• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
https://doi.org/10.11606/T.23.2020.tde-27082021-092939
Document
Auteur
Nom complet
Juan Fernando Ordonez Aguilera
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2020
Directeur
Jury
Rios, Luciana Fávaro Francisconi dos (Président)
Freitas, Maria Cristina Carvalho de Almendra
Martins, Leandro de Moura
Sobral, Maria Angela Pita
Titre en portugais
Associação de desafio erosivo e carregamento oclusal excêntrico na qualidade marginal de restaurações cervicais de resina composta em cavidades em forma de cunha
Mots-clés en portugais
Adaptação marginal - Odontologia
Carregamento e força oclusal
Corrosão sob tensão
Erosão dentária
Etiologia multifatorial
Lesões cervicais não cariosas
Resumé en portugais
Considerando-se a multicausalidade das lesões cervicais não cariosas e seu potencial papel no comportamento das respectivas restaurações, este estudo in vitro avalia a qualidade marginal daquelas de resina composta em cavidades em forma de cunha em função da realização de desafio erosivo e carregamento oclusal excêntrico, inclusive associados de diferentes maneiras. Em sessenta pré-molares unirradiculares superiores humanos, hígidos e extraídos, cavidades cervicais em forma de cunha foram preparadas e restauradas com resina composta, após aplicação de adesivo. Os dentes foram, então, submetidos às seguintes condições: C - controle, sem desafio erosivo (E) e sem carregamento oclusal excêntrico (COE); E - E exclusivamente (ácido cítrico 1%, 10 min), COE - COE exclusivamente (150 N, 2,5 Hz e 106 ciclos); E+COE - E prévio a COE; COE/E - E no intermédio de COE; COE+E - E após COE. A qualidade marginal das restaurações foi analisada por dois avaliadores, devidamente calibrados, a partir de séries de imagens de Tomografia por Coerência Ótica. A cada uma das margens (O: oclusal; C: cervical) de cada restauração atribuiu-se um dos escores: 0 - sem fenda; 1 - fenda abrangendo 1/3 da extensão da parede cavitária; 2 - fenda até 2/3 da extensão da parede cavitária; 3 - fenda profunda, já próxima ao fundo da cavidade. Ainda se procedeu à mensuração da extensão das fendas, em ?m, utilizando-se o Image J. A análise dos dados em escores, considerando-se cada margem separadamente, foi realizada por meio do teste de Kruskall Wallis, seguido pelo de Dunn. A dos dados em ?m, pelo de Kruskall Wallis. No geral e para cada nível do fator em estudo, comparou-se, aplicando-se teste vinculado de Wilcoxon, as diferentes margens cavitárias, bem como se verificou, por meio do teste de Spearman, possível correlação entre a análise por meio de escores e de mensuração. Em todos os casos, adotou-se nível de significância de 5%. A qualidade marginal das restaurações, em esmalte, não sofreu qualquer influência da realização de desafio erosivo e da aplicação de carregamento oclusal excêntrico, nem mesmo se associados. Em dentina/cemento, apenas em se tratando dos escores, a associação COE/E mostrou-se capaz de prejudicar a qualidade marginal das restaurações comparativamente, por exclusivo, ao E isoladamente. Já E+COE, COE+E, ou COE e mesmo C, de forma equivalente entre si, não o fizeram de maneira distinta daquela que o fizeram tão só E ou COE/E. Sempre apresentaram maiores fendas as margens determinadas em dentina/cemento. No geral, para ambas as margens, houve forte correlação positiva entre a análise por meio de escores e de mensuração. O mesmo processou-se em cada nível do fator em estudo, com exceção, exclusivamente para a margem cervical, de C, em que houve moderada correlação positiva, e E e COE+E, em que não houve correlação. Ora não se pode afirmar que o carregamento oclusal excêntrico, ainda que associado à biocorrosão, prejudique a qualidade marginal de restaurações cervicais em cavidades em forma de cunha. Preocupação relevante, inclusive na restauração de lesões cervicais, talvez continue mesmo a ser o estabelecimento de interfaces adesivas em dentina/cemento.
Titre en anglais
Association of an erosive challenge and eccentric occlusal loading on marginal quality of resin composite cervical restorations in wedge-shaped cavities
Mots-clés en anglais
Marginal adaptation - Dentistry
Multifactorial etiology
Noncarious cervical lesions
Occlusal loading and force
Stress corrosion cracking
Tooth erosion
Resumé en anglais
Taking multicausality of noncarious cervical lesions and its potential role in the behavior of respective restorations into account, this in vitro study evaluates marginal quality of that made with a resin composite, in wedge-shaped cavities, under an erosive challenge and eccentric occlusal loading, even associated in different ways. Cervical wedge-shaped cavities were prepared in sixty extracted premolars and restored with a resin composite, after application of an adhesive system. Teeth were, then, subject to following conditions: C/Control - any erosive challenge (E) or eccentric occlusal loading (EOL); E - E (citric acid 1%, 10 min) only; EOL - EOL (150 N, 2.5 Hz e 106 cycles) only; E+EOL - E before EOL; EOL/E - E intermediate to EOL; and E+EOL - E after EOL. Marginal quality of the restorations was analyzed by two evaluators, properly calibrated, based on a series of Optical Coherence Tomography images. Each of the margins (O: occlusal; C: cervical) of each restoration was assigned one of the scores 0, 1, 2, or 3, corresponding to no gaps or gaps up to the external, the middle or the inner third, closest to the bottom, of the cavity wall. Length of the gaps was also measured, in ?m, using Image J. For each margin, scores data was analyzed with Kruskall Wallis and Dunn tests, and µm data, with Kruskall Wallis. Overall and for each level of the factor under study, the different cavity margins were compared using Wilcoxon signed-rank test, and the possible correlation between the analysis by scores or µm, Spearman's correlation coefficient. A significance level of .05 was always adopted. The erosive challenge and the eccentric occlusal loading, even if associated, did not influence enamel marginal quality. The erosive challenge intermediate to the eccentric occlusal loading impaired dentin/cementum marginal quality only in the case of scores and compared solely to E. E+EOL, EOL+E or EOL and even C, in an equivalent way to each other, did not influence marginal quality in a different way from E or EOL/E. Margins in dentin/cementum always showed greater gaps. Overall, for both margins, there was a strong positive correlation between scores and µm. The same occurred at each level of the factor under study, except for the cervical margin of C, in which there was a moderate positive correlation, and of E and EOL+E, in which there was no correlation. Thus eccentric occlusal loading, even when associated with biocorrosion, cannot be assumed as causes of marginal failure of cervical composite restorations in wedge-shaped cavities. A relevant concern, even for restoration of cervical lesions, may still be the establishment of adhesive interfaces in dentin/cementum.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2021-09-17
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.