• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.22.2021.tde-24082021-154059
Documento
Autor
Nombre completo
Valdinéia do Carmo Santana
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2021
Director
Tribunal
Stabile, Angelita Maria (Presidente)
Chavaglia, Suzel Regina Ribeiro
Nascimento, Amanda Salles Margatho do
Pedersoli, Cesar Eduardo
Título en portugués
Avaliação do grau de complexidade assistencial da clientela das enfermarias de um pronto-socorro adulto
Palabras clave en portugués
Avaliação em enfermagem
Complexidade assistencial
Cuidado em enfermagem
Dimensionamento de pessoal
Resumen en portugués
O pronto-socorro têm se mostrado um ambiente onde os pacientes ficam internados por longo tempo, desta forma os serviços de emergências sofrem descaracterização dos atendimentos. Uma grande problemática é quantitativo insuficiente de trabalhadores da saúde relacionado ao cuidado exigido e a crescente procura de atendimento dos pacientes de maior complexidade. Para prover o quantitativo e qualitativo dos profissionais de enfermagem é indispensável o atendimento individualizado, integral e sistematizado, almejando assistência adequada dos usuários, a enfermagem precisa categorizar o nível de dependência dos pacientes. Desta forma, tornou-se relevante avaliar a clientela quanto a necessidade de assistência de enfermagem, a fim de colaborar para proteção do paciente e um cuidado de excelência no pronto socorro, fornecendo dados para gerir as demandas dos profissionais de enfermagem da unidade e auxiliando a alocação mais eficaz da equipe. Este estudo objetivou avaliar o grau de complexidade assistencial dos pacientes internados nas enfermarias do pronto socorro adulto de um hospital de grande porte utilizando um Sistema de Classificação do Paciente. Trata-se de um estudo quantitativo, de natureza exploratória, executado no pronto socorro adulto (PSA) do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro em Minas Gerais (HC-UFTM) no qual foram averiguados os prontuários dos pacientes internados no PSA entre os meses de janeiro a dezembro de 2018. Para análise da complexidade assistencial foi utilizado o Sistema de Classificação de Paciente Fugulin e para coleta das variáveis sociodemográficas e clínicas foi utilizado um formulário desenvolvido pela autora. Foram incluídos 308 prontuários de pacientes. Os resultados mostraram que independente da variável analisada, a maioria dos pacientes foram classificados como Cuidados de alta dependência ou Cuidados intermediários. Não foi observada associação entre as variáveis sociodemográficas, comorbidades e hábitos de vida com a complexidade assistencial de acordo com a classificação de Fugulin. Houve predominância por pacientes do sexo masculino (53,9%), idade superior a 60 anos (62,3%). Em relação à regulação, observa-se predominância da Vaga Zero (42,9%), o tipo de regulação foi estatisticamente associado à complexidade assistencial. Notou-se grande frequência de comorbidades na amostra estudada, sendo que apenas 18 pacientes não apresentavam comorbidades. As comorbidades mais prevalentes na população deste estudo foram a hipertensão arterial sistêmica (HAS) (58,1%), cardiopatia (26,9%) e diabetes Mellitus (DM) (22,1%). Houve associação estatisticamente significante entre a necessidade de suporte ventilatório, sedação e uso de drogas vasoativas com a complexidade assistencial avaliada pela Classificação de Fugulin, destacando-se os pacientes classificados como Cuidados de alta dependência e Cuidados intermediários. O tempo médio de internação hospitalar foi de 7 dias, estando associado à complexidade assistencial. Em relação à classificação de risco, houve predominância das cores laranja (50,6 %) e amarelo (47,4%), sendo essas associadas à complexidade assistencial. Este estudo mostrou uma elevada dependência da assistência de enfermagem exigido pelos pacientes internados nas enfermarias do Pronto Socorro.
Título en inglés
Assessment of the degree of care complexity of the clientele of the wards of an adult emergency room
Palabras clave en inglés
Assistance complexity
Nursing assessment
Nursing care
Staff sizing
Resumen en inglés
The emergency room has been shown to be an environment where patients are hospitalized for a long time, thus the emergency services suffer from mischaracterization of care. A major problem is the insufficient number of health workers related to the required care and the growing demand for care of more complex patients. To provide the quantitative and qualitative of nursing professionals, individualized, comprehensive and systematized care is essential, aiming at adequate assistance from users, nursing needs to categorize the level of patients' dependence. In this way, it became relevant to evaluate the clientele regarding the need for nursing assistance, in order to collaborate for patient protection and excellent care in the emergency room, providing data to manage the demands of the unit's nursing professionals and helping to more effective team allocation. This study aimed to evaluate the degree of care complexity of patients admitted to the adult emergency room wards of a large hospital using a Patient Classification System. This is a quantitative, exploratory study carried out in the adult emergency room (PSA) of the Hospital de Clínicas of the Federal University of Triângulo Mineiro in Minas Gerais (HC-UFTM) in which the medical records of patients admitted to the PSA between the months of January to December 2018.For the analysis of care complexity, the Fugulin Patient Classification System was used and a form developed by the author was used to collect sociodemographic and clinical variables. 308 patient records were included. The results showed that regardless of the variable analyzed, most patients were classified as High dependency care or Intermediate care. There was no association between sociodemographic variables, comorbidities and lifestyle habits with care complexity according to the Fugulin classification. There was a predominance of male patients (53.9%), aged over 60 years (62.3%). Regarding regulation, there is a predominance of Vaga Zero (42.9%), the type of regulation was statistically associated with complexity of care. A high frequency of comorbidities was noted in the sample studied, with only 18 patients not having comorbidities. The most prevalent comorbidities in the population of this study were systemic arterial hypertension (SAH) (58.1%), heart disease (26.9%) and diabetes Mellitus (DM) (22.1%). There was a statistically significant association between the need for ventilatory support, sedation and the use of vasoactive drugs with the care complexity assessed by the Fugulin Classification, with emphasis on patients classified as Highly Dependent Care and Intermediate Care. The average hospital stay was 7 days, being associated with care complexity. Regarding the risk classification, there was a predominance of orange (50.6%) and yellow (47.4%), which are associated with care complexity. This study showed a high dependence on the nursing care required by patients admitted to the emergency room wards.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-09-02
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.