• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2013.tde-04072013-153309
Documento
Autor
Nome completo
Chaiana Piovesan
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Mendes, Fausto Medeiros (Presidente)
Antunes, Jose Leopoldo Ferreira
Crosato, Edgard Michel
Oliveira, Marta Dutra Machado
Pereira, Antonio Carlos
Título em português
Avaliação da atividade de lesões de cárie em levantamentos epidemiológicos com crianças pré-escolares
Palavras-chave em português
Atividade
Cárie Dentária
Crianças pré-escolares
Diagnóstico
Epidemiologia
Resumo em português
O objetivo do presente estudo foi avaliar a magnitude da redução nos parâmetros de cárie após a inclusão da avaliação da atividade e investigar a associação dos fatores socioeconômicos e biológicos com o status de atividade das lesões de cárie em pré-escolares brasileiros. A pesquisa foi realizada em Santa Maria, Brasil, durante a Campanha Nacional de Multivacinação Infantil, e 639 crianças com idade entre 12 meses e 59 meses foram incluídas. Quinze examinadores avaliaram as crianças utilizando o International Caries Detection and Assessment System (ICDAS) e um critério adicional para avaliação da atividade das lesões. Um questionário estruturado foi aplicado aos responsáveis da criança para coletar informações relacionadas às características demográficas, socioeconômicas e biológicas. A média de dentes e superfícies cariadas e a prevalência de cárie foram calculadas inicialmente nos diferentes pontos de corte do ICDAS. A avaliação da atividade foi realizada, e as lesões inativas foram consideradas como hígidas na segunda análise. Posteriormente, os mesmos parâmetros de cárie, nos mesmos pontos de corte do ICDAS, foram recalculados. A redução nos parâmetros de cárie após a inclusão da atividade e o número de crianças que precisavam ser avaliadas com a finalidade de mudar sua classificação de cariada para hígida foram também calculados. Além disso, análise de regressão de Poisson foi realizada para avaliar a associação entre as variáveis independentes e 7 desfechos que incluíam o número de lesões de cárie não-cavitadas (ativas, inativas e total), o número de lesões de cárie cavitadas (ativas, inativas e total) e todas as lesões. A maioria das lesões foi classificada como ativa, principalmente nos limiares de cavidade. Quando a atividade foi considerada, os valores dos parâmetros de cárie diminuíram. Esse decréscimo foi mais evidente nos limiares de lesões de cárie não-cavitadas. O número de crianças que precisavam ser avaliadas para mudar sua classificação de cariada para hígida foi menor que 20 quando todas as lesões foram consideradas; entretanto, esse valor aumentou para aproximadamente 100 quando somente as lesões cavitadas foram consideradas. As variáveis independentes estudadas foram associadas similarmente com os diferentes desfechos independente do status de atividade das lesões. Idade da criança e presença de placa bacteriana foram associadas significativamente com os desfechos relacionados às lesões de cárie não-cavitadas. Algumas variáveis socioeconômicas foram significativamente associadas com o número de lesões de cárie cavitadas, independente do status de atividade das lesões. Portanto, pode-se concluir que inclusão da avaliação da atividade em pesquisas epidemiológicas relacionadas à cárie dentária tem pouco impacto sobre os parâmetros de cárie considerando ambas as lesões de cárie cavitadas e não-cavitadas, e a avaliação da atividade da doença não é vantajosa para identificar os fatores de risco no contexto de saúde pública.
Título em inglês
Dental caries activity assessment in oral health epidemiological survey with preschool children
Palavras-chave em inglês
Activity
Dental Caries
Diagnostic
Epidemiology
Preschool children
Resumo em inglês
This study aimed to evaluate the magnitude of the reduction in caries parameters after inclusion of dental caries activity assessment and to investigate the strength of association of socioeconomic and biological factors with dental caries lesions activity status in Brazilian preschool children. The survey was carried out in Santa Maria, Brazil, during the National Childrens Vaccination Day, and 639 children aged from 12 months to 59 months were included. Fifteen examiners assessed the children based on the International Caries Detection and Assessment System (ICDAS) and an additional lesion activity assessment criterion. A structured questionnaire was answered by each childs guardian to collect information about demographic, socioeconomic and biological characteristics.The mean of decayed surfaces (d-s), the mean of decayed teeth (d-t), caries prevalence, and 95% confidence intervals were calculated, initially by classifying all lesions using the various thresholds defined by the ICDAS. Caries activity status was then evaluated, and inactive lesions were classified as sound in the second analysis; subsequently, the same caries parameters, at the same thresholds, were recalculated. The reduction in caries parameters and the number of children needed to be assessed in order to change their classification from decayed to sound were also calculated. Furthermore, multivariate Poisson regression analyses using a hierarchical approach was performed to evaluate the association between several independent variables and seven outcomes including number of non-cavitated caries lesions (active, inactive and total), number of cavitated caries lesions (active, inactive and total) and all lesions. The majority of lesions were classified as active, mainly at cavitated thresholds. When activity was considered, values of all caries parameters decreased. This decrease was more evident at non-cavitated thresholds. The number of children requiring assessment in order to change their classification from decayed to sound was less than 20 considering all lesions, but this value increased to approximately 100 when we included only cavitated lesions. The explanatory variables studied were similarly associated with the different outcomes, independently of the caries lesions activity status. Childs age and presence of bacterial plaque were statistically significant associated with non-cavitated caries lesions outcomes. Some socioeconomic variables were statistically significant associated with number of cavitated caries lesions, independently of their activity status. In conclusion, the inclusion of activity assessment in caries epidemiological surveys has little impact on dental caries parameters considering both non-cavitated and cavitated lesions and caries activity assessment is not advantageous to identify risk groups in a public health context.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-08-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.