• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.22.2021.tde-15122021-083654
Documento
Autor
Nome completo
Helena Vilela Rosa Fadel Tavares
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2021
Orientador
Banca examinadora
Pereira, Marta Cristiane Alves (Presidente)
Camargo, Rosangela Andrade Aukar de
Mascarenhas, Silvia Helena Zem
Westin, Ursula Marcondes
Título em português
Meu Estágio Enfermagem: criação e avaliação de um protótipo de aplicativo para apoio no estágio curricular supervisionado em enfermagem
Palavras-chave em português
Computação móvel
Enfermagem
Estágio clínico
Protótipo
Resumo em português
Introdução: O estágio curricular supervisionado é um importante instrumento utilizado na formação dos profissionais de enfermagem, que visa proporcionar aos alunos o aperfeiçoamento das técnicas de enfermagem e o desenvolvimento de uma visão crítica e reflexiva da profissão. Entretanto, não são poucas as dificuldades enfrentadas pelas envolvidos ao longo deste processo, incluindo questões burocráticas, organizativas e pedagógicas. Algumas dessas dificuldades podem ser amenizadas com o uso de tecnologias educacionais digitais especialmente desenvolvidas para esse fim, uma vez que permitem acesso a informações com bases científicas, controle de horários, realização de registros e cálculos, entre outras atividades pertinentes ao estágio. Objetivo: Desenvolver e avaliar um protótipo de aplicativo educacional para apoiar alunos e docentes durante os estágios. Método: Trata-se de uma pesquisa aplicada, exploratória e descritiva, de produção tecnológica. No desenvolvimento do protótipo do aplicativo, utilizou-se como referencial metodológico o Design Thinking, para os momentos de inspiração, implementação e ideação, precedido de revisão da literatura sobre as dificuldades enfrentadas pelos alunos e docentes durante os ECS. Posteriormente, foi desenvolvida a primeira versão do protótipo para interação com especialistas em inovação e tecnologia e alunos de enfermagem, resultando na nova versão submetida à avaliação de nove juízes docentes enfermeiros, nove especialistas em informática e nove alunos do curso técnico em enfermagem. Na avaliação do protótipo foram utilizados os instrumentos System Usability Scale, Net Promoter Score e de Avaliação da Qualidade Adaptado de Sperandio (2008). Na análise dos dados foram empregadas técnicas de estatísticas descritivas. Para concordância entre os avaliadores, adotou-se a análise AC1, de acordo com Gwet (2008). Resultados: Foi desenvolvido um protótipo de aplicativo de média fidelidade, com as seguintes funcionalidades: disponibilização das escalas de estágio, chat de comunicação entre docentes e alunos, registro de presença no estágio com geolocalização, disponibilização das técnicas de enfermagem, checklist das técnicas realizadas, recurso para cálculos de medicação e gotejamento, registros de enfermagem, consulta dos planos de trabalho docente, informações para segurança do paciente, código de ética e normas e rotinas dos estágios. Com base nas avaliações foi possível considerar a viabilidade do protótipo de aplicativo. As avaliações do score SUS alcançaram o melhor resultado possível, com valores de 91,4 e 91,9 entre os alunos e enfermeiros docentes, respectivamente. O NPS ficou na zona de excelência com média de respostas 94,4. Na avaliação da qualidade nos itens funcionalidade, confiabilidade, usabilidade, eficiência, manutenibilidade e portabilidade, a média das respostas dos enfermeiros docentes, alunos e especialistas em informática ficou dentro do esperado. Importantes sugestões foram feitas e permitirão novas implementações a partir da visão dos usuários finais. A avaliação dos especialistas em informática identificou a necessidade de melhorias, sobretudo nos itens confiabilidade, eficiência, manutenibilidade e portabilidade. A avaliação da concordância evidenciou a discordância dos avaliadores, o que reitera a necessidade de aperfeiçoar versões futuras do protótipo, bem como de considerar novas avaliações. Conclusão: O protótipo de aplicativo desenvolvido tem potencial para colaborar no desenvolvimento dos ECS em enfermagem, além de apresentar caráter inovador. Além disso, considera-se relevante a avaliação futura dos aspectos pedagógicos, não contemplados neste estudo.
Título em inglês
My Nursing Internship: creation and evaluation of an application prototype to support the supervised curricular internship in nursing
Palavras-chave em inglês
Clinical internship
Mobile computing
Nursing
Prototype
Resumo em inglês
Introduction: The supervised curricular internship is an important instrument used in the training of nursing professionals, which aims to provide students with the improvement of nursing techniques and the development of a critical and reflective view of the profession. However, there are many difficulties faced by those involved throughout this process, including bureaucratic, organizational and pedagogical issues. Some of these difficulties can be alleviated with the use of digital educational technologies specially developed for this purpose, as they allow access to scientifically based information, control of schedules, carrying out records and calculations, among other activities relevant to the internship. Objective: Develop and evaluate an educational application prototype to support students and faculty during internships. Method: This is an applied, exploratory and descriptive research of technological production. In the development of the application prototype, Design Thinking was used as a methodological framework, for moments of inspiration, implementation and ideation, preceded by a literature review on the difficulties faced by students and teachers during the ECS. Subsequently, the first version of the prototype was developed for interaction with innovation and technology specialists and nursing students, resulting in the new version being evaluated by nine nurse faculty judges, nine informatics specialists and nine students from the technical nursing course. In the evaluation of the prototype, the instruments System Usability Scale, Net Promoter Score and Quality Assessment Adapted from Sperandio (2008) were used. In the data analysis descriptive statistics techniques were used. For agreement between the evaluators, the AC1 analysis was adopted, according to Gwet (2008). Results: A prototype of a medium-fidelity application was developed, with the following features: availability of internship schedules, communication chat between professors and students, registration of internship attendance with geolocation, availability of nursing techniques, checklist of performed techniques, resource for medication and drip calculations, nursing records, consultation of teacher work plans, patient safety information, code of ethics and internship rules and routines. Based on the evaluations, it was possible to consider the feasibility of the application prototype. The evaluations of the SUS score achieved the best possible result, with values of 91.4 and 91.9 among students and teaching nurses, respectively. NPS was in the zone of excellence with an average of 94.4 responses. In assessing the quality of the items functionality, reliability, usability, efficiency, maintainability and portability, the average of the responses of professors, students and computer specialists was within expectations. Important suggestions were made and will allow new implementations from the end users' perspective. The assessment of computer specialists identified the need for improvements, especially in the items reliability, efficiency, maintainability and portability. The agreement assessment evidenced the evaluators' disagreement, which reiterates the need to improve future versions of the prototype, as well as to consider new assessments. Conclusion: The developed application prototype has the potential to collaborate in the development of ECS in nursing, in addition to presenting an innovative character. In addition, the future assessment of pedagogical aspects not covered in this study is considered relevant.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-01-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.