phases of 45 days for a total of 90 days. In the first treatment phase it was recommended that all patients use one or two grams of 0.1 % tacrolimus in his/her tray for twenty minutes, twice daily; in the second phase, the treatment was to be used only once daily. All side effects were monitored during biweekly return visits. At the end of 90 days, the response to therapy was assessed according to the following scale, as a percentage of remission: complete (100 %), excellent (75 % to 99 %), good (50 % to 74 %), poor (1 % to 49 %), no response (0 %) and worsened. We observed complete remission in 4 patients (30.76 % of the experimental group), excellent in 4 patients (30.76 %), good in 4 patients (30.76 %), and poor in one (7.69%). Pain was reported to be reduced by 60 % while burning was reduced by 65.5 %. OLP patients showed an average reduction by 42.5% of pain and 58% of burning. MMP patients showed an average reduction by 92.8% of pain and 80.7% of burning. After treatment, the data were analyzed by Wilcoxons test; significant differences (p < 0.01) were found for both pain and burning. Side effects included transitory alteration of taste, and one patient was diagnosed with candidiasis. From this study, we conclude that topical application of 0.1% tacrolimus using silicone rubber trays is an effective treatment for desquamative gingivitis, decreasing pain, burning and clinical lesions in OLP and MMP patients.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
annatorrezani.pdf (1.34 Mbytes)
Fecha de Publicación
2011-10-05
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2024. Todos los derechos reservados.