• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2012.tde-13042013-122951
Documento
Autor
Nome completo
Max Pinto da Costa da Rocha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Aranha, Ana Cecilia Corrêa (Presidente)
Eduardo, Carlos de Paula
Loretto, Sandro Cordeiro
Ramalho, Karen Müller
Silva, Cecy Martins
Título em português
Perfilometria e microscopia eletrônica de varredura da superfície dentinária após escovação com cremes dentais dessensibilizantes e desafio erosivo com fruta amazônica
Palavras-chave em português
Abrasão dentária
Dentina
Dessensibilizantes dentinários
Erosão dentária
Microscopia Eletrônica de Varredura
Resumo em português
O objetivo deste estudo in vitro foi avaliar o potencial erosivo de suco de fruta amazônica ácida sobre a superfície dentinaria associado ao efeito abrasivo de diversos cremes dentais contendo agentes dessensibilizantes. O trabalho foi dividido em 3 fases distintas: Na fase 1, o valor do pH inicial de diversas frutas amazônicas foi medido utilizando 50 ml de cada suco, obtido de polpa industrializada. Foi utilizado um eletrodo de pH calibrado e a água destilada foi utilizada como controle. Na fase 2, 120 espécimes de dentina bovina foram submetidos a ciclos alternados de desafio abrasivo e erosivo, com a fruta escolhida na fase 1. Os espécimes foram divididos aleatoriamente em Grupo A (Desafio Abrasivo) e Grupo B (Desafio Erosivo e Abrasivo). Cada um destes grupos foram subdivididos em 5 subgrupos: 1: Água Destilada (Controle Negativo), 2: Colgate Tripla Ação (Controle Positivo), e os demais de acordo com o creme dental utilizado 3: Sensodyne Rápido Alívio, 4: Colgate Pró-Alivio e 5: Sensodyne Repair&Protect, (n=9). Na fase 3 foi realizado microscopia eletrônica de varredura para avaliar qualitativamente os espécimes (n=3). - O suco da fruta taperebá (Spondias mombin) apresentou os menores valores de pH, diante disso, foi escolhido como agente erosivo; Os testes de Kruskall Wallis e Teste de Dunn, mostraram que para os grupos nos quais somente a abrasão foi realizada, todos os cremes dentais mostraram comportamentos semelhantes em relação a perfilometria, não havendo diferença estatisticamente significante entre os grupos. Porém, para os grupos nos quais o processo erosivo foi adicionado, observou-se a potencialização do processo abrasivo, sendo que os cremes dentais Sensodyne Rápido Alivio e Colgate Sensitive Pro-Alivio foram os que mostraram menores alterações superficiais no padrão de perfilometria, comparados com o grupo controle negativo. Já os cremes dentais, Colgate Tripla Ação (controle positivo) e Sensodyne Repair&Protect apresentaram-se semelhantes entre si e com uma perda de estrutura dentinaria. mais significante. Conclui-se que o efeito erosivo da fruta amazônica taperebá é fator de grande importância na potencialização do efeito abrasivo, mesmo quando do uso de cremes dentais com agentes dessensibilizantes.. Na análise qualitativa da superfície dentinária em MEV, com exceção do Colgate tripla ação, os demais grupos não apresentaram oclusão tubular após o desafio ácido
Título em inglês
Profilometry and scanning electron microscopy of dentin surface after brushing with desensitizing toothpastes and challenge
Palavras-chave em inglês
Dentin
Dentin desensitizing agents
Electron Scanning Microscopy
Tooth abrasion
Tooth erosion
Resumo em inglês
The aim of this in vitro study was to evaluate the erosive potential of amazonian fruit juice with or without the abrasive challenge with various toothpastes containing desensitizing agents. The work was divided into three phases: in phase 1, the pH of various Amazonian fruits was evaluated. In step 2 it was performed surface perfilometry of the specimens, and in phase 3 it was evaluated qualitatively the dentin surface. In step 1, the initial pH value of several amazonian fruits was measured using 50 mL of each juice, from industrialized pulp. It was used a calibrated pH electrode, and distilled water was used as control. In step 2, 120 bovine dentin specimens were subjected to alternate cycles of abrasive and erosive challenge, with the fruit chosen in step 1. The specimens were randomly divided into Group A (without erosion) and Group B (with erosion). Each of these groups were divided into 5 groups: 1: Distilled Water, 2: Colgate Tripla Ação, 3: Sensodyne Rápido Alívio, 4: Pro-Alivio, 5: Sensodyne Repair & Protect, (n = 9). In Phase 3 it was conducted scanning electron microscopy to evaluate qualitatively the specimens (n=3). As a result it can be stated that: 1. The juice of the taperebá fruit had the lowest pH values, so it was chosen as the erosive agent; 2. For the groups in which only the abrasion was performed, all toothpastes showed similar behaviors, no statistically significant difference was observed between groups, but for the groups in which the erosion process was added, there was a potentiation of the abrasive process, and the toothpastes showed different profiles. The toothpaste Sensodyne Rapido Alívio Pró-Alívio was the ones that showed lower mineral loss, compared with the negative control group. Colgate Tripla Ação and Sensodyne Repair&Protect were similar among themselves and with a more significant mineral loss. It can be conclude that erosive effect of diet is a factor of great importance in the potentiation of abrasive effect. Clinical studies are essential to determine the dentin hypersensitivity levels after use of toothpaste used.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.